Xbox One

Quest of Dungeons o primeiro indie português a invadir a Xbox One

Quest of Dungeons, da portuguesa Upfall Studios, já está disponível na Store da Xbox One. Para quem ainda não leu a nossa análise, Quest for Dungeons é um dungeon crawler por turnos com um feeling old-school e permite-vos controlar uma das quatro classes disponíveis: Warrior, Wizard, Assassin ou um Shaman. 

Ouye, a consola Chinesa que provavelmente não vais querer

À partida vão achar que é uma Playstation 4, mas alguma coisa não está bem… Depois olham para o comando e pensam que é de uma Xbox One, mas também há algo nele que não está correcto… Até o nome da consola nos faz lembrar a consola baseada na plataforma Android, Ouya. Mas, não! É só o novo projecto de consola Ouye e estamos certos que não vão querer isto lá em casa…

Segundo o site Kotaku, um dos sites de crowdfunding Chineses, o JD Finance, fez surgir o projecto para a construção desta consola, claramente pouco orientada para respeitar direitos de autor das actuais líderes Playstation 4 e XBox One. A caixa é claramente uma cópia da PS4 com a grelha superior da XB1. O comando é uma cópia quase directa do comando da Xbox One. Nem sequer escapou ao plágio o nome da atribulada Ouya. Então e porque é que dizemos que provavelmente não a vão querer, tão bonita que é?

Bom, começa por ser uma consola avaliada nos 70 Dólares (cerca de 60 Euros) o que não perspectiva grande hardware no seu interior. Segundo o que é dado a entender, terá um processador A80 (de oito cores) com um GPU G6230 de 2 MB RAM e 16GB de memória flash interna, além de suporte para cartões MicroSD até 64GB. O que é que isto significa? Corre muito bem o sistema operativo Android 4.4.2… e com sorte até conseguem jogar os jogos que a consola traz. Não esperem é correr um The Witcher III nesta consola.

Depois, é a oferta de jogos. Apesar de não estarem devidamente listados, há uma imagem que demonstra estonteantes jogos de… cartas. E o que parece ser um jogo de carros, mas mantenham essas espectativas baixas. Acima de tudo, no vosso Aniversário ou Natal… não peçam uma consola de jogos que alguém viu numa loja Chinesa.

Microsoft Gamescom 2015: Ark Survival Evolved a caminho da Xbox One

Esta foi outra das novidades apresentadas pela Microsoft ontem na conferência na Gamescom. O acesso antecipado a Ark: Survival Evolved no Steam está a ser alvo de grande sucesso e eis que este título se encontra a caminho da Xbox One.

O jogo de sobrevivência com dinossauros à mistura chega à consola da Microsoft ainda este ano, o que oferece uma perspectiva quanto ao seu lançamento oficial!

Microsoft Gamescom 2015: Platinum Games subiu ao palco com Scalebound

Na conferência da Microsoft de ontem, a Platinum Games subiu ao palco para mostrar pela primeira vez a jogabilidade do seu Scalebound. Podem encontrar o vídeo em baixo e, muito resumidamente, depressa nos coloca no meio da acção do jogo. Depois de uma rápida, e irreverente, entrada por parte do protagonista do jogo e do seu Dragão, o destaque cai sobre a jogabilidade deste título. 

Microsoft Gamescom 2015:
Pelos criadores de Minecraft chega-nos Cobalt

Actualmente a ser desenvolvido pela Mojang, Cobalt é um jogo com aspecto retro, cheio de acção e muitas plataformas.
Em Cobalt os jogadores irão controlar um cyborg que procura uma colónia perdida de humanos num planeta alienígena. O jogo tem vários modos multijogador, fugindo sempre ao típico deathmatch que normalmente vemos noutros jogos.

Microsoft Gamescom 2015:
Quantum Break

A Microsoft escolheu o tão esperado Quantum Break para arrancar com a sua conferêcia e não podia ter escolhido melhor. Quantum Break está a ser desenvolvido pela Remedy (Alan Wake) e está agendado para Abril de 2016, exclusivamente para Xbox One. 

Microsoft Gamescom 2015:
Halo Wars 2 anunciado

Halo vai chegar novamente ao PC. Não como um FPS, como é maioritariamente conhecido, mas através de uma sequela directa do seu antecessor que saiu em 2009 e que tem como nome Halo Wars. Trata-se de um spin-off da série em estratégia real e a sequela está a ser desenvolvida pela Creative Assembly, a produtora por trás da série Total War e também de Alien: Isolation.

Microsoft Gamescom 2015:
Crackdown 3

Os possuidores de Xbox conhecem certamente este jogo sandbox que se estreou na 360. Desde o seu primeiro título que tem criado uma legião de fãs em seu redor e era inevitável que a terceira entrada na série chegasse à nova consola da Microsoft. Crackdown 3 chega à Xbox One, em 2016 e traz, pela primeira vez, consigo uma experiência multijogador com uma destruição massiva, onde todos os edifícios podem ser destruídos.

