Microsoft admite problemas de performance no Windows 10

736

Desde há alguns meses que diversos problemas de performance e estabilidade assolaram diversos jogos em PCs com Windows 10. Inicialmente, pensou-se que os próprios jogos ou mesmo drivers de hardware pudessem ser os culpados. Parece que não é bem assim.

Criado com o intuito de ser um sistema operativo com os jogos em vista, o Windows 10 possui diversas funcionalidades interessantes para estes aplicativos. Suporte para o mais recente API DirectX12, integração da plataforma Xbox, entre outras características, fizeram deste um dos melhores sistemas operativos de sempre para jogar no PC.

Desde Abril que os utilizadores receberam uma grande actualização da Microsoft, chamada de Creators Update. Logo nos primeiros dias da sua chegada, foram reportados alguns problemas técnicos como “freezes”, “stutters” e até alguns “crashes”. É quase normal que uma actualização possa causar alguns problemas, eventualmente resolvidos com actualizações de drivers de hardware (geralmente da placa gráfica) ou dos próprios títulos. Contudo, desde então estranhos e aleatórios “stutters” mostraram-se persistentes e muitos desconfiaram do tal Creators Update.

Os “stutters” são paragens momentâneas da imagem, por vezes por fracções de segundo, quebrando o ritmo e a fluidez de jogo. No caso dos jogos no Windows 10, parecem ser aleatórios, em qualquer jogo e sem causas aparentes. Há quem indique que desligando o gravador digital Xbox Game DVR que o problema parece mitigado, mas nem sempre resolve totalmente.

A desconfiança dos jogadores na actualização de Abril tinha fundamento. Numa mensagem no site de suporte da Microsoft, o engenheiro Paul Aaron reconheceu que o problema, de facto, existe. “Estivemos a rever os relatórios” diz Aaron “e identificámos um problema que pode estar a causar ‘stutters’ em alguns casos reportados”. Acrescentou que uma solução está a ser implementada na mais recente build do programa de previsão de actualizações do Windows Insider.

Este programa funciona como o da Xbox One Insider em que utilizadores que o subscrevem recebem actualizações de sistema em fase Beta antes do lançamento oficial. Regra geral, quem subscreve um serviço, está inscrito no outro, uma vez que a inscrição transita. Caso não estejam inscritos e querem experimentar esta solução, sigam este link.

Todos os outros utilizadores poderão esperar pelo próximo Creators Update de Outono que, ao que tudo indica, deverá chegar, senão no final deste mês, no início do próximo.