Ubisoft adia suspensão do online em vários clássicos

16

Conforme noticiámos no mês passado, a Ubisoft estava a preparar desligar o online de mais uma série de jogos clássicos neste mês. Entretanto, houve um recuo para alguns destes títulos.

Embora a Ubi tivesse depois assegurado que as funcionalidade offline dos jogos se mantivessem, o mal-estar estava criado. Em causa não estava apenas a perda dos modos online de alguns clássicos (alguns até são relativamente recentes) mas também a perda no acesso a DLCs comprados pelos jogadores. Na altura, esta questão não foi bem abordada.

Agora, num comunicado, a Ubi decidiu adiar o processo de desactivação do online destes clássicos por um mês. Segundo a mensagem, a ideia é que os serviços que dão suporte online vão ficando “obsoletos” e que a Ubi quer que os jogadores tenham “jogabilidade optimizada” no que toca a estabilidade e até segurança. Contudo, a empresa quer também que o processo seja “suave”.

Por isso, a descontinuidade do online dos jogos listados, passa para 1 de Outubro (com excepção de Space Junkies que se despede hoje mesmo). Até lá, os DLCs dos jogos Assassin’s Creed: Brotherhood, Assassin’s Creed III, Far Cry 3 e Splinter Cell: Blacklist no PC estarão disponíveis para descarregar e guardar. Se o fizerem até à data limite, continuarão a aceder ao conteúdo sem limites de utilização, mesmo após a data. Quanto a Anno 2070, houve um retrocesso e os serviços online manter-se-ão em funcionamento.

Apesar destes esforços, é sempre uma notícia triste que ouçamos que o suporte para os jogos é removido, nem que seja parcialmente como neste caso. Deixa no ar imensas questões sobre a validade do investimento dos jogadores, especialmente no caso dos DLCs para depois acontecer este tipo de inibição. Neste caso, houve um retrocesso a pensar nesta situação mas não é inédito que um jogo simplesmente deixe de funcionar e ninguém se recorde de o tentar preservar para a posteridade antes disso.