Microsoft Gamescom 2015: A chama extingue-se no novo trailer de Dark Souls III

Esta tarde teve lugar na Gamescom deste ano a conferência da Microsoft. Várias foram as novidades apresentadas e uma delas foi o mais recente trailer do tão aguardado Dark Souls III. Além de novas áreas e do vislumbre de algumas das lutas contra os novos bosses do jogo, nele podemos ver um pouco mais da jogabilidade que nos espera neste título.

“Promete”, é o mínimo que podemos dizer. A mente criativa de Hidetaka Myazaki é notória, e Dark Souls III mostra-se já bem mais sombrio do que o seu antecessor, algo muito criticado por quem o jogou. 2016 não podia estar mais longe e até lá vamos ter de nos contentar com estas pequenas, mas impressionantes. migalhas que os criadores nos vão oferecendo!

ZombiU regressa como Zombi para PC, PS4 e Xbox One

Um survival-horror com um foco especial na sobrevivência, com uma atmosfera imersiva capaz de cortar a respiração. O Game Pad da Wii U é usado de forma inteligente e demonstra na perfeição o que é possível alcançar com o novo conceito da Wii U.” Arrecadando um sólido 9 da nossa redacção, foram estas as nossas impressões quando por cá publicámos a nossa análise a ZombiU, um dos títulos que acompanhou o lançamento da consola Wii U da Nintendo.

A recepção pela crítica foi mista, o conceito em si foi bastante elogiado mas foi no desempenho do jogo onde mais se focaram as críticas. ZombiU foi lançado em 2012 e quando todos pensavam que a sua história já estava contada, eis que o seu regresso está iminente. Agora apenas apelidado como Zombi, este título de survival-horror prepara-se para assombrar o PC, PS4 e Xbox One já no dia 18 de Agosto.

Tirando proveito do poder da geração actual a promessa é a de elevar a fasquia no género de terror a novos patamares. Será que consegue, nós cá estaremos para vos dizer. Uma vez mais as nossas habilidades serão testadas mas lembrem-se que aqui, a morte é permanente, por isso cuidado, um passo em falso pode custar-vos muito (provavelmente a vida)! Podem assistir ao trailer em cima!

Microsoft lança Windows 10 em Lisboa

1

No passado dia 28 de julho a Microsoft Portugal lançou o sistema operativo Windows 10 à imprensa. Tivemos o primeiro contacto com o novíssimo sistema operativo, vimos as novas funcionalidades em acção e conhecemos os planos para o futuro, também com o mundo do gaming em vista. 

Phil Spencer lança a ideia de Teclado e Rato na Xbox One

Já falámos de como no sistema operativo Windows 10 será possível fazer streaming de jogos da Xbox One. Então e o contrário? Será possível? A ideia está em cima da mesa, mas, para isso, é preciso que a consola da Microsoft suporte os dois periféricos preferidos do PC: O teclado e rato.

E o patrão da Xbox, Phil Spencer, até gosta da ideia de fazer stream dos jogos do PC na consola XBox One, segundo a mensagem que publicou na sua conta oficial de Twitter. Isto tornaria a consola ainda mais versátil, claramente. Infelizmente, Spencer diz que não tem ainda nenhum plano para tornar isso realidade.

Para isto funcionar, como observaram os utilizadores do Twitter em resposta à sua mensagem, é preciso que haja suporte para Teclado e Rato para determinados videojogos. Spencer concorda e até diz que isso não está muito longe. É algo que até parece previsto para breve.

Como é que isto se vai processar? Uma simples actualização de firmware pode tornar possível. E que dizer fisicamente? Recordamos que a Xbox One apenas possui uma porta USB lateral e uma traseira que basta termos um Disco-Rígido externo e o comando a carregar, ficam logo sem efeito. Talvez um teclado e rato específicos através do mesmo protocolo sem fios dos comandos actuais pudesse ser a melhor aposta. No entanto, seria bom que não tivéssemos de adquirir novos periféricos, podendo usar os que já tenhamos lá por casa.

Há que pensar também na vantagem teórica que os utilizadores de teclado e rato possam ter contra utilizadores do comando Xbox One, claramente menos reactivo, por exemplo, em jogos de acção na primeira pessoa. A solução passaria por limitar o uso destes periféricos ao streaming de PC para Consola, não permitindo o uso de teclado e rato em jogos na plataforma Xbox One. Nesta fase, porém, tudo é especulação.

Actualização de Julho da Xbox One

Quando nestes dias ligarem a vossa Xbox One, esta deverá iniciar mais um processo de actualização de sistema. Esta actualização não adiciona nenhuma funcionalidade visível ao utilizador, embora seja, mesmo assim, uma das mais importantes deste ano.

A actualização de sistema 6.2.13194.0 prepara a consola para streaming de jogos para PCs com o sistema operativo Windows 10, que irá ser lançado já no próximo dia 29 de Julho. Esta funcionalidade permite jogar jogos da Xbox One em stream (online ou LAN) no PC como se da consola se tratasse, usando até mesmo o comando da XBO e a mesma conta Live.

