Square Enix pede ajuda para melhorar Babylon’s Fall

70

Babylon’s Fall não foi muito bem sucedido no seu lançamento. Não é que pudéssemos comprová-lo, porque não tivemos acesso ao jogo por parte da Square Enix. Mas, basta-nos as meta-avaliações dos jogadores.

Parece que é quase uma “norma” que os jogos sejam lançados de forma apressada, sem grande refinamento, talvez na esperança que actualizações corrijam os problemas. No fundo, parece que as produtoras querem que o consumidor final haja como um “beta tester” que ainda paga para “testar” o jogo. Uma “norma” que não devia existir.

Babylon’s Fall é descrito pelos que o jogaram como algo “desinspirado”, “vazio”, “repetitivo”, sendo muito criticado também pelo visual estranho do jogo. Isto, embora muita gente afirme que gosta do combate e da sua velocidade. Porque as meta-análises da página do Steam estão “Neutras”, ainda há esperança que a produção da Platinum Games resolva os problemas que impedem o jogo de brilhar.

Certamente a pensar nisso, uma vez mais a Square Enix deixa que seja a comunidade “ao volante”, desta feita por ajudar ditar o futuro deste jogo. Uma sondagem foi publicada ontem no site oficial, com perguntas muito claras sobre o que os jogadores gostariam de ver neste jogo. Questões de design de personagens ou de mapas, visual, entre outras deixam no ar a ideia que a produção precisa da opinião dos jogadores.

No entanto, é um pouco tarde que só agora se pergunte onde o jogo pode ser melhor. A Square Enix tem tido pouca sorte com este género de “jogos como serviço”, ou, então, simplesmente perdeu a mão na comunidade que os poderia jogar. Apesar das boas perpectivas, Marvel’s Avengers e Guardians of Galaxy não foram o sucesso que se esperava. Outriders, então, foi uma desilusão. Este é só mais um para juntar ao lote. Ainda por cima toldado por outros lançamentos na mesma altura.