Ubisoft pausa aposta em NFTs mas não desiste

16

Conforme já noticiámos, a Ubisoft anunciou o fim da produção de Ghost Recon: Breakpoint. Com isto, também terminou o programa Quartz neste jogo. Mas, os NFTs da Ubi continuarão… noutros jogos.

Esta situação coloca em causa o próprio projecto de criar NFTs em jogo. Se não, reparem: Ao comprar um NFT de uma peça de cosmética em jogo, supostamente, é vossa para sempre. Ora, se o suporte ao jogo termina, como fica a valorização de uma peça para um jogo extinto? Pior, quanto vale uma peça para um jogo que já ninguém (em teoria) irá jogar. Embora os servidores de Breakpoint continuem no ar (até ver), de facto a Ubi achou que era a melhor altura para suspender os NFTs em jogo no programa Quartz.

Não é possível observar o sucesso (ou a falta dele) do programa em si, uma vez que a Ubi nunca partilhou dados. Dizem os entendidos que estes “Breakpoint Digits” quase nunca apareceram em transacções nos canais de trading de NFTs. O que deixa no ar a ideia que foi um possível flop, talvez até o motivo do suporte ao jogo terminar ao fim de apenas 4 meses desde que o programa arrancou em Dezembro de 2021.

De facto, é difícil afirmar que o fim do suporte ao jogo e o fim do programa Quartz em jogo não estão associados. Assim de longe, dá a entender que a “experiência” da Ubi pegou num jogo com o seu fim já planeado, só para experimentar esta nova trend, a ver no que dava. A despesa, essa, pagaram os jogadores que, obviamente, perderão o que investiram. Especialmente quem comprou o último NFT em jogo, há cerca de três semanas.

Segundo o site GI.biz, a Ubisoft disse a quem realmente investiu nos NFTs do jogo que possuem agora “um pedaço do jogo e deixaram uma marca na sua história”. Ou seja, uma péssima recompensa “moral” para um investimento em algo que não passou de uma tentativa gorada. Convenhamos que, se a opinião geral sobre os NFTs não é muito favorável, este tipo de observações não adicionam nada positivo na sua defesa.

Mas, nada disto parece demover a Ubisoft deste projecto Quartz. No site oficial deste programa a Ubi já esclareceu que irá continuar a “bater na mesma tecla”, pedindo aos jogadores que “fiquem atentos para mais actualizações com novidades na plataforma e ‘drops’ futuros a chegar a outros jogos”. Ou seja, preparem-se fãs (inteligentes ou não) de jogos menos concorridos da Ubi, esses serão os próximos alvos…