Xbox One

Primeira Xbox One a ser guardada por tubarões

O primeiro país onde a Xbox One será oficialmente lançada é na Nova Zelândia, onde foi feita uma preparação especial para a estreia da mesma. Neste exacto momento o primeiro exemplar destinado ao primeiro comprador do mundo, encontra-se no fundo de um tanque de tubarões no aquário Kelly Tarlton’s Sea Life, em Auckland. E para quem não entende porque é que a Nova Zelândia será a primeira a lançar a Xbox One, é porque o país é o mais próximo da “Linha Internacional da Mudança de Data”, uma linha imaginária que, como o nome implica, marca a mudança de um dia para outro quando a pessoa se desloca do oeste para o leste ou vice-versa.

Infelizmente todo este evento, apesar de ainda se manter, perdeu um pouco do seu momento singular devido ás entregas antecipadas e imprevistas desta semana que fizeram o dia a quem as recebeu antes da sua data oficial de lançamento.

Agora esperemos que não obriguem o primeiro comprador a ir buscar a consola ao aquário…

xboxonesharks_large_verge_medium_landscape

Um (mau) arranque da Xbox One

Tem passado muito despercebida a Xbox One. Nem é só pelo enorme destaque que tem recebido a consola concorrente da Sony, mas também porque o seu lançamento na Europa está envolto em incerteza estando prevista em Portugal apenas em 2014. Nos Estados Unidos, porém, a Xbox One será lançada já dia 22 de Novembro. E não é só o mistério do lançamento que assombra a nova consola da Microsoft. Utilizadores tem estado a receber a consola antes do tempo.

História Single Player de Battlefield 4 recebe trailer

Até agora, os trailers de Battlefield 4 têm focado apenas o modo Multiplayer. No entanto, haverá também um modo Single Player e é precisamente isso que a DICE pretende mostrar neste novo trailer.

A história segue um esquadrão de soldados que tenta evacuar um grupo de VIPs americanos de Shangai. No meio dos vários perigos que terão de enfrentar apenas um lema fala mais alto, “Ninguém fica para trás”.

Battlefield 4 vai ser lançado a 29 de Outubro para o PC, Playstation 3 e Xbox 360. Já para a Playstation 4 e Xbox One, contem com este título aquando o respectivo lançamento das duas consolas.

Open Beta de Battlefield 4 já tem data marcada

Esta notícia foi anunciada por Peter Moore no blog da EA. Dia 1 de Outubro é então a data que marca o Open Beta de Battlefield 4, um dos mais aguardados títulos deste ano.

Para ficarem ainda mais aliciados, deixo-vos um intenso trailer de um dos mapas Multiplayer do jogo, Paracel Storm. Aviso também que este vídeo é tão intenso que vê-lo pode fazer com que os vossos netos nasçam já com barba rija.

Battlefield 4 vai ser lançado a 29 de Outubro para o PC, Playstation 3 e Xbox 360. Para a Playstation 4 ficará disponível para a Europa apenas a 29 de Novembro e a 21 de novembro para a Xbox One.

Demo de FIFA 14 disponível desde ontem

Está desde ontem disponível a versão de demonstração de FIFA 14 para PS3, Xbox 360 e PC.

A nova versão de FIFA deste ano surge, pelo menos no que diz respeito a esta geração de consolas, com enormes melhoramentos na jogabilidade dentro do relvado. Fora dele, a versão de demonstração não nos mostra grandes detalhes, mas ficamos por cá a aguardar ansiosamente por colocar as nossas mãos no novo modo de carreira que para além de um aspecto renovado, onde tudo parece mais acessível, contará ainda com a inclusão da aclamada opção de interditar o primeiro mercado de transferências de modo a que as equipas se mantenham as oficiais até chegares ao mercado de Inverno em Janeiro.

