Xbox One tem queda nas vendas, Microsoft alega “fadiga”

212

O relatório financeiro corta quase metade nas receitas do hardware.

Agora que a próxima geração de consolas está no horizonte e há sinais do PC está a tornar-se mais dominador, as consolas da actual geração parecem em declínio. A marca Xbox é a que tem acusado o maior desgaste, com quase metade das vendas neste ano fiscal.

Os dados vieram do relatório financeiro da Microsoft, em que a marca Xbox regista uma queda nas receitas da Xbox One para o quarto trimestre de 2019, em comparação com o ano anterior. No caso do software, ou seja, jogos e serviços, a queda é na ordem dos 10% nas receitas, mas a maior quebra vem do hardware, com as consolas Xbox One a perderem cerca de 48% das receitas.

Esta situação, segundo a Microsoft, deve-se ao número mais reduzidos de consolas e equipamento vendidos, por causa de uma “fadiga na actual geração”, relacionada, segundo a empresa, com uma “extensão da vida útil” das consolas. Contudo, recordamos que esta situação surge muito por causa da própria estratégia das marcas, com os vários modelos de consolas lançadas (XB1 S, XB1 X e a mais recente XB1 S All-Digital) ao longo desta geração. Se houve extensão de vida, foi porque as marcas assim o quiseram.

Por outro lado, a marca Xbox não tem demonstrado muito poder de investimento em novos títulos exclusivos, nem sequer em IPs da sua propriedade. Assim, a concorrência está a avançar na frente, com a Sony e Nintendo a dar uma competição feroz de exclusivos e que açambarca muitos dos mercados mundiais.

Também há a questão do investimento num hardware datado. As consolas até podem ter versões mais poderosas (PS4 Pro, Xbox One X), mas o PC continua a dar saltos gigantes de tecnologia para os jogos mais recentes. Até que a próxima geração surja no algures em 2020, porém, a quebra nas vendas nesta geração será com certeza ainda maior.

Nem tudo são más notícias para a Xbox, no entanto. O serviço Xbox Live tem agora 65 milhões de utilizadores em média, com um aumento substancial adicionado por utilizadores do PC (Win10) e mobile. E estamos todos ansiosos para ver o que a Microsoft trará no próximo ano com a Xbox Scarlett.