WASD

3 Jogos da Década, de acordo com o WASD

É verdade, 2019 foi o último ano de uma década cheia de jogos fantásticos. Como não podíamos passar esta data sem uma reflexão, reunimo-nos e falámos daquele jogo que nos marcou nestes últimos 10 anos. E estes são Os Três Jogos da Década para nós.

Top 10 – Títulos Mais Esperados de 2020

O ano de 2020 promete. Se for igual a 2019, devemos ter grandes jogos para nos complicar o trabalho, já de si difícil, de escolher os melhores do ano. Entre alguns anúncios já feitos, encontrámos alguns jogos que achamos serem os grandes destaques de 2020.

Boas Festas do WASD

A todos os nossos leitores, visitantes, amigos e família, umas óptimas Festas e um ano 2020 cheio de saúde, boas surpresas e ainda melhores jogos.

A vida é bem mais um conjunto de “Game Overs”, é uma aventura na primeira pessoa em que a verdadeira recompensa está em cada novo nível desbloqueado.

 

Jogos do Ano 2019 para o WASD

Este ano de 2019 foi realmente excelente em termos de lançamentos de videojogos. Tivemos de tudo um pouco, entre grandes títulos de acção, aventura, role play e até de estratégia, entre novidades e grandes regressos.  E estas foram as nossas escolhas aqui na ecléctica redacção do WASD.

Black Friday – As melhores promoções

Embora a lendária Black Friday só aconteça por tradição na sexta-feira seguinte ao Dia de Acção de Graças (Thanksgiving), toda essa semana costuma ser repleta de promoções especiais. E para vos ajudar, o WASD destaca algumas das principais no gaming.

Hoje celebramos o nosso 9º aniversário!

Nove anos… Já lá vão nove anos desde que iniciámos esta aventura de escrever sobre jogos, sem nunca esperar a dimensão que poderíamos vir a atingir. Graças a todos vocês, hoje temos um site visitado diariamente por milhares de pessoas, o que nos dá uma excelente sensação de recompensa por todo o nosso trabalho. Trabalho esse que fazemos com tanto gosto para todos vocês.

Acompanhem as novidades da Gamescom 2019

0

Como já tem vindo a ser habitual, o WASD está a fazer a cobertura das principais novidades vindas de Colónia, na Alemanha, na edição deste ano da Gamescom, a maior convenção de videojogos da Europa. E, como também é habitual, temos um espaço reservado para isso.

Todas as novidades da E3 2019

Foram dias de muitas informações e algumas novidades interessantes nas conferências e apresentações desta Electronic Entertainment Expo 2019. Como é habitual, o WASD efectuou uma cobertura extensa e tem todas as novidades centradas num só espaço.

Boas Festas e Óptimo 2019 com o WASD

Porque esta Quadra é sobretudo para estarmos com a família e amigos, desejamos um Feliz Natal e Próspero Ano Novo a todos os nossos visitantes, parceiros, amigos e colaboradores. Que tenham todos os jogos e consolas que mais queriam na árvore e que em 2019 subam de nível nos vossos jogos preferidos.

São os votos da equipa do WASD. Até para o ano!

Jogos do Ano para o WASD – Edição 2018

Todos os anos escolhemos os títulos que mais se destacaram nos diversos géneros ou que, de alguma forma, nos marcaram. No ano passado, a nossa escolha até foi consensual mas, por causa da qualidade dos jogos deste ano a decisão em algumas categorias foi bastante difícil. Estes foram os resultados.

Assistam aqui aos The Game Awards 2018

2018 foi um ano fantástico para esta indústria dos videojogos. Por esta altura, muitos fazem o seu balanço anual, mas há um evento que todos querem acompanhar: os The Game Awards. Como não queremos que percam este evento, ajudamos a assistir.