Também prepara a Xbox One para a tão esperada retro-compatibilidade, que já está disponível nos subscritores do Xbox Preview, mas só chegará aos restantes utilizadores dentro de alguns meses. Esta funcionalidade, como sabem, permite jogar jogos da Xbox 360 na nova consola, dentro de uma lista limitada de jogos que vai ser aumentada nos próximos meses.

Com esta actualização obrigatória, a consola fica já preparada para estes dois importantes serviços, embora estes só fiquem realmente disponíveis mais tarde.

Microsoft estará em vias de comprar a AMD

A Microsoft poderá estar em vias de adquirir a gigante produtora de CPUs e GPUs AMD. A notícia surge com base num relatório tornado público e que foi descoberto pelo site KitGuru. Este pode ser um dos maiores negócios do mundo da informática, mas também o início de um monopólio.

A Americana Advanced Micro Devices já tinha feito um grande movimento no mercado ao ter adquirido o fabricante de placas gráficas ATI em 2006, tornando-a numa das maiores produtoras de chips do mundo. Apesar de ter começado com o fabrico de processadores 8086 e 8088 em conjunto com a rival Intel para a IBM, entretanto, a AMD já se consolidou no mercado. Tem-se aventurado além dos CPUs com GPUs gráficos, memória RAM e outros componentes.

Agora surge agora o interesse da Microsoft num negócio que pode atingir os 1.81 mil milhões de dólares, que é a valorização actual da AMD. No entanto, o valor do negócio estará no que a Microsoft irá poupar no fabrico de chips para diversos dispositivos, desde smartphones até à Xbox One que já usa chips de processamento e memória AMD. Curiosamente, também a Playstation 4 usa o mesmo APU, o Jaguar. Isto significa que, a concretizar este negócio, a Microsoft irá, em teoria, beneficiar de um lucro significativo do fabrico e venda de consolas rivais PS4.

De notar que a AMD está, neste momento a enfrentar uma crise económica. Longe vão os tempos de lucro, com a concorrência da Intel e Nvidia a roubar um importante pedaço do mercado. Apesar disso, a empresa tem vindo a ser alvo de ofertas de aquisição de outros gigantes como a Samsung, que também usa os chips AMD nos seus dispositivos. A Microsoft teria todo o interesse em criar um monopólio que potencialmente pode diminiuir o abismo no mercado das consolas de videojogos, onde a Sony é, actualmente, a clara vencedora.

Fonte: KitGuru

A Retro-Compatibilidade da Xbox One

3

Foi um dos destaques nesta última feira E3. A Microsoft “largou a bomba” por revelar que a sua Xbox One iria passar a permitir jogar jogos antigos da Xbox 360. Num dia em que soubemos de mais alguns jogos compatíveis com esta funcionalidade, falamos um pouco sobre as reverberações desta novidade.

Microsoft apresenta novo interface da Xbox One

No rescaldo da apresentação da Microsoft na E3 2015 em que a Xbox One recebeu diversas novidades de elevado impacto, Larry “Major Nelson” HrybRichard Irving da Equipa de Engenharia da Xbox mostram o novo interface a chegar à Xbox One ainda este ano.

No vídeo acima, além do novo menu, claramente inspirado nas novidades de interface do novo sistema operativo Windows 10, é de assinalar a rapidez de mudança de tarefas e a facilidade de acesso. Fiquem com a lista completa de novidades em baixo:

  • Novo “Home” redesenhado: O menu principal, conhecido por “Home”, foi redesenhado para destacar o conteúdo mais usado na vossa Xbox One. Podem navegar verticalmente para verem os jogos mais jogados ou conteúdos mais acedidos recentemente. Podem também ver clips gravados, achievements e novos conteúdos disponíveis para os jogos. Os pins estão agora no fundo da lista.
  • Um novo guia: Amigos, convites e mensagens podem agora ser visionados no Home enquanto jogam, graças ao novo grafismo que entra no ecrã durante o jogo sem necessidade de sair do mesmo.
  • Secção da comunidade: Uma nova secção para os amigos de modo a interagir socialmente de forma mais rápida e com mais opções. Podem ver a actividade dos vossos amigos num feed e ver o que está “na moda” tanto entre esses amigos como no geral na Xbox Live, com jogos e conteúdos populares.
  • Xbox Avatars: Estão de regresso e em força na Xbox One. Foram modernizados com melhor qualidade de imagem e todas as personalizações que tínhamos na Xbox 360.
  • Cortana chega à Xbox One: Em paralelo com a sua estreia no Windows 10 no PC e dispositivos móveis, Cortana chegará para auxiliar nos comandos de vozes, pesquisas e outras tarefas. Cortana também interage com o jogador respondendo a perguntas e auxiliando no uso da consola. Infelizmente, não chegará a Portugal tão depressa, estando bloqueada por regiões. EUA e Reino Unido são os primeiros a recebê-la já neste Outono.

Esta nova actualização não tem, ainda, data prevista, estando “para breve”. Prevê-se, porém que chegue, senão ao mesmo tempo, pelo menos próximo do lançamento do Windows 10 dia 29 de Julho, de modo a integrar a consola na prometida interacção multi-plataforma.

