Sonic – Novo jogo e Novo visual

1861

Sonic comemora mais de 20 anos como um ícone dos jogos de vídeo. Por isso, não há melhor maneira de celebrar o evento como a Sega o fará: com o lançamento de um novo jogo (em 2 plataformas da Nintendo), uma série animada a passar no Cartoon Network e uma nova linha de brinquedos. Tudo sobre o mesmo título, Sonic Boom, e anunciado hoje pela Sega num evento em Nova Iorque.

À primeira vista não parece haver grandes alterações no visual de Sonic mas, na verdade, são realmente evidentes. O novo cachecol vermelho, fita atlética nos punhos e tornozelos, como também algumas alterações na sua estatura e linguagem corporal são elementos que são de certa forma replicados sobre o mesmo tema para os restantes elementos da equipa. Knuckles, por sua vez, é agora representado como o músculo da tripulação, apresentando uma estatura superior aos seus colegas. A Tails é-lhe basicamente atribuído o estatuto de inventor, com direito a um cinto de ferramentas e tudo. Amy parece ser o cérebro do grupo e faz uso de um martelo gigante.

Os jogos de Sonic Boom estão a ser criados por entidades separadas com a BigRedButton, o estúdio fundado por Bob Raffei, um ex-membro da Naughty Dog, responsável pela versão da Wii U e a Sanzaru a desenvolver a sua versão 3DS. Ambos os jogos servem de prequela para a série animada a passar na TV e cuja história irá encaixar de alguma forma.

O produtor da Sega, Stephen Frost, mencionou que o jogo vai centrar-se numa aventura um quanto ou tanto arqueológica, com muita exploração e foco no combate corpo a corpo junto com as travessias a alta velocidade que têm sido uma marca dos jogos Sonic. A versão Wii U irá contar também com um modo cooperativo opcional na sua campanha principal e ainda alguns modos para quatro jogadores dos quais não foram revelados mais pormenores. Construído no motor CryEngine 3, o jogo promete explorar bem as capacidades da Wii U. Entretanto, Sonic Boom na sua versão portátil irá ostentar uma história e arquitectura de jogo diferentes mas com acontecimentos dentro do mesmo universo.

Esta é claramente uma enorme aposta da parte da Sega, com um investimento em vários campos e que pretende alcançar outro público-alvo ao adaptar a personalidade e aspecto de Sonic e colegas a um novo público sem alienar os seus fãs. Agora resta-nos saber o que é que o Guile, da série Street Fighter, vai achar de lhe terem roubado o nome do seu mais conhecido movimento… “SONIC BOOM!!”