8 anos de videojogos com vocês

Em Novembro de 2010 dávamos os primeiros passos neste projecto independente, cheios de vontade para deixar uma pegada digital nesta mundo dos videojogos. Oito anos depois, a marca WASD é mais reconhecida do que nós alguma vez pudéssemos imaginar.

Os Jogos do Ano de 2017 para o WASD

Que ano foi este, repleto de videojogos de elevada qualidade e com imensas novidades e surpresas. 2017 trouxe-nos êxitos fantásticos, com as consolas PS4 Pro, Xbox One X e Nintendo Switch tiveram um ano em grande com grandes jogos e o PC não ficou atrás.

Boas Festas do WASD!

A redacção do WASD deseja a todos os leitores, colaboradores, distribuidores, editores, produtores, colegas e entusiastas desta indústria um Feliz Natal na companhia da sua família e um 2018 cheio de jogos.

 

7 anos de WASD

Custa acreditar mas, neste mês o WASD comemora o seu 7º aniversário! São sete anos de muitos jogos em que, pelo meio, assistimos ao nascer de uma nova geração de plataformas e aos primeiros passos da Realidade Virtual e dos jogos em 4K. 

Jogos do Ano para o WASD

No último dia do ano, os nossos redactores estiveram reunidos para falar dos melhores jogos de 2016. As suas escolhas foram realmente diferentes e com base nas suas experiências e preferências. Contudo, até há alguns consensos quanto aos jogos do ano.

Boas Festas cheias de jogos, votos do WASD

É aquela altura do ano em que já estamos concentrados na celebrações do Natal. Por isso mesmo, as notícias e actividades aqui no WASD sofrem um abrandamento, que é também sentido em toda a indústria.

A redacção do WASD aproveita para desejar-vos um óptimo Natal aos nossos visitantes, parceiros, apoiantes, colaboradores, familiares e amigos, com tudo o que desejam debaixo da árvore. Sobretudo se for relacionado com este nosso hobby favorito. Esperamos que se divirtam neste fim de semana e encontramo-nos aqui na próxima semana!

[Passatempo Encerrado] Vem connosco à Lisboa Games Week 2016

Como Parceiro Media da Lisboa Games Week deste ano, o WASD tem bilhetes gratuitos para vos oferecer para este evento, sem dúvida o mais importante ao nível de videojogos a decorrer em Portugal. Queres vir connosco à LGW? Então sabe como ganhar um destes ingressos!

WASD celebra 6º Aniversário

São seis anos de jogos, novas experiências e de afirmação. Há seis anos atrás, no dia 1 de Novembro, nascia o WASD como um projecto independente e cheio de vontade para entrar pelo mundo dos videojogos. 

[Actualizado] O WASD patrocina equipa profissional de jogos de tabuleiro

Com comando ou não, somos todos gamers! Este ano o WASD vai entrar num novo rumo com o patrocínio da Lisbon Renegade Fraggers, a nova equipa profissional de jogos de tabuleiro.  

Bem vindos ao WASD 2016

É com muito orgulho que vos apresentamos o nosso novo website. Esta nova versão de 2016 do WASD é, ao mesmo tempo, um fechar de ciclo e o início de outro com um novo rumo para a equipa. Venham connosco conhecer os cantos à nova casa do WASD 5.0.

WASD Podcast #4

Num novo formato em que estamos a prepara os Livestreams e Podcasts ao vivo, agradecemos os votos dos nossos fãs, fomos até á Wasteland e passámos por uma Galáxia muito, muito distante neste mais recente Podcast do WASD.
Notem que nenhuma mão foi cortada e não estamos com demasiada radiação. 

[Passatempo Encerrado] Passatempo WASD 5 Anos – Semana PlayStation

Para celebrar o nosso 5º aniversário, vamos ter uma série de passatempos a decorrer nas próximas semanas. Nesta primeira semana, dedicamos o nosso passatempo à PlayStation. Não percas mais tempo, responde às perguntas e candidata-te a receber um dos jogos PlayStation 4 que temos para oferecer. 