Microsof E3 2015 – Xbox One

0

Nem só de jogos se faz a E3 e a Microsoft provou isso mesmo. Sim, a linha de videojogos apresentados na sua conferência foi impressionante, entre exclusivos e multi-plataforma com benefícios na sua consola. Mas, sem a fantástica Xbox One não havia nenhum jogo ou serviço e a Microsoft está ciente dessa realidade com estes importantes anúncios.

Para começar, a Microsoft apresentou um novo comando redesenhado a pensar nos gamers de elite. Chama-se, apropriadamente, Xbox One Elite Controller e possui diversos upgrades e extras, muito além do actual comando sem fios. Além de alguns componentes personalizáveis, como um novo prato do painel do cursor, manípulos comutáveis e novos bumpers traseiros, tem também remapeamento dos botões e ajuste de sensibilidade. Estará disponível neste Outono e só podemos calcular o preço.

Gifs Animados: The Verge

O apoio aos Indies continua com o programa ID@Xbox. Jogos independentes vão continuara a estrear na Xbox Live com o apoio da Microsoft e da Xbox. Alguns jogos fantásticos foram apresentados com claro destaque para The Long Dark e Elite: Dangerous, dois jogos independentes que estão a chegar à Xbox.

Numa tentativa de promover não só jogos independentes, mas outros recentes ou em desenvolvimento, a Microsoft apresentou um novo serviço intitulado Xbox Game Preview. Um pouco à imagem do Early Access do Steam, esta nova funcionalidade permite aos utilizadores do serviço Live ter acesso a jogos em acesso antecipado ainda antes de estarem concluídos. Esse acesso permite aos utilizadores feedback directo dos jogadores, enquanto são apoiados técnica e financeiramente nos seus projectos.

No que diz respeito a jogos de terceiros, uma série de títulos multi-plataforma tiveram destaque no evento da Microsoft. Estes jogos ou possuem destaque próprio ou serão destacados noutra ocasião. Só queremos destacar um pormenor para Fallout 4, que fez uma aparição nesta conferência. Não estamos a falar do jogo em si, mas de uma característica única e exclusiva (pelo menos, por agora). Os mods fazem parte do mundo dos jogos PC, expandindo o jogo e até melhorando-o. Nas consolas dificilmente chegariam por causa das limitações de acesso, certo? Errado! Fallout 4 será o primeiro jogo na Xbox One em que poderão usar mods tal como no PC! Ainda não sabemos se outros jogos terão esta funcionalidade, mas é um começo! Já agora, saibam que se comprarem Fallout 4 na Xbox One, receberão o jogo Fallout 3 inteiramente gratuito.

O enorme, gigante, destaque, é mesmo uma coisa chamada, retro-compatibilidade. Um palavrão com um importante significado. Quantos de nós ficamos irritados quando uma nova consola é lançada e temos tantos jogos lá em casa da geração anterior? Certamente aconteceu-vos com a Xbox One com poucos jogos e todos aqueles jogos da Xbox 360 na prateleira que não podiam jogar… até agora.

Vídeo: Gamers Little Playground

Neste anúncio bombástico, a Microsoft anunciou que através de um update a chegar até ao final deste ano, teremos uma boa parte dos jogos Xbox 360 compatíveis com a Xbox One, sejam em formato digital ou físico. Ainda não é conhecida a lista completa, mas serão lançados em porções. Quem é membro do programa Preview, já pode aceder a esta funcionalidade.

Um dos jogos dados como exemplo foi Mass Effect, a correr na Xbox One e com todas as funcionalidades da nova consola (incluindo comandos de voz Kinect) a melhorar a experiência. De modo a que o jogo possa correr sem problemas, é possível que tenhamos de instalar pequenas actualizações para o mesmo. Todos os jogos que tenham na X360 irão aparecer na secção “Ready to Install”. Os jogos de formato físico (disco) terão de ser inseridos, a instalação é feita e depois terão de ser jogados com o disco inserido no leitor.

Uma curiosidade deste serviço é poderem participar em votações sobre que jogo gostaríam de ver no programa de retro-compatibilidade. Interessante para que não surjam jogos com pouco interesse em ver na nova plataforma.

No campo da realidade virtual, houve tempo para duas apresentações distintas. Por um lado, parcerias com produtos de terceiros, por outro a fantástica apresentação do Microsoft Hololens com uma demonstração do jogo Minecraft de fazer cair o queixo a qualquer um. Já se imaginaram a jogar Minecraft na sala lá de casa… literalmente? Bom… virtualmente? Agora é possível. Vejam o vídeo e confiram o grau de fantástico desta funcionalidade.

Vídeo: Kotaku

Mas o mundo da realidade virtual está pejado de projectos futuros. Na semana passada, soubemos que o Oculus Rift tem, agora uma parceria com a Microsoft que traz vantagens para todos os fãs da Xbox. Um comando Xbox One vai ser vendido com cada um dos dispositivos e será possível fazer stream da Xbox One para o Rift. Hoje soubemos que a Microsoft está também a criar uma parceria com outro dispositivo de realidade virtual concorrente, o Valve VR. Teremos, com certeza, mais novidades nas próximas horas ou durante a conferência PC Gaming Show de amanhã.

