Nvidia revela nova série RTX 3000

79

Ainda a actual série RTX 2000 nem “aqueceu o seu lugar” e já a Nvidia prepara a nova geração Ampere, a evolução da geração Turing. As novas RTX 3070, RTX 3080 e RTX 3090 foram hoje apresentadas ao mundo.

Os rumores já circulavam pela internet há semanas (meses, mesmo) e hoje a Nvidia desfez as dúvidas. As novas placas gráficas RTX 3000 serão lançadas ainda neste ano, começando, como sempre, pelas versões base da Nvidia, seguindo-se as versões de marcas como a ASUS, MSI, Gigabyte, etc). E a boa notícia é que o salto geracional é mesmo significativo e os preços (anunciados) nem são o habitual disparate.

Desta vez, foram anunciadas três novas placas, com a RTX 3080 a ser a primeira a chegar e a versão topo de gama RTX 3090 a ser lançada logo a seguir. Já o modelo de entrada, a RTX 3070 só chegará no mês seguinte. De notar, porém, que estas datas estão sujeitas a disponibilidades e até alguns atrasos em alguns países. Se tivermos em conta as gerações anteriores, com pré-encomendas e rupturas de stock, poderá demorar meses até que vejamos a primeiras placas realmente no mercado.

A nova 3070 coloca-se logo acima das actuais RTX 2080ti em termos comparativos de performance e chegará só em Outubro com um preço “simpático” recomendado de 499€. Mas, todos os olhos estão postos na 3080 que será a verdadeira evolução da tecnologia, considera duas vezes mais rápida que a anterior RTX 2080. Será a primeira a ser lançada, já no dia 17 de Setembro com um preço recomendado de 699€.

A verdadeira “power-house” RTX 3090 terá um custo de 1499€, chegando a 24 de Setembro. Contudo, esta placa não será propriamente uma “concorrente” neste mercado de gaming. Será mais apontada para quem procura uma placa para edição de vídeo ou renderizações de elevado desempenho. Ainda assim, será perfeitamente capaz de reproduzir jogos, sendo até capaz de debitar grafismo até 8K.

Esta maior velocidade e desempenho, porém, terá um custo. As novas placas sofrem um aumento de potência alocada, com alguns sites da especialidade a reportarem consumos entre os 300 e os 350 Watts. No caso da 3090, a Nvidia recomenda mesmo uma fonte de alimentação robusta, de pelo menos 750W.