[Passatempo Encerrado] Vem connosco à Lisboa Games Week 2015

Como Parceiro Media da Lisboa Games Week deste ano, o WASD tem bilhetes gratuitos para vos oferecer para este evento, sem dúvida o mais importante ao nível de videojogos a decorrer em Portugal. Queres vir connosco à LGW? Então sabe como ganhar um destes bilhetes!

Actualização com os vencedores do passatempo

Depois de diversas participações, algumas bem divertidas, tivemos a árdua tarefa de escolher dois vencedores Parabéns aos dois sortudos que vão connosco à Lisboa Games Week.

O Pedro Sousa falou-nos de como se sente num evento deste género. Como o “coração bate depressa, os músculos contraem-se, a respiração torna-se cada vez mais ofegante…” E depois falou-nos de como quer  ouvir o “roncar dos motores do Forza Motorsport 6”. Não sabemos se vais conseguir ouvir os roncos, mas vens connosco à FIL amanhã para ver como é.

Já o Rodrigo Esteves disse que precisava de um Canalizador. Mas não quer um qualquer, quer o Mário, isto apesar de lhe ter pregado umas partidas. Conta o Rogrigo que o “fulano fugiu-me de kart, escorreguei numa banana, bati com a cabeça e acordei no pipe mania”. Tudo acabou “bem” quando “depois veio uma bola amarela e comeu-me!”. Esperemos que o Pac-Man tenha recuperado da indigestão. Amanhã vemos-te lá.

Os vencedores já foram contactados através dos respectivos emails. Amanhã começa a LGW2015. Esperamos por vocês por lá!

Passatempo Original (Encerrado)

Gamer que é gamer, não vai perder a Lisboa Games Week deste ano. Com muitos expositores e eventos programados, prevê-se uma grande feira de videojogos. Queres vir connosco até à FIL de Lisboa no próximo dia 5 ou 6 de Novembro? Então habilita-te a ganhar uma das duas entradas livres que temos para oferecer.

O que queremos? Que nos enviem um texto com pelo menos 150 palavras a explicar-nos porque devem ir connosco à LGW 2015. Mas não pode ser um texto qualquer. Tem de ser um texto rico em pormenores e bem escrito. A pessoa mais criativa e com mais inspiração, que nos consiga mesmo transmitir o que é ser um gamer, entra connosco e terá acesso ao espaço no primeiro ou segundo dia do evento.

O passatempo decorre de 26 de Outubro a 4 de Novembro de 2015 e todos os textos devem ser enviados para o email passatempo@wasd.pt com o título “Passatempo LGW2015”. As duas melhores mensagens e os seus autores serão depois anunciados no site do WASD.

1º Prémio – Entrada gratuita no espaço da LGW 2015 para dia 5 ou 6 de Novembro.
2º Prémio – Entrada gratuita no espaço da LGW 2015 para dia 5 ou 6 de Novembro.