Esta foi uma parte da apresentação da Microsoft na E3 2015. Há outras apresentações como Halo 5: Guardians, Forza Motorsport 6 ou Gears of War 4. Saibam também os horários das restantes Conferências deste ano.

Dark Souls III anunciado na conferência da Microsoft na E3

É oficial, depois de tantos rumores e de “alegadas” fugas de informação, foi na conferência da Microsoft que surgiu a confirmação de que Dark Souls III é uma realidade. De acordo com o trailer, em baixo apresentado, o lançamento deste agora tão antecipado título a cargo da FromSoftware está previsto para o início de 2016. Ainda bem que chega no próximo ano, para que possamos desfrutar tranquilamente da já prometida expansão de Bloodborne que chegará algures neste ano.

A presença de Hidetaka Myazaki está já confirmada e continuando a tradição da série Dark Souls, este título, ficará disponível para as consolas desta nova geração (PS4 e Xbox One) e PC. Ainda nada se sabe sobre a data de lançamento para as respectivas plataformas.

Mais palavras para quê, fiquem com o trailer, para mais informações não se esqueçam de continuar a acompanhar o WASD, pois assim que tivermos mais novidades vamos partilhá-las todas convosco. Consultem também o site oficial de Dark Souls 3 onde se podem inscrever na Newsletter e receber todas as novidades que forem sendo anunciadas.

Novo modelo da Xbox One já com o Comando revisto

Já vos revelámos que a Microsoft vai lançar um novo controlador para a Xbox One. A princípio não passava de um rumor, agora é mesmo oficial. Apesar da nova consola ter um novo disco-rígido interno de 1 TB e um novo acessório a estrear, é mesmo esse comando o verdadeiro destaque.

Que novidade há neste novo “gamepad”? Como já revelámos, terá um pequeno mas importante, retrocesso de design. Como os comandos da Xbox 360, terá uma tomada directa de áudio Jack de 3.5mm com três pistas para uso de auscultadores com ou sem microfone. Se bem se recordam, os actuais comandos possuem uma tomada proprietária (que ainda está presente neste comando) que obriga a aquisição de um adaptador para uso de fichas tipo Jack. Esta característica também obrigava os fabricantes a produzir os encaixes específicos dessa tomada proprietária. Agora, tudo isto passa a ser simplificado com a inclusão desta tomada directa de áudio opcional.

Mas há mais neste novo comando. A nova entrada de Jack permite o uso de botões de ajuste de volume (alguns headsets possuem) ou podem instalar na mesma o tal adaptador do actual comando que tem os botões de ajuste de volume. Os tradicionais “bumpers” frontais foram também revistos, sendo agora mais fácil pressionar em toda a superfície, facilitando o seu uso. É, ainda, possível actualizar o firmware do comando via wireless sem necessidade de ligar o tradicional cabo USB.

Além do comando, como já dissemos, o novo modelo da consola Xbox One tem uma maior capacidade com um disco de 1 TB, o dobro das actuais consolas no mercado. Também um novo adaptador Wireless estará brevemente no mercado, permitindo, por exemplo, jogar no PC sem ligações via web ou LAN. Este adaptador, no entanto, só funcionará, por agora, no Windows 10.

A nova consola e comando Xbox One, chegará a Portugal ainda durante este mês a nível mundial e por cá numa data a assinalar pela Microsoft Portugal. Quanto ao adaptador Wireless, só lá para o Outono.

Capcom apresenta a Mega Man Legacy Collection

De acordo com a Capcom, os jogadores, principalmente os fãs da icónica série Mega Man vão poder reviver as primeiras 6 aventuras do herói azul. Esta colecção terá como nome Legacy Collection e será lançada para as consolas da actual geração, para o PC e eventualmente para  a 3DS.

Como complemento, esta colecção irá contar também com alguns extras como um Challenge Mode e uma colecção de arte conceptual que certamente irá fazer as delícias de muitos fãs. A promessa é que tanto no PC, como nas consolas, estes jogos corram a 1080p. Esta colecção será lançada no Verão deste ano, mas os jogadores da 3DS só poderão contar com ela, algures no Inverno. O preço rondará os 15€.

 

Erro irónico impede alguns de jogar Witcher 3 na Xbox One

Já temos vindo a falar da postura quase mercenária que a CD Projekt RED adoptou em relação a algumas soluções da indústria. O problema que os jogadores da Xbox One estão a enfrentar ao serem impedidos de jogar The Witcher 3: Wild Hunt, porém, tem a ver exactamente com essa polémica batalha que a empresa tem vindo a travar.

A produtora Polaca tem vindo a apontar dedos a algumas opções tecnológicas que outros meios tem vindo a apostar. Além dos conteúdos extras descarregáveis (vulgo DLC), tornados gratuitos pela CD Projekt RED (CDPR), num activismo bem vindo pela comunidade, também a protecção via DRM tem vindo a ser criticada pela empresa.

