Throwback WASD – Esta semana de Junho em 2012

22

A “Throwback Thursday” é uma popular tendência na Internet que certamente já devem conhecer. É principalmente usada nas redes sociais, onde os utilizadores partilham à Quinta-Feira uma publicação nostálgica de uma diferente era da sua vida. Esta rúbrica tem o mesmo intuito.

Tendo em conta que já contamos com uma década de artigos, será interessante revisitar alguns dos mais antigos e, assim, conhecermos a evolução de um determinado jogo, relembrar anúncios de  títulos marcantes e, quem sabe, sugerir novos jogos para experimentarem.

Dead Space 3

Nesta semana de Junho em 2012, estávamos a conhecer os primeiros detalhes de Dead Space 3, o último jogo da série de terror da Electronic Arts com uma atmosfera bastante característica com uma dose muito peculiar de terror. Esta série tornou-se numa referência no género Survival Horror muito devido aos seus dois primeiros jogos. No entanto o mesmo não aconteceu com Dead Space 3. Apesar das nossas primeiras impressões da demonstração terem sido boas, o resultado final não foi o esperado. Acabou por se tornar num “bom jogo de tiros na terceira pessoa com uns zombies persistentes e uns bosses complicados. Nada mais. Sustos: zero”, tal como indicámos na nossa análise. Para além de ter fugido um pouco ao seu género original, foi também um título assombrado pelas micro-transacções, numa altura que estavam a surgir um pouco por toda à parte.

Dead Space 3 foi lançado em Fevereiro de 2013 para Xbox One e PlayStation 3. Hoje em dia, podem (re)jogar ou experimentar este título através da retrocompatibilidade da Xbox One ou através do serviço PlayStation Now num PC, PlayStation 4 ou PlayStation 5.

Star Wars 1313

Foi também por esta altura que ouvimos pela primeira vez falar de Star Wars 1313, um promissor título da nossa saga favorita, que iria colocar-nos no papel do Bounty Hunter mais famoso da galáxia Boba Fett. Pelo menos eram o que os rumores sugeriam, uma vez que o número de identificação de clone de Fett era CT-1313 no lore da Saga.

Foi só no ano seguinte que tivemos o primeiro vislumbre de Star Wars 1313 durante a E3 2013. O jogo parecia estar à frente do seu tempo devido ao grafismo e com todos os seus planos de acção. Não podemos negar que ficámos impressionados com a demonstração e não há melhor forma de recordar esse momento do que este vídeo que o canal The VGC guardou.

Infelizmente, depois da Disney adquirir todo o grupo LucasFilm, este título parou a sua produção à procura de produtora externas para concluir o jogo. Eventualmente, pouco tempo depois, acabou por ser cancelado.

Tomb Raider

Lara Croft estava novamente a dar que falar, desta vez com um novo reboot de Tomb Raider desenvolvido pela Crystal Dynamics e editado pela Square Enix. Por esta altura tinha sido anunciado um atraso de um ano, com lançamento previsto para Março de 2013. No entanto já existiam vídeos de jogabilidade e com os “cenas cinematográficas ao género de Uncharted” que trouxeram uma brisa de ar fresco à série.

Este reboot veio a revelar-se um grande sucesso e não ficámos indiferentes à “sujidade da Lara, às feridas por sarar e às roupas rasgadas no fim da [sua] aventura“, dando mais humanidade e alguns defeitos que nos ajudaram a relacionar com a personagem. Sem esquecer a “experiência que ela própria adquire ao longo do jogo“. Como indicámos na análise, “foi um merecido reboot para a Lara Croft e a Crystal Dynamics acertou em cheio!

O enorme sucesso acabou por trazer-nos uma nova trilogia com Rise of the Tomb Raider a ser lançado em 2016 e Shadow of the Tomb Raider em 2018. Sem esquecer, claro, um novo filme que em breve terá uma sequela e, por fim, a série animada anunciada este ano pela Netflix.

Nintendo Wii U

Do lado das consolas, assistíamos ao conceito inovador da Nintendo Wii U a dar os primeiros passos. Com a E3 a começar nesta mesma semana em 2012, tivemos o primeiro vislumbre da consola numa transmissão pré-conferência da Nintendo, apresentada por Satoru Iwata, o carismático presidente e CEO da gigante nipónica que faleceu em 2015. Satoru foi responsável pela estratégia das consolas Wii e DS terem atingido um público-alvo muito maior.

Regressando à Wii U, estávamos perante uma consola inovadora em termos de conceito, muito devido ao segundo ecrã presente no comando, que proporcionou experiências inovadoras com jogos como ZombiU, um dos títulos de lançamento.

O nosso veredicto foi de uma consola “especialmente criada para jogadores capazes de experimentar uma coisa completamente diferente e nova.” No entanto, esta não foi uma história muito feliz para a Nintendo. A consola ficou aquém das expectativas e em 2017 foi anunciada a sua descontinuidade. Questiona-se se foi a falta de apoios de editoras ou por outros factores menos óbvios, como o seu título poder ser facilmente confundido com a anterior Nintendo Wii.

Não podemos negar que surgiram muitos e bons jogos para a Wii U. Temos a destacar Splatoon, Super Mario Maker, Rayman Legends, o português Quest of Dungeons e, claro, o último The Legend of Zelda: Breath of the Wild.

E3 2012

Antes de terminarmos a viagem no tempo desta semana, temos de mencionar as “novidades” da edição da E3. Foi neste ano que a Microsoft apresentou-nos Halo 4, Splinter Cell: Blacklist e Resident Evil 6. A Sony revelou Beyond: Two Souls da Quantic Dream, God of War: Ascension e a obra-prima The Last of Us. No lado da Ubisoft vimos em acção Far Cry 3, Assassin’s Creed 3 e Watch_Dogs. Por fim, a Electronic Arts trouxe-nos o último Medal of Honor: Warfighter, Crysis 3 e Battlefield 3. Esta foi, muito provavelmente, uma das melhores edições que assistimos da E3 em várias edições, pelo menos em termos de novos títulos apresentados.

Chegamos ao fim de mais uma viagem no tempo. Fiquem atento que na próxima Quinta-feira regressamos com mais uma data para recordar.