Jogadores açambarcam papel higiénico… em Fallout 76

19

Um paralelo com a estranha realidade actual, também no mundo virtual os jogadores de Fallout 76 estão a açambarcar papel higiénico e a especular preços para níveis sem precedentes. Só que aqui, por mais absurdo que seja, ninguém sofre pela estupidez alheia.

A imagem de prateleiras de supermercados vazias, é já uma imagem de marca desta pandemia do COVID-19. Não tanto porque haja escassez de víveres, mas porque a loucura das pessoas levou a corridas desenfreadas aos supermercados, mesmo perante a garantia de governos que nada iria faltar.

Quem sabe o produto mais ridículo que as pessoas têm vindo a açambarcar, é o papel higiénico. O COVID-19 nem sequer provoca doenças do foro gástrico ou intestinal, mas por qualquer motivo a corrida a este tipo de produto assistia a autênticas batalhas campais e até cenas de pancadaria na televisão. Era um passo até algo assim acontecer no mundo virtual.

Segundo o Polygon, diversos jogadores no MMORPG da Bethesda estão exactamente a fazer o mesmo, a comprar inúmeros rolos de papel higiénico virtual, por vezes expondo-os como produtos preciosos ou simplesmente a amontoá-los pelas bases. Em algumas bases, onde antes outros itens eram demonstrados como troféus, agora são os simples