Resumo do último State of Play

33

Num episódio repleto de “vibes” Japonesas, o programa State of Play de ontem trouxe algumas novidades interessantes sobre o futuro dos jogos PlayStation 4 e PlayStation 5.

Como previsto, Ghostwire: Tokyo e Stranger of Paradise, dois dos títulos mais sonantes nos próximos tempos vindos da Terra do Sol Nascente, tiveram o seu destaque, este último confirmando o “segredo” mal guardado de uma versão de demonstração. Tivemos também algumas revelações e actualizações do estado de produção, não apenas de produções Nipónicas.

Notem que alguns destes jogos estão ou estarão disponíveis também noutras plataformas. Pelos motivos óbvios, só são mencionadas as consolas PlayStation neste artigo.

1. Exoprimal

Um interessante novo IP da Capcom que coloca os jogadores em exo-fatos a lutar contra dinossauros gigantes. Já vimos esta fórmula várias vezes, nem sempre com os melhores resultados, infelizmente. Pode ser que a produtora encontre a fórmula de sucesso. Está previsto para 2023.

2. Ghostwire: Tokyo

O muito esperado jogo da Tango Gameworks está quase a chegar e recebemos o seu trailer oficial de lançamento que mostra com maior detalhe as ameaças fantasmagóricas presentes neste título. Já sabem que será lançado a 25 de Março próximo.

3. Stranger of Paradise

Sem grande surpresa, porque o rumor já circulava há dias, temos uma nova demonstração para este jogo de origem de Final Fantasy, disponível na PS Store. A melhor notícia é que o seu progresso transita para o jogo final, caso decidam comprá-lo. O jogo final será lançado a 18 de Março próximo.

4. Forspoken

Agora que foi adiado, este promissor título da Square Enix apresentou um novo trailer que mostra a protagonista Frey a usar os seus poderes para combater as forças obscuras. Este mundo mágico de Athia promete. Como avançámos, só chegará a 11 de Outubro.

5. Gundam Evolution

Este é um novo título de acção “free-to-play” a chegar à PlayStation 4 e PlayStation 5. Obviamente, leva-nos até este riquíssimo universo anime de Gundam em combates com objectivos para 12 jogadores (6vs6). Chegará algures ainda neste ano.

6. Teenage Mutant Ninja Turtles: The Cowabunga Collection

Esta colecção da Digital Eclipse era o que os fãs já pediam há anos. Os 13 jogos clássicos de 8bit e 16bit nesta lendária série num só pacote. Num bónus simpático, esta reedição contou com a ajuda da Nickelodeon para trazer porções da banda-desenhada original. Chega ainda neste ano.

7. GigaBash

Um novo título da produtora Passion Republic Games da Malásia, traz-nos a perspectiva única de poder destruir uma cidade, comandando um gigante monstro mecânico, combatendo outros monstros semelhantes. Está tudo dito. Este novo brawler chegará ainda neste ano.

8. Jojo’s Bizarre Adventure: All Star Battle R

Celebrando 35 anos da série original manga e 10 anos da série anime, temos uma nova adaptação em jogo de luta, uma sequela “remasterizada” do jogo original de 2013. Além de novos combates, destaque para uma maior utilização da arte original de Hirohiko Araki. Chega no Outono.

9. Trek to Yomi

Há algum tempo que não ouvíamos falar deste título da Flying Wild Hog. A sua inspiração nos clássicos filmes de Akira Kurosawa é evidente e o seu combate continua a parecer bastante interessante. Temos aqui o seu novo trailer de história. Continua previsto para algures neste ano.

10. Returnal

Não é bem um jogo Japonês, mas a SIE já tinha dito que teríamos novidades de jogos de “outras regiões”. Uma nova actualização “Ascension” vai introduzir dois novos modos de jogo: Cooperativo e a Tower o Sisyphus para continuar a desafiar os mais persistentes. Chegará ainda neste mês.

11. The DioField Chronicle

Um interessante novo título da Square Enix, um novo IP num novo género que chama de RTTB – Real Time Tactical Battle. Para nós, parece apenas um RPG com elementos de RTS, enfim. Como sempre, a arte é muito familiar vinda desta produtora e editora. O lançamento será ainda neste ano.

12. Valkyrie Elysium

Sim, é mais um título da Square Enix. Trata-se de outro novo IP, desta feita um RPG de acção, no que nos parece ser mais um “souls-like”. Uma única Valquíria é a última esperança da Humanidade e desce à terra para fazer justiça. E chegará cá ainda neste ano.