A nível gráfico continua tudo muito parecido e com poucas alterações. No entanto, as celebrações foram melhoradas e as aproximações da câmara aos jogadores voltam a fazer a diferença e a tornar toda a experiência muito mais cinematográfica. Algo que já não acontecia no FIFA 13.

O realismo da jogabilidade é, este ano, ainda mais forte e obriga-nos a pensar muito bem cada movimento em campo, como um sprint no final do jogo com um jogador cansado, ou um remate quando estás rodeado de defesas, a serem hipóteses que deves colocar de lado e optar por um passe seguro. É simplesmente fantástico observar a versão virtual de Gareth Bale, protagonista da transferência mais sonante deste Verão, a rematar e centrar com a parte de fora do seu pé esquerdo tal e qual como o faz na realidade. Por outro lado, a equipa de comentários inglesa parece muito mais realista que nos anos anteriores com pequenos pormenores a fazerem toda a diferença.

Não percas tempo, vai sacar a tua versão de demonstração e percebe por ti as diferenças deste FIFA 14 em relação aos anos anteriores. A sequela do melhor simulador de futebol dos últimos anos sai em Portugal no dia 27 de Setembro.

A jogabilidade de Dragon Age: Inquisition

A Bioware e a Electronic Arts revelaram finalmente os primeiros traços da jogabilidade da última entrada no franchise de Dragon Age.

O primeiro Dragon Age, Origins, marcou uma viragem a nível de narração de história nos turn based strategy RPG’s. No entanto, a sua sequela, Dragon Age II, com uma aproximação mais virada para os Action RPG’s, revelou-se uma das maiores desilusões que a Bioware já nos trouxe, logo a seguir ao final de Mass Effect 3, entretanto corrigido. Com Inquisition, Dragon Age parece voltar às origens e apostar numa espécie de jogabilidade em mundo aberto mas que, efectivamente, nunca o é para que a narração da história esteja sempre em primeiro plano.

Vejam os vídeos de antevisão da Eurogamer e da Rev3 Games, cada um deles com os seus exclusivos de jogabilidade. Ainda, embora com menos qualidade por ter sido gravado com uma câmara temos um vídeo de cerca de 13 minutos de jogabilidade gravado da plateia da PAX 13.

Quem já experimentou atesta que este é, de facto, um RPG da próxima geração. Infelizmente, vamos ter de esperar pelo Outono de 2014 para experimentar Dragon Age: Inquisition.



https://www.youtube.com/watch?v=1WeZbGRglWs

13 minutos de jogabilidade em Open World de Assassin’s Creed IV: Black Flag

A Ubisoft começa a criar um sério hype em torno da última entrada na franchise de Assassin’s Creed e mais um passo nesse sentido é a apresentação deste vídeo de gameplay de 13 minutos, com comentário do director de jogo, Ashraf Ismail.

Nele podemos ver Edward Kenway, um corsário inglês que ao longo do jogo se tornará um pirata e membro da Ordem dos Assassinos, enquanto este explora o mundo paradisíaco das Ilhas das Caraíbas. Alguns factos interessantes que podemos observar, e que farão parte da jogabilidade deste Assassin’s Creed, são a perseguição naval, as rápidas transições entre o controlo de barco e o controlo livre de Kenway, as tempestades marítimas (onde podemos inclusivamente observar um tornado em alto-mar) e os locais secretos que podemos descobrir.

Pelos rumores que têm circulado nos fóruns a Ubisoft estará prestes a revelar a jogabilidade na cidade de Havana, Cuba, em pleno século XVIII. Vamos aguardar ansiosamente.

Assassin’s Creed IV: Black Flag vai estar disponível para PC, PS3, Xbox 360, Wii U, PS4 e Xbox One e tem data de lançamento prevista para a Europa no dia 1 de Novembro.