O que é isso de DRM ou Digital Rights Management (Gestão de Direitos Digitais)? Se já usam ou compram jogos digitais em plataformas como Sony Entertainment Network (antiga PSN), Xbox Live, Steam, Origin, Uplay, Battle.net, entre outras, já devem ter sentido os seus efeitos. Basicamente, é uma protecção digital dos conteúdos, via plataforma ou software proprietário da editora, produtora ou distribuidora, de forma a proteger os videojogos ou conteúdos nas suas plataformas, impedindo a cópia pirata, a partilha entre utilizadores ou modificação de ficheiros através de assinaturas e licenças digitais. Num segundo papel, o DRM também pode impedir a execução, visualização e até impressão de conteúdo. Tudo isto em jogos ou programas por download (digitais), mas alguns jogos de formato físico (DVD/Blu-Ray) já adoptam algumas medidas que obrigam a uma ligação à internet ou instalação suportada por plataformas online, sujeitas a DRM.

Acontece que, como a CDPR, há muita gente contra este conceito de protecção digital, pelo simples facto de inibir uma série de operações normais, algumas inocentes, como ter um jogo a correr em dois PCs que tenhamos lá em casa ou obrigar a registo online para instalação ou até sempre que queremos jogar. Numa medida inovadora e contra a tendência da indústria, a produtora da série The Witcher criou a sua própria plataforma de videojogos, chamada GOG.com, que vende e gere jogos sem qualquer DRM.

Desde o início da semana que diversos jogadores de Xbox One têm vindo a ter dificuldades a entrar no jogo The Witcher 3. A princípio, pensou-se que se tratava de um erro da Xbox Live, mas o serviço esteve sempre online, sem informação de quebras. O próprio apoio da Xbox Live informou que o erro não estava no lado da rede, mas no jogo em si… ironicamente, num erro na licença de DRM.

Esta é uma espada de dois gumes. Ou a CDPR foi alvo concreto, por ter criticado o sistema e acabou vítima da sua própria crítica, ou, então, tem razão e viu na pele um dos efeitos nefastos do software de DRM da Microsoft. Isto porque, no caso do jogo The Witcher 3, um jogo da produção da CDPR, foi a própria Microsoft que impôs essas protecções.

Seja como for, ainda não há correcção para o erro 0x87de2726, que está nas mãos da Microsoft para resolver (sem data prevista de resolução ainda). Este erro só surge a quem possua a versão digital do jogo, logo, quem comprou a caixa, está safo (até ver). O erro, ao que parece, está num erro de autenticação da licença do jogo, entrando em conflito com o software DRM.

Ironias à parte, Witcher 3 não é o primeiro jogo a ter problemas com DRM no Xbox Live. Diversos utilizadores tiveram problemas similares há uns meses com o jogo FarCry 4 na versão digital da Xbox One.

Quem tem razão afinal? Será que o DRM é uma corda estraguladora que quando não funciona, como neste caso, prejudica o cliente? Ou será uma boa forma de proteger direitos de autor e beneficiar quem compra cópias legítimas? Que a discussão comece!

Novo comando Xbox One a caminho?

Não passa, para já, de um rumor, mas parece que a Microsoft vai lançar um novo comando para Xbox One que remove o famigerado interface para auscultadores que obriga a adquirir um interface específico. Já há até imagens do novo comando que, de aspecto, tem muito pouco de diferente.

O rumor começou a circular quando apareceu um novo texto na página relativa aos comandos Xbox One. Esse texto, agora alterado, tinha uma chamada para um “número 16” cuja descrição falava de uma “entrada de jack de 3.5mm”, apenas disponíveis em controlos lançados depois de Junho de 2015.

Recordamos que os comandos Xbox 360 já tinham esta solução de apenas uma entrada jack de 3.5mm de pista tripla para ligar auscultadores com ou sem microfone. Até mesmo a rival Playstation 4 foi lançada com esta prática solução. Os comandos XBO actuais, não só possuem um módulo próprio de interface para os auscultadores como, se quiserem usar os lá de casa, só mesmo comprando um conversor à parte para funcionar com jacks normais. Este módulo também obriga a regulares actualizações de Hardware do comando para funcionar correctamente.

Este é, então, um retrocesso de design bem vindo, no nosso ponto de vista. Obrigará, no entanto, a coexistência de dois tipos de comando no mercado. Tenham atenção à caixa (em cima, o modelo camuflado, notem o texto descritivo com a indicação da entrada jack) e ao possível preço diferente da versão actual. Para já, não há indicação desse preço ou sequer de disponibilidade. Esperamos nos próximos dias ter mais informação ou confirmação da Microsoft.

Capcom apresenta: Resident Evil Zero HD Remaster

Foi anunciado num evento no japão que será no início de 2016 que chega ás nossas salas a versão remasterizada de Resident Evil Zero. A prequela da aclamada série de Survival-Horror, foi polemicamente lançada em exclusivo para a Gamecube, tendo posteriormente sofrido um port para a Nintendo Wii. Apesar de tudo isto, este é talvez um dos títulos da série menos jogados pelos fãs.