Termos e Condições do Passatempo LGW2015

  • Este passatempo está aberto a todos, sem limite de idade.
  • Apenas serão aceites participações dentro de Portugal Continental e Ilhas Portuguesas.
  • Para participar no sorteio terão de enviar um email com a participação para o endereço passatempo@wasd.pt com o título “Passatempo LGW2015”.
  • A mensagem terá de ser uma história original e completa com pelo menos 150 palavras a justificar porque deve ser o participante o merecedor do bilhete.
  • Só serão aceites participações completas e não copiadas ou plagiadas.
  • Os dois vencedores serão seleccionados pelas frases mais criativas mediante votação entre os membros da equipa da redacção do WASD. A decisão é indiscutível e inalterável.
  • A data de início do passatempo é Segunda-feira, dia 26 de Outubro de 2015 e a data final para participar é Quarta-feira, dia 4 de Novembro de 2015 até ao meio-dia, 12h.
  • Só é permitida uma participação por pessoa e não se atribuirá mais do que um (1) ingresso para cada um dos dois vencedores.
  • Os ingressos apenas serão válidos para os dias 5 e 6 de Novembro, à escolha dos vencedores. Estes ingressos só podem ser usado uma vez num destes dois dias e não podem ser usados nos restantes dias do evento.
  • Os participantes vencedores terão de partilhar os seguintes dados pessoais ao WASD a fim de poderem reclamar o prémio: Nome, Idade, E-mail de contacto e número do BI ou CC. A utilização destes dados por parte do WASD terá como finalidade a verificação da veracidade das participações.
  • Os vencedores serão notificados através de email, a partir do dia 4 de Novembro de 2015.
  • A participação da mesma pessoa a partir de várias contas de email eliminará imediatamente a validade da participação no passatempo.
  • Não podem participar elementos da equipa da redacção do WASD.
  • Todos os participantes aceitam os termos e condições acima descritos.

WASD Celebra o seu 5º Aniversário

1

Há cinco anos atrás nascia um projecto. Com quatro teclas icónicas de um teclado, o WASD nasceu com uma ambição de ser um site de videojogos de jogadores para jogadores. Neste quinto aniversário, olhamos para trás e vemos que valeu muito bem a pena.

WASD Podcast #2

Para o segundo Podcast, viajamos até terras alentejanas para discutir os mais variados assuntos do mundo do gaming e respondermos às vossas perguntas. Falámos do 20º aniversário da PlayStation, do final de Metal Gear Solid V: The Phantom Pain sem qualquer tipo de spoilers, da eterna discussão entre PES e FIFA. Ainda houve tempo para outros temas que nos deixaram à conversa durante uma hora. Juntem-se a nós e não se esqueçam de fazer as vossas perguntas.

Projecto Orion recebe primeiro upgrade

Porque a plataforma está permanentemente a evoluir, queremos dar-vos a conhecer o trabalho em volta do nosso Projecto Orion. Desta feita, aproveitando o facto da máquina ter sofrido alterações significativas com o upgrade de software que fizemos para o Windows 10, adquirimos também o primeiro upgrade de Hardware.

WASD Podcast #1

No primeiro podcast resolvemos uma dúvida pertinente: diz-se “Uásde” ou W A S D?
Falámos do Windows 10 e da nossa experiência até agora. Discutimos os jogos do momento e vimos os que vão sair até ao final do ano. O Filipe ainda nos deu uma pequena ideia de como foi a apresentação de Until Dawn à imprensa.

Juntem-se a nós e não percam um bom momento de conversa e descontração.
Voltamos daqui a um mês.

Quid hoc forum?

0

Na antiga Grécia, as Ágoras eram espaços de reunião, de reflexão e de partilha de opinião. Anos mais tarde, os Romanos, sempre a plagiar o estilo de vida Grego, deram o nome de Fóruns a espaços semelhantes. Ainda mais tarde, a Internet, tornou-se um fórum muito diferente, onde os assuntos tratados vão desde a guerra ao terrorismo, até à melhor fotografia do prato do almoço de ontem.

Lei da Cópia Privada – Assumamos que somos todos piratas…

0

Não é só uma forma de pensar, o título acima. É mesmo essa a premissa que dá lugar à Lei da Cópia Privada que entrou em vigor no passado dia 6 de Junho de 2015. O que é que esta Lei muda, onde nos toca como jogadores e consumidores de equipamento informático? Vamos falar sobre isso.

Todos os equipamentos de armazenamento electrónico, sejam eles discos-rígidos de computador, flash drives, cartões de memória ou qualquer outro equipamento de gravação ou armazenamento, até mesmo impressoras ou fotocopiadoras passarão, a partir de agora, a acrescer de uma taxa cujo tecto máximo pode atingir os 20€ por unidade.