Microsoft remove imposições DRM da Xbox One

É certo e sabido que a Microsoft não começou com o pé direito com a apresentação da sua nova Xbox. As imposições colocadas pela Microsoft, como a necessidade constante de internet ou o facto de não podermos emprestar jogos, não deixou os fãs contentes e isso sentiu-se por toda a internet. A Sony, com a sua apresentação na E3, veio deitar achas para a fogueira, alegando que a PlayStation 4 não precisa de internet e funciona com jogos usados.

Isto mexeu de tal forma com a Microsoft, que acabou por recuar na suas decisões e retirar algumas limitações da Xbox One. 

Antes Final Fantasy Versus XIII, agora Final Fantasy XV

Para um jogo que começou a ser produzido em 2006, Final Fantasy Versus XIII deu muito que falar. Passaram-se 7 anos desde então e, muitos rumores depois, durante a conferência da Sony da E3, a SquareEnix anunciou finalmente o que pretendia fazer com aquele que muitos assumem que poderá ser a salvação da companhia após uma longa caminhada no deserto. Final Fantasy Versus XIII perdeu o nome original para se passar a chamar Final Fantasy XV.

A primeira conclusão que podemos tirar é que a turn based gameplay habitual da saga Final Fantasy também não voltará desta vez. Contudo, não sei se será uma omissão grave até porque a série precisa de uma enorme briza de ar fresco. Dos últimos episódios da saga, Final Fantasy XIII e a sequela XIII-2, o que me ficou na memória foi o absurdo abuso das conversas melodramáticas e as más dobragens em inglês. Para além disso, a parte mais interessante da história era contada através de texto corrido em menus opcionais. A revitalização do gameplay poderá ser a solução para fazer esquecer alguns dos erros do passado.

Os jogos antigos da saga provaram-nos que não são precisos excessos de dramatismo para enfatizar uma má experiência de uma personagem (erro recorrente durante Final Fantasy XIII) e exemplo disso é, para a malta da velha guarda da velhinha Super Nintendo, o que acontece com Cyan durante o Final Fantasy VI. O último sobrevivente de Doma, após o ataque de Kefka à sua cidade e por consequência à sua família, sofre com a culpa de não ter sido capaz de salvar ninguém e de ser o único sobrevivente. No entanto, a personagem torna-se mais forte por isso e, em momento algum, se torna “piegas”. Isso torna as personagens marcantes e é por isso que ainda me lembro do Cyan passados quase vinte anos do lançamento de Final Fantasy VI.

O que os fãs realmente procuram quando compram um Final Fantasy é uma história que os transcenda e marque, que os leve a viajar num mundo alternativo e que lhes seja capaz de proporcionar uma experiência única na companhia de boas personagens. E pela pouca informação que surgiu a público desde 2006, este Final Fantasy XV parece encaminhado para ser um bom jogo. A história é centrada em Noctis, membro de uma família real de um reino que protege o último cristal remanescente no mundo enquanto governam numa cidade tecnologicamente avançada. À volta, os reinos vizinhos vivem numa espécie de época medieval à sombra do reino de Noctis. A história do jogo começa quando um dos reinos vizinhos invade para tentar roubar o cristal.

A Square Enix parece apostada em investir ao máximo neste jogo e prova disso é a escolha do director do jogo: Tetsuya Nomura. No seu currículo contam-se várias participações em jogos como, desde 1991 a 2013, Final Fantasy IV, V, VI, VII, VIII, X, Chrono Trigger ou The World Ends With You. Vamos esperar para ver se será desta que a Square Enix volta aos bons velhos tempos dos RPG’s da Squaresoft. Fica, para finalizar, um impressionante vídeo de gameplay de Final Fantasy XV.

É bom que não tenhas vertigens, vem aí o Mirror’s Edge 2!

Mirrors Edge foi um brisa de ar fresco no seu lançamento, um género diferente de tudo o que tinha visto, um ambiente colorido acompanhado com uma banda sonora de qualidade para intensificar a acção. Foi um jogo que marcou apesar das poucas vendas e não podia estar mais contente por trazer a notícia que a sequela está a ser feita… O que mais chato é a mensagem final diz: “Coming… When it’s Ready”.