É precisamente isso que a versão Resident Evil Zero HD Remaster vem corrigir ao ser anunciada para a PS3, PS4, Xbox One, Xbox 360 e PC. Agora não vão haver desculpas para não jogarem a esta entrada (bem pertinente, diga-se) na série Resident Evil. Chega, como disse, no  início de 2016 mas antes… Uma mensagem dos produtores:

Actualização de Maio da Xbox One

Já está disponível a actualização de Maio para a consola Xbox One. Esta actualização traz a capacidade de trocar mensagens de voz entre utilizadores da XB1 e X360 e algumas interacções com o Smartglass. Temos mais detalhes com a lista completa de actualizações.

Mensagens de voz – Enviar e receber mensagens de voz pela App da Xbox One e da Xbox 360. Basta aceder à zona dos amigos e deixar mensagem de voz, tipo voicemail ou no meu rápido com dois simples cliques no botão Xbox.

Ligar ou desligar a consola via SmartGlass – O aplicativo Xbox One SmartGlass para Windows, iOS e Android foi actualizado e permite agora ligar ou desligar a XB1 que estiverem na mesma rede da consola.

Opção Energética Personalizável – A personalização da opção energética entre “Instant-on” ou “Energy-saving” está agora disponível no setup inicial da consola.

Servidores dedicados para o Chat em grupo – Já disponível na actualização de Abril, a disponibilidade de servidores dedicados está a ser expandida para mais utilizadores, além dos membros do programa Preview.

Fonte: Larry Hryb – Major Nelson Blog

Abram alas, a beta de The Elder Scrolls Online para as consolas começa já amanhã

The Elder Scrolls Online, até agora apenas disponível para PC está agora a preparar a sua chegada à Playstation 4 e Xbox One no dia 9 de Junho. O nome deste novo formato, que não requer quaisquer mensalidades depois da aquisição do jogo (esta, claro, ainda é paga), terá como nome The Elder Scrolls Online: Tamriel Unlimited e vai abranger todo o conteúdo lançado até agora para a versão de PC.

Mas antes do lançamento, há tempo ainda para a fase beta que arranca já amanhã e que termina no dia 27 de Abril. Se já se tinham inscrito para participar, verifiquem o vosso email pois já começaram a ser enviados os convites para os participantes. Além disso, convém perder algum tempo a garantir que a vossa consola tem espaço suficiente para receber esta pesada versão de The Elder Scrolls Online. De acordo com a ZeniMax Online Studios o client do jogo ocupará mais do que um Blu-ray de 50 GBs e logo no primeiro dia será lançada uma patch de cerca de 15 GBs. Pelo sim, pelo não, assegurem no mínimo 65 GBs livres na vossa consola! Para mais informações vejam aqui o que foi transmitido pela ZeniMax.

A pincipal recomendação é que os jogadores comecem a efectuar o Download assim que este vos ficar disponível, o que faz perfeito sentido. Esforcem-se por fazê-lo porque de outra forma, aquele que pode ser um fim-de-semana bem divertido, pode revelar-se algo frustrante.

Actualização para Halo TMCC com campanha de HALO3: OSDT

Já lá vai algum desde que falámos de Halo: The Master Chief Collection e com boas razões. O jogo tem sido assolado com problemas técnicos online desde o seu lançamento, e até falámos nisso na nossa análise. A promessa da 343 Industries era de trabalho contínuo para tentar melhorar o serviço multi-jogador e, como recompensa… aí está a campanha de Halo 3: ODST e não só.

Apesar do online desta compilação de jogos para a Xbox One estar com diversos problemas (ligação, sincronização e matchmaking), muitos são os que aguardam pacientemente por uma correcção do modo multi-jogador desde o dia do seu lançamento. Para os compensar, a 343 vai adicionar um mapa multi-jogador lendário da série. O mapa Relic, estreado no jogo Halo 2, chega agora reeditado usando o mais recente motor gráfico de TMCC.

Também em Maio, chega-nos a campanha completa de Halo 3: ODST. Este spin-off the Halo 3 passa a figurar nas listas do modo carreira do jogo. Apesar de não contar com Master Chief como protagonista, a 343 decidiu incluir esta campanha como recompensa gratuita para todos os que jogam TMCC desde o seu arranque (vejam o comunicado de Dezembro). O custo para os demais jogadores ainda não foi anunciado.

Entretanto, uma nova actualização técnica já está disponível. Com 1.6GB, promete resolver alguns problemas ligação, optimização e estabilidade, além de penalizar os jogadores desistentes das sessões online. Vejam os detalhes técnicos completos desta actualização via Halo Waypoint.

Halo 5 com data de lançamento

Conforme tínhamos mencionado, um site viral “Hunt the Truth” foi criado para preparar o lançamento do jogo Halo 5: Guardians. Nesse site, noticiámos como uma data apontava para ontem Domingo dia 29 de Março, onde seriam reveladas mais novidades. Pois bem, ontem, não só recebemos dois fantásticos novos trailers “live-action” como ainda nos foi revelada a data de lançamento para este jogo!

