Sony PlayStation e Nintendo suspendem oficialmente vendas na Rússia

71
SONY DSC

Mais dois anúncios de peso nas acções de restrição e protesto perante a invasão Russa na Ucrânia. A Sony Interactive Entertainment e a Nintendo anunciaram oficialmente a suspensão de vendas na Rússia.

Embora Gran Turismo 7 não tivesse sido lançado na Rússia, a Sony ainda não tinha comunicado uma posição oficial a este respeito. Finalmente, num comunicado sucinto da SIE dá conta da suspensão efectiva de todas as vendas neste território. A medida surge em consonância com as medidas já adoptadas pelo Grupo Sony de suspender actividade de vendas noutras áreas e prestar auxílio com envio de ajuda financeira à Ucrânia.

Quanto à Nintendo, depois de colocar a sua loja digital Nintendo eShop em “modo de manutenção” por causa de um impedimento em transaccionar em Rublos, decidiu entretanto ir mais além. Anunciou nas últimas horas que iria suspender mesmo as vendas por completo, mantendo essa decisão indefinidamente. E não será apenas uma suspensão de vendas nos produtos digitais mas também físicos, citando a “volatilidade em volta de logísticas de envio e distribuição de bens físicos”.

Cada vez há menos entretenimento à venda no território Russo. Não é com jogos ou com a falta deles que se travam guerras, de facto. Mas, estas restrições criam impedimentos graves na normalidade dos cidadãos Russos. O que poderá provocar uma reacção social e até uma mudança de prioridades. Contudo, não sabemos o que esperar realmente.