O que está em causa é um projecto-Lei que entrou no Diário da República há 30 dias e que já tinha sido vetado pelo Presidente da República em Março deste ano. Mas uma vez que voltou a ser reintegrado pela maioria PSD/CDS em Maio, obrigou o Presidente a promulgar a Lei, apesar do seu veto. Esta nova Lei obriga, então, que todos os equipamentos electrónicos que tenham capacidade para armazenar e reproduzir dados, filmes, fotografias, músicas, software e, claro… jogos, tenham os seguintes valores acrescidos ao seu preço:

Aparelhos, equipamentos e instrumentos técnicos de reprodução:

  • Equipamentos multifunções ou fotocopiadoras jacto de tinta – € 5/unidade;
  • Equipamentos multifunções ou fotocopiadoras laser: Até 40 páginas por minuto – € 10/unidade;  Mais de 40 páginas por minuto – € 20/unidade;
  • Scanners e outros equipamentos destinados apenas à digitalização – € 2/unidade;
  • Impressoras jacto de tinta – € 2,5/unidade;
  • Impressoras laser – € 7,5/unidade.

Aparelhos, dispositivos e suportes:

  • Gravadores de áudio – € 0,20 /unidade;
  • Gravadores de vídeo – € 0,20/unidade.
  • Gravadores de discos compactos específicos (CD) – € 1/unidade;
  • Gravadores de discos versáteis (DVD) – € 2/unidade;
  • Gravadores mistos de discos compactos (CD e DVD) – € 3/unidade;
  • Gravadores de discos Blu-ray – € 3/unidade.
  • Suportes materiais analógicos, como cassetes áudio ou similares – € 0,10/unidade;
  • Discos compactos (CD) não regraváveis – € 0,05/unidade;
  • Discos compactos de 8 centímetros – € 0,05/unidade;
  • Discos de formato «Minidisc» – € 0,05/unidade;
  • Discos compactos regraváveis (CD-RW) – € 0,10/unidade;
  • Discos versáteis não regraváveis (DVD-R) – € 0,10/unidade;
  • Discos versáteis regraváveis (DVD-RW) – € 0,20/unidade;
  • Discos versáteis RAM (DVD-RAM) – € 0,20/unidade;
  • Discos Blu-ray – € 0,20/unidade;
  • Memórias USB – € 0,016 por cada GB de capacidade de armazenamento ou fração, com o limite de € 7,5;
  • Cartões de memória – € 0,016 por cada GB de capacidade de armazenamento ou fração, com o limite de € 7,5;
  • Memórias e discos rígidos integrados em aparelhos com funções de cópia de fonogramas e/ou videogramas – € 0,016 por cada GB de capacidade ou fração, com o limite de €15;
  • Suportes ou dispositivos de armazenamento, como discos externos denominados «multimédia» ou outros que disponham de uma ou mais saídas ou entradas de áudio e vídeo e que permitam o registo de sons e ou imagens animadas – € 0,016 por cada GB de capacidade de armazenamento ou fração, com o limite de €15;
  • Memórias e discos rígidos integrados em aparelhos com função de televisor e em aparelhos que assegurem o interface entre o sinal de televisão e o televisor, incluindo os descodificadores ou aparelhos de acesso a serviços de televisão por subscrição, que permitam armazenar sons e imagens animadas – € 0,016 por cada GB de capacidade ou fração, com o limite de €15;
  • Memórias ou discos rígidos integrados em computadores que não se incluam na alínea anterior – € 0,004 por cada GB de capacidade ou fração, com o limite de €7,5;
  • Discos rígidos internos ou externos que dependam de um computador ou de outros equipamentos ou aparelhos para desempenhar a função de reprodução e que permitam o armazenamento de imagens animadas e sons – €0,004 por cada GB de capacidade ou fração, com o limite de €7,5;
  • Memórias e discos rígidos integrados em aparelhos dedicados à reprodução, leitura e armazenamento de fonogramas, quaisquer obras musicais e outros conteúdos sonoros em formato comprimido – € 0,20 por cada GB de capacidade de arrmazenamento ou fração, com o limite de €15;
  • Memórias e discos rígidos integrados em telefones móveis que permitam armazenar, ouvir obras musicais e ver obras audiovisuais – €0,12 por cada GB de capacidade de armazenamento ou fração, com o limite de €15;
  • Memórias ou discos rígidos integrados em aparelhos tablets multimédia que disponham de ecrãs tácteis e permitam armazenar obras musicais e audiovisuais – €0,12 por cada GB de capacidade de armazenamento ou fração, com o limite de €15.