“Os dois lados da mesma moeda”, são o mote para estes dois fantásticos vídeos. Primeiro, o lado do Commander Locke e a forma como olha para o Master Chief como o causador da destruição que o rodeia. Questiona os seus motivos, quando é aclamado pela Humanidade como o seu salvador. Por outro lado Master Chief aborda Locke como tendo comprometido “tudo” e, tendo Locke cumprido a sua missão, a de John-117 está apenas a começar. Prevê-se uma trama que coloca os dois soldados Spartan frente a frente, talvez com uma traição pelo meio ou, então, uma revelação surpresa.

Versão do Commander Locke

https://www.youtube.com/watch?v=tHQiYPiNVEE

Versão de Master Chief

https://www.youtube.com/watch?v=9rd8FWUCCZk

Qual dos dois lados sairá vencedor? Quem é o caçador e quem é o caçado? Terão de esperar mais um pouco porque Halo 5: Guardians, um exclusivo Xbox One da produtora 343 Industries, só chega no dia 27 de Outubro de 2015.

Actualização de Abril na Xbox One

Já está disponível a actualização de firmware para Abril da Xbox One, por enquanto apenas para quem tem acesso ao programa Xbox Preview. Fiquem com as principais novidades desta actualização, que deverá ficar pública no início do próximo mês.

Mensagens de voz – Agora já é possível deixar mensagens de voz gravadas na Xbox para os nossos amigos da lista de amizade, como um voicemail. Estas mensagens surgem no histórico de conversa com o amigo e podem ser ouvidas com o pressionar de um botão. Estas mensagens podem ser trocadas entre Xbox One e Xbox 360.

Atualizações de chat de grupo – Ajudas para dificuldades em entrar em conversas de grupo, ajuste do microfone de headset ou do Kinect, privacidade, etc, são agora disponibilizadas. Também servidores dedicados para o chat estão disponíveis, de modo a ajudar quem teve dificuldades de acesso no passado, devido a restrições de routers, por exemplo.

Hiperligação do hub do jogo – Um menu central relativo ao jogo seleccionado pode agora ser acedido, bastando abri-lo a partir do feed e depois seleccionar a imagem do mesmo. 

Notificações de AchievementsAgora, todos os achievements (conquistas) ganhos terão uma linha de notificação com uma breve descrição do que foi conseguido. Já não é preciso visualizar o achievement para ver a descrição, portanto.

No início do mês de Abril, numa data a definir, quando ligarem a vossa Xbox One, serão notificados para efectuar esta actualização gratuita.

O que tem para oferecer a Devil May Cry 4 Special Edition?

A Devil May Cry 4 Special Edition vai estilhaçar o nosso PC, PS4 ou Xbox One ainda no verão deste ano. Num misto de remake com remasterização, nesta nova versão vamos poder contar com um total de 5 personagens jogáveis entre as quais as novidades são Virgil, Lady e Trish. Além disso, contem também com um maior leque de fatos, agora devidamente compatíveis com as cinemáticas do jogo, um novo modo chamado Legendary Dark Knight e uma jogabilidade bem mais refinada.

Neste verão, preparem-se para empunhar novamente as vossas armas de eleição, agora a 1080p e, claro, a 60 frames por segundo. As novidades prometem não ficar por aqui e nós cá estaremos para falar delas!

 

Actualização de Março da Xbox One disponível

Já está disponível a actualização de Março para a consola Xbox One. A grande novidade que já tínhamos antecipado é a nova capacidade de captura de imagens paradas (screenshots) e partilha das mesmas, até agora impossível na consola. Mas há mais novidades nesta actualização que está já disponível para download gratuito na consola da Microsoft.

Da próxima vez que ligarem a vossa Xbox One irão receber a informação que há uma nova actualização de firmware para descarregar e instalar. Depois de o fazer, irão passar a ter a versão de software mais recente que adiciona:

Screenshots – Funcionalidade para tirar imagens tanto dos jogos como em aplicações com um simples toque duplo no botão Xbox e capturar a imagem usando o botão Y. Também é possível fazer tudo isto com comandos de voz Kinect.

Aplicação Upload – Já podem enviar as imagens capturadas através desta aplicação. Também podem colocar as imagens capturadas como fundo do menu da consola e partilhar as imagens no vosso feed da Xbox Live ou no Twitter.

Sugestão de amigos – Agora passarão a receber sugestões de amigos que o sistema compatibilize que os vossos hábitos de jogo, região, etc.

Partilhar Nome Real – Além das Gamertags agora também podem partilhar o vosso nome real com a vossa lista de amigos.

Chat da Party melhorado – Um novo ícone para verificar o estado do microfone e se está a usar o microfone embuto no Kinect ou um headset.

Transparência do Menu – Agora já é possível adicionar transparência nos “tiles” do menu para podermos ver melhor a imagem do fundo que coloquemos.

Privacidade na pesquisa por voz – Apenas quem usa o comando de pesquisa por voz do Kinect terá esta opção para tornar privados os dados destas pesquisas usando o Bing ou a Xboxa para pesquisas online.

Reportar spam – A aplicação de mensagens possui agora uma opção para reportar spam ao Xbox Live.

Fonte: Larry Hryb – Major Nelson Blog

Últimas notícias

Últimas análises