É melhor regares as plantas se queres sobreviver

Plants Vs Zombies abandona as duas dimensões e aventura-se como um shooter multiplayer em terceira pessoa, onde o jogador controla um esquadrão de plantas prontas a dizimar todos os zombies que se aproximem do seu quintal.
Totalmente online com modo coop até quatro jogadores e modo competitivo até 24 jogadores, Garden Warfare possui mais acção explosiva do que se pode imaginar. Tudo sobre um enorme mundo em 3D a ser produzido com o motor FrostByte 3.

Plants vs Zombies: Garden Warfare  sairá primeiro para a Xbox One em 2014, com uma versão para Xbox 360 e PC planeado para o futuro.

Mad Max anunciado pela produtora de Just Cause

Mad Max já serviu de inspiração para muitos jogos, nomeadamente os primeiros Fallout e o recente Rage da Id Software, mas será que um jogo baseado no verdadeiro universo de Mad Max funciona? 

O maior e melhor Metal Gear de sempre!

A Microsoft abriu da melhor forma a sua conferência mostrando gameplay do aguardado The Phantom Pain com um vídeo de Big Boss a resgatar Miller de uma prisão no Afeganistão. 

Afinal a Xbox One só chegará a Portugal em 2014

Depois de terem surgido alguns rumores que Portugal não estava na lista de países a receber a Xbox One no próximo mês de Novembro, decidimos contactar a Microsoft Portugal para tirar a limpo esta dúvida que pairava no ar e a resposta que recebemos é que, de facto, a Xbox One só chegará a Portugal em 2014. 

Forza Motorsport 5 terá inteligência artificial ‘humana’

A produtora Turn 10 Studios revelou, durante a conferência da Microsoft, os detalhes de como fará a integração do processamento da cloud no novíssimo Forza Motorsport 5, dando uma inteligência artificial nos adversários nunca antes vista. 

Quantum Break, mostra como seria parar o tempo

Quantum Break é um exclusivo da Xbox One a ser desenvolvido pela Remedy Entertainment (Alan Wake). 

Cria o teu jogo em Window 8, Xbox One e SmartGlass com Project Spark

Project Spark foi anunciado durante a conferência da E3 como um criador de jogos onde podes construir o teu mundo, obstáculos e inimigos e depois de feito, partilhar com amigos à volta do globo, eles podem ainda criar uma nova ideia sobre o teu jogo, uma espécie de LittleBigPlanet para a Xbox One. 

Killer Instinct está de volta!

Killer Instinct, quando saiu para a Nintendo 64, tinha uma sensação 3D sem precedentes com os seus cenários renderizados e animações muito avançadas para altura com a Rare a usar motion capture para todas as personagens, uma técnica pouco usada no longínquo ano de 1996! 

Sunset Overdrive, o jogo onde as bebidas energéticas servem de munições

Os produtores de Resistance estão a preparar um exclusivo para a Xbox One com muito bom aspecto. Chama-se Sunset Overdrive, é colorido, tem mutantes e muita acção com armas a disparar discos vinil e uma arma que consume bebidas energéticas para disparar!  

Dead Rising 3 com mais zombies e muito mais sangue

Dead Rising 3 foi anunciado durante a conferência da Microsoft como um exclusivo da Xbox One e com grandes melhorias fase aos jogos anteriores. 

Master Chief na Xbox One

Não seria um evento da Microsoft se o Master Chief não marcasse presença! Não foram revelados grandes detalhes sobre o novo Halo, sabemos que sairá para a Xbox One, mas ausência de numeração no título deixa-me a pensar se será uma sequela ou um spin-off. Qualquer das formas o vídeo apresentado em CGI está muito bom! Apenas questiono-me porque raio tem o Master Chief um monte de trapos sobre a sua armadura?! 

