PGW 2015 – Dreams leva-nos para o estranho mundo dos sonhos

1252

A Media Molecule, pode dizer-se, é uma das empresas mais criativas da actualidade. Depois das suas aventuras com o Sackboy em Little Big Planet, chega-nos agora o simpático Imp no jogo Dreams que, literalmente, nos convidou a sonhar na Paris Games Week.

Usando as capacides únicas dos sensores de movimento e interacção por toque do DualShock 4, além dos óbvios botões, controlamos o Imp de modo a interagir com objectos, possuir personagens e decorar os sonhos criados por nós ou por terceiros. Cada nível pode ser personalizado quase infinitamente, criando níveis únicos com uma série de objectivos e sub-níveis acessíveis através de portais e outros meios.

Curiosamente, não fica claro o tipo de aventura proporcionada por este jogo. Sim, dá para perceber que o forte é a exploração e interacção com os mundos criados. Também é de prever que as ferramentas de criação sejam tão ou mais fantásticas como foram em LBP de onde também se deve inspirar para uma interessante interacção social.

Agora… qual é o objectivo deste jogo ao certo? Haverá com certeza um enredo para seguir, mas, por agora, este sonho parece algo confuso quanto a que tipo de experiência pretende transmitir. Vamos aguardar por 2016 para sabermos um pouco mais do que esperar deste videojogo.