Steam Direct substitui programa Greenlight

707

O programa Steam Greenlight termina esta semana para ser substituído pelo novo programa Steam Direct. O que muda para todos os produtores de jogos que precisam de apoio para os seus projectos? Algumas coisas irão mudar, obviamente, mas o apoio à produção continua.

Lançado em Agosto de 2012, o Steam Greenlight permitia que a comunidade participasse numa espécie de votação para projectos apresentados à Valve para se tornarem num futuro jogo. Os utilizadores do Steam participantes podiam saber mais sobre uma série de projectos apresentados e, depois, manifestar interesse em vê-lo tornar-se num jogo que chegaria ao Steam posteriormente, graças ao apoio técnico e financeiro do programa.

Até ao Greenlight, era a Valve que convidava os produtores a trazer os seus projectos para a plataforma. Obviamente, que esta selecção dependia mais das preferências do staff da Valve que dos futuros jogadores. Depois deste programa, o sistema passou a ser voluntário e as escolhas da comunidade chegaram mesmo a trazer excelentes títulos.

Contudo, o programa também teve as suas falhas. Dada a votação pública, não foi raro ver campanhas de apoio exageradas para alguns projectos, mas a sua posterior aquisição era muitas vezes inferior às expectativas. A Valve diz que dos 10 milhões de utilizadores que participaram no Greenlight, votaram 90 milhões de vezes mas só chegaram a jogar o título apenas 63 milhões de vezes.

Esta mecânica criou alguns sucessos, sim, mas também diversos projectos falhados e sem qualidade. Isto porque quando um jogo era votado, não significava que chegasse mesmo aos padrões de qualidade alvejados. E mesmo que depois a produção chegasse a um produto final sem qualidade, já estava publicado e à venda. Também houve um aproveitamento de algumas mecânicas ilícitas, como no caso de jogos que ofereciam trading cards na plataforma e o uso de bots para gerar mais votações.

Seguramente por estes motivos e porque o programa também atrasava o avanço de alguns outros projectos com real qualidade, a Valve criou o Steam Direct. Este novo programa prevê criar um percurso mais simplificado e previsível para os produtores. Uma das medidas mais visíveis é o pagamento de uma caução (100$ Dólares) que é devolvida no lançamento do jogo assim que o mesmo atinja 1000$ dólares em vendas.

O processo de selecção começa com a equipa da Valve a analisar cada jogo apresentado, mesmo que seja de um produtor já acreditado. Os novos produtores, porém, mesmo com projectos aprovados, terão de aguardar 30 dias depois do pagamento para que a Valve analise o projecto. Já não haverá qualquer votação por parte da comunidade, embora uma página do jogo seja criada para antecipar o seu lançamento.

O Steam Direct iniciará a sua actividade na próxima semana, altura em que a Valve deverá dar mais alguns pormenores e esclarecer as dúvidas dos produtores. Esta é a última semana de vida do Steam Greenlight.