Skull & Bones entra na fase Alpha

14

Oito anos. Foi o tempo que demorou à Ubisoft para trazer Skull & Bones a um estado Alpha de produção. O jogo que começou com uma “expansão” de uma ideia, ganhando depois uma dimensão bem maior, parece finalmente navegar.

Aqui entre nós, há certos projectos na Ubi que parecem assombrados. Já nem falamos de um novo Splinter Cell ou Prince of Persia, jogos que teimam em cair no esquecimento a cada conferência da Ubisoft. E também não vamos mencionar os constantes adiamentos de vários jogos que a produtora e editora tem em carteira.

A par de Beyond Good & Evil, este Skull & Bones parece avançar a passos curtos. Sabemos da sua existência desde que Assassin’s Creed: Black Flag se tornou um sucesso, sendo ainda hoje um dos jogos mais bem sucedidos dessa série. Na altura, a produção quis criar uma nova experiência de acção com piratas, usando mecânicas  inspiradas nesse jogo. O projecto foi-se alargando, assim como o tempo de espera.

Em 2017 tivemos o primeiro vislumbre do que seria este novo jogo, de facto bem maior que uma mera revisita a Black Flag. As perspectivas eram óptimas, com uma jogabilidade e visual prometedores, mesmo sabendo que não devemos contar muito com os trailers da Ubi como referência para o jogo final. O hype ficou ainda mais elevado quando foi revelado que uma série de TV estaria na calha.

Com uma previsão para o ano seguinte, tudo parecia encaminhado. Mas, veio 2018 e nem jogo, nem série de TV. Curiosamente, o jogo acabou por cair no esquecimento, sendo constantemente adiado, levando mesmo os fãs a indagar se alguma vez iria avante. Finalmente, apareceu um comunicado da produção para acalmar os ânimos, especialmente dos investidores. Contudo, só agora há uma confirmação de real progresso.

De acordo com um artigo do site Kotaku, a produção explica que, sim, está a trabalhar no jogo e este até já atingiu a fase Alpha de produção. Aparentemente, as razões destes adiamentos são várias. A produção do jogo tem sido associada a alguns rumores de má gestão do projecto, revisão do seu âmbito e até de “falta de visão”, já para não falar de problemas de organização no seio da própria Ubisoft, havendo mesmo acusações de injustiça salarial e alegações de assédio entre o staff.

Seja como for, depois de tanto investimento (120 milhões de dólares anunciados) e tanto trabalho, Skull & Bones, assim como todos os outros jogos de produção atribulada da Ubi, acabará por ser lançado. Para o bem ou para o mal. A mais recente previsão aponta para Fevereiro de 2022. Vejamos se assim será.