Tabela: Exame Informática

Mas o que está por detrás desta polémica Lei? Segundo a Secretaria de Estado da Cultura, esta nova medida que obriga ao encarecimento dos produtos, visa “aumentar a autossustentabilidade do sector cultural, estimular o investimento na criatividade e inovação, assegurar a difusão e defesa do direito de autor e dos direitos conexos e promover a empregabilidade no sector cultural e criativo”. Palavras interessantes para justificar uma Lei que apenas possui uma premissa: Assumir que cada Português é obrigado a contribuir para a sustentabilidade dos projectos de artistas e criadores, além de “assegurar a defesa dos direitos de autor” por pagar aos tais autores um valor médio pela pirataria que o Estado assume que cada cidadão que consome estes equipamentos potencialmente comete.

Os montantes resultantes da cobrança dos valores desta Lei são geridos pela Associação para a Gestão da Cópia Privada (AGECOP) e “distribuídas” pelos autores. O que é que isto quer dizer? Não é claro. Assumamos que será um subsídio oferecido a quem é detentor de algum direito de autor. O que se sabe é que ficam isentos os “fotógrafos, designers, arquitectos ou engenheiros, assim como profissões artísticas devidamente enquadradas pelo código de “actividade económica” ou que se dediquem à “salvaguarda do património cultural móvel” ou ao “apoio a pessoas com deficiência”.

Então e o que dizer das actuais Leis de protecção de direitos de autor, anti-pirataria e outras medidas semelhantes? Já não parecem fazer grande sentido aos olhos da Constituição Portuguesa, uma vez que já pagámos uma taxa pela “nossa potencial prevaricação”. Haverá ainda base legal para acusar judicialmente quem pirateia software ou outros formatos, agora que todos pagamos antecipadamente, mesmo sem o fazer necessariamente? É algo que teremos de ver num dos próximos processos judiciais que venham a surgir.

Aqui para nós, jogadores e consumidores, tudo isto tem um só significado: Vamos pagar mais pelas coisas, como uma “compensação cultural” que, na verdade, age como uma multa pela pirataria avulsa, que o Estado assume, por defeito, que todos fazemos. Em termos simplistas, é como exigirem que paguem uma parte de multas de estacionamento que nunca foram cobradas na vossa rua, no dia em que compram o vosso primeiro automóvel.

Claro está que esta medida tem já uma reacção directa: A compra destes produtos, todos… no estrangeiro. Apesar das taxas não aumentarem muito os valores finais dos produtos, é óbvio que muita gente está a preparar a compra destes equipamentos electrónicos na União Europeia, mesmo que agora o nosso simpático IVA tenha de ser pago na íntegra nestes países. Já muita gente o faz, agora há só mais um pretexto para as lojas Portuguesas venderem menos. Como se tivéssemos muito consumo interno nesta conjectura.

Outro efeito negativo desta Lei é que a Pirataria não acaba com estas medidas. Pelo contrário, se os custos dos produtos aumentam, por exemplo no caso de videojogos ou filmes em formato DVD, o custo de vida, afinal o grande causador da cópia ilegítima, acabará por ditar um potencial aumento na procura de produtos pirateados. Isto faz com que toda esta medida possa ser considerada como contraproducente.

Thrustmaster

Últimas notícias