Phil Spencer lista características da Xbox Series X

14

Mesmo com muitas dúvidas nas opções estratégicas da Xbox Series X, a consola da próxima geração da Microsoft promete ser (outra vez) a “mais poderosa do mercado”. No programa Xbox Wire, o patrão Phil Spencer falou nos seus principais destaques.

Segundo a nota de imprensa enviada, a nova consola pretende ser um “novo standard em termos de potência, velocidade e compatibilidade”. Para isso, a Spencer listou uma série de características únicas que, não tendo a consola em mãos nem a concorrência a refutar, nos parecem excelentes mais valias para esta próxima geração.

  • Processador da Nova Geração: Um processador personalizado da linha Zen 2 da AMD e arquitecturas RDNA 2, garante um poder de processamento “quatro vezes superior a uma Xbox One”, com um desempenho anunciado de 12 TFLOPS de GPU, o dobro da Xbox One X e mais de oito vezes o da Xbox One original.
  • Variable Rate Shading (VRS): Processamento de shaders patenteado pela Microsoft permite usar de forma mais eficiente as capacidades totais da Xbox Series X. Basicamente, torna mais eficiente a renderização em tempo real de objectos e efeitos.
  • DirectX Raytracing via Hardware: Raytracing via DirectX acelerado por Hardware, promete iluminação, sombras e reflexos realistas e em tempo real.
  • Disco interno SSD: Mais velocidade no armazenamento significa mais desempenho a instalar, gerir e lançar jogos e outras aplicações.
  • Quick Resume: Uma evolução do modo “stand-by”, permite retomar o jogo onde o deixámos quase instantaneamente.
  • Dynamic Latency Input (DLI): A promessa é menores latências nos inputs, neste caso no comando Xbox Controller, aproveitando uma maior largura de banda, incluída no protocolo de comunicação wireless.
  • HDMI 2.1: O mais recente formato de interface de som e vídeo via HDMI, permite menores latências de imagem e som graças às tecnologias Baixa Latência Automática (ALLM) e Taxa de Refrescamento Variável (VRR).
  • Suporte para 120 fps: Um aumento do número máximo de fotogramas por minuto face à actual geração.
  • Quatro gerações de Consolas: Os jogos da Xbox One e os títulos abrangidos pelo programa de retrocompatibilidade com a Xbox 360 e jogos Xbox original serão suportados na nova consola.
  • Smart Delivery: Para complementar a compatibilidade acima, o jogador terá sempre a garantia que a versão do jogo que está a jogar é a mais adequada à sua consola.
  • Xbox Game Pass: Para além dos jogos pertencentes às quatro gerações de consolas, o Xbox Game Pass continuará a disponibilizar os jogos de produção interna no dia do seu lançamento.

A Xbox Series X está prevista para o Natal deste ano, exactamente na mesma altura da sua concorrente PlayStation 5. E sobre essa consola da Sony, ainda sabemos pouco.