Razer expande a linha dos teclados BlackWidow

1438
razer blackwidow x chroma

Se pesquisarem por um teclado dedicado a gaming, vão certamente cruzar-se com o BlackWidow da Razer. Estes são os periféricos mais premiados da marca e, ao longo dos anos, têm vindo a receber mais funcionalidades mantendo sempre a sua qualidade. Nós por cá já analisámos três modelos do BlackWidow e temos agora em mãos o BlackWidow X Chroma, com uma análise em breve.

A nova linha “X” de teclados da Razer do modelo da Viúva Negra apresenta um visual minimalista. A base é feita em metal de “classe militar” e deixa as teclas completamente expostas. Com este design a marca consegue estabelecer um novo preço de venda mais acessível sem comprometer as características dos modelos BlackWidow.

Estes BlackWidow X já vêm equipados com os switches mecânicos proprietários da marca que usa um conjunto optimizado de pontos de actuação e libertação. A sua durabilidade foi aumentada para 80 milhões de cliques, o que fornece quase o dobro do tempo de vida dos outro switches presentes no mercado. Este modelo também terá uma variante com botões convencionais (Cherry), bem mais acessível (a rondar os 70€) mas a qualidade do manuseio das teclas poderá não ser de igual qualidade.

Para esta nova linha também foram adicionados o Razer BlackWidow X Chroma, mas este é um pouco mais dispendioso, com um preço a rondar os 190€. Para os que preferem poupar sem perder a qualidade do modelo, há o Razer BlackWidow X Ultimate, um teclado 10keyless (sem o teclado numérico), que custa 120€. Ambos estão equipados com a tecnologia Chroma que permite personalizar os teclados ao vosso gosto com a vossa cor favorita e efeitos visuais.