Xbox One chega em Novembro e já sabemos o preço

A Microsoft revelou finalmente o preço da Xbox One na sua conferência da E3. A consola ficará disponível já em Novembro em 21 países com a etiqueta a marcar 499€,  uma agradável surpresa tendo em conta todas as funcionalidades da consola, incluindo o Kinect e Blu-Ray.

Resta-nos saber que valor terá a PlayStation 4 quando sair para o mercado.

Titanfall, um shooter que mistura jetpacks e Mechwarriors

Respawn Entertainment, produtora criada com a antiga equipa da Infinity Ward, tinham a responsabilidade de apresentar um jogo para deixar todos de boca aberta mesmo no final da conferência da Microsoft, mas conseguiram no fazer sem qualquer problema ao apresentar Titanfall.  

Witcher 3 na Xbox One e PlayStation 4

CD Projekt RED marcou a sua presença na conferência da Microsoft durante a E3 para mostrar em primeira mão o gameplay de Witcher 3. Wild Hunt será lançado para as consolas de nova geração e usará funcionalidades específicas da Xbox One, nomeadamente comandos de voz pelo Kinect e uso do SmartGlass onde podemos organizar o inventário de Geralt com a ajuda do smartphone ou tablet.

Novo trailer de Watch Dogs escapa das mãos da Ubisoft

Mesmo antes da E3 começar, durante o dia de amanhã, já começam a surgir alguns trailers que escapam das mãos das produtoras. Foi o caso deste fantástico trailer CGI do próximo jogo da Ubisoft, Watch Dogs.

No trailer conseguimos ver o protagonista, Aiden Pearce, e o tipo de pessoas contra quem vais poder lutar. Neste caso específico, alguém responsável pelo tráfico de pessoas. Pelo meio, podemos ver alguns dos movimentos e habilidades que vamos poder utilizar no jogo.

Será Watch Dogs um dos jogos que marcará o início da próxima geração? Segue o WASD para mais informações acerca deste e de outros jogos da E3.

Esta é a Xbox One e tudo o que precisam de saber sobre ela

Agora que a poeira assentou e já se sabe mais detalhes sobre a nova consola da Microsoft, decidi falar um pouco sobre a revelação e expressar a minha opinião, mas caso não tenham tempo para ler podem optar pela lista rápida de 2 minutos sobre a Xbox One.

Oito anos passaram desde que a Xbox 360 foi lançada, provavelmente a consola desta geração que mais demorou a receber uma actualização, mas finalmente chegou e ficamos a conhecer a nova geração com a Xbox One, numa apresentação focada maioritariamente na tecnologia usada e nos futuros serviços da consola, deixando a melhor parte – os jogos – para a E3, que arranca em Junho. 

Este é o próximo Need for Speed

Need for Speed Rivals é o próximo jogo da série para este ano, está a ser desenvolvido pela Ghost Games em parceria com a Criterion Games, a mesma produtora dos mais recentes Hot Pursuit e Most Wanted.
Ghost Games é uma produtora muito recente e é constituída maioritariamente por antigos membros da DICE, que pegaram na nova versão do Frostbite para criar um Need for Speed open-world baseado na rivalidade entre a polícia e aqueles condutores com o pé pesado.

No fundo, será algo como o Hot Pursuit em mundo aberto e com a possibilidade de conduzir um Ferrari, marca que estava ausente na série há 7 anos e para ser mais específico, poderão conduzir um F12 Berlinetta! Terá ainda uma funcionalidade a que chamaram de AllDrive, que permite uma transição homogênea entre multiplayer e single player, no fundo será um pouco como Test Drive Unlimited.
Autolog está de volta, terão também a possibilidade de personalizar o carro com cores, jantes, autocolantes e também com upgrades para melhorar a performance do vosso bólide.

Need for Speed: Rivals está agendado para dia 19 de Novembro para PC, Xbox 360, PlayStation 3 e ainda PlayStation 4 e Xbox One!

Site oficial

Últimas notícias