Razer apresenta novos portáteis Blade na CES 2022

40

A Razer continua a sua missão de criar portáteis de elevado desempenho para jogar (e não só). Na sua aclamada linha Razer Blade, os modelos de 14, 15 e 17 polegadas receberam novas placas gráficas e outras novidades.

Vivemos tempos complexos com a escassez de chips no mercado. Ainda assim a Razer não desarma e aposta forte nos novos processadores Intel e AMD, assim como os mais recentes GPUs da Nvidia. A escolha torna-se difícil com as três novas ofertas.

O novo Razer Blade 14 é tido como um dos melhores portáteis de gaming da sua categoria mais compacta. Esta sua nova geração aposta no processador AMD Ryzen 9 6900HX com memória DDR5 e duas gráficas à escolha, a RTX 3060, RTX 3070Ti ou uma impressionante RTX 3080Ti. Quanto a monitores, podem optar por um ecrã 1080p a 144Hz ou um 2560×1440 a 165Hz. É impressionante que a Razer consiga “encaixar” tanta potência numa dimensão tão pequena de computador. Quanto a preços, começa nos 2,199.99€ e as pré-encomendas arrancam a 10 de Fevereiro nas lojas Razer.

Para algo maior, temos os Razer Blade 15, desta feita equipados com um Intel Core i9 12900H e 32GB de memória RAM DDR5. Também tem a mesma selecção de placas gráficas e opção de monitores OLED de 1080p a 360Hz, QHD 2K a 240Hz ou UHD 4K a 144Hz. Quanto a preços, começam nos 2,799.99€ e já estão disponíveis para pré-encomenda nas lojas Razer e retalhistas autorizados.

Quanto aos maiores da família, os Razer Blade 17 partilham muitas das especificações do modelo anterior, embora não tenham opção de ecrã OLED 4K, apenas uma versão IPS. De resto, terão o mesmo processador e as mesmas opções de placa gráfica. Começam nos 2,999.99€ e também já estão disponíveis para pré-encomenda nas lojas Razer e retalhistas autorizados.

Em comum, claro, os teclados retro-iluminados Razer Chroma, Áudio THX e várias capacidades de armazenamento SSD NvME. Os portáteis maiores serão lançados a partir de 23 de Janeiro, enquanto que o modelo de 14” só está previsto para 9 de Fevereiro. De notar que estes novos PC serão já equipados com o Windows 11 na sua versão mais recente.