Valve faz “downgrade silencioso” à Steam Deck

18

A escassez de componentes electrónicos, embora em aparente recuperação, é ainda uma realidade para muitos fabricantes. Talvez por isso, a Valve procurou algumas alternativas mais limitadas para a sua Steam Deck.

Contudo, o “downgrade” técnico que terá efectuado nas unidades de armazenamento interno SSD NVMe nas consolas produzidas mais recentemente, não só não foi bem documentado, como nem foi sequer anunciado oficialmente. Aliás, muitos dos recentes compradores nem notarão a alteração se não visitam regularmente a página do produto no Steam.

Mas, houve alguns atentos. Na secção de armazenamento no site do Steam Deck pode agora ler-se (traduzido de Inglês para Português):

    • SSD NVMe de 256 GB (PCIe Gen 3 x4 ou PCIe Gen 3 x2*)
    • SSD NVMe de 512 GB (PCIe Gen 3 x4 ou PCIe Gen 3 x2*)

*Alguns modelos 256GB e 512GB são enviados com um PCIe Gen 3 x2 SSD. Nos nossos testes, não vimos nenhum impacto na performance dos jogos entre x2 e x4. 

A alteração afecta tanto os modelos de 256GB, como de 512GB de armazenamento. Se encomendaram recentemente alguma destas duas versões, é bem possível que recebam a versão com downgrade, mas não há certezas, já que a pagina diz que será a x2 “ou” a x4.

Esta alteração no texto não é nova, diga-se, com alguns utilizadores a reportar que, pelo menos no final de Maio, ainda se mantinham as unidades NVMe PCIe Gen 3 x4 na lista. Notem ainda que esta alteração no texto só está visível no site em Inglês. Em Português (e noutras línguas) o texto está inalterado. Mas, esta constatação poderá não ser uma boa notícia para os estrangeiros. Pode apenas indicar que nem sequer houve preocupação de actualizar a informação noutras línguas.

 

Apesar da afirmação da Valve de que esta alteração “não afecta a performance da consola”, falta mencionar se há algum impacto nos tempos de carregamento ou nas latências. Afinal, é uma quebra para metade na velocidade total destas unidades. Tem de haver algum impacto ou redução de qualidade em alguma parte da utilização da consola.

Portanto, a única forma de saber se receberam uma versão inferior é quando receberem a consola. O que é uma atitude um tanto obscura da Valve e que deverá ainda causar alguns problemas.

Felizmente, há uma forma de confirmarem qual unidade SSD NVMe que está lá dentro. Procurem pela unidade de armazenamento interno em Steam > Definições > Armazenamento. Quando escolhem o SSD, no painel lateral, terão um código e se este terminar em “-E08”, infelizmente possuem uma unidade x2 mas, pagaram por uma unidade x4.

A Steam Deck está ainda a ser um sucesso de vendas para a Valve desde que foi lançada, a par do seu outro sucesso ao nível de Hardware, o Valve Index. Não temos visto, porém, grande furor por aí ou muitos anúncios importantes em torno da consola. Muitos jogos da biblioteca Steam já são compatíveis mas não tem sido a “revolução” que se previa.

Não tivemos oportunidade de testar a consola (não por falta de contactos com a Valve) mas não parece que a empresa tivesse muito interesse em que os sites especializados analisassem a consola, muito menos por cá. Como já dissemos, por mais que a Valve diga o contrário, tem de haver uma perda pela troca de um componente de inferior velocidade. Infelizmente, só os compradores poderão dizê-lo. O que soa muito mal.