Microsoft volta atrás e vende Xbox One sem Kinect

1305

É certo que aqui pela nossa terra ainda não chegou a nova Xbox One, mas sabemos que a consola tem sofrido de muita controvérsia desde o seu anúncio. Uma das polémicas, se é que podemos chamar assim, foi o uso obrigatório do Kinect que, como a Microsoft indicou, fazia parte integral da experiência e não podia ser vendida separadamente, elevando o seu preço.
Contudo, a Microsoft decidiu recuar nessa decisão e irá, a partir de 9 de Junho, vender a consola e o dispositivo Kinect em separado. Diz a MS que está “sempre atenta aos pedidos dos seus fãs” ou será esta uma tentativa de aumentar as vendas da sua consola retirando cerca de 100€ no valor final?

O Kinect é usado, para além dos jogos dedicados ao dispositivo, maioritariamente para comandos voz, comandos gestuais, interpretação de códigos QR e login biométrico. Quem quiser usufrir desta funcionalidades logo desde início ou jogar jogos como Kinect Sports ou Just Dance, poderá comprar a versão Premium que já traz o Kinect incluído.
Por cá a Xbox deve chegar em Setembro, possivelmente já com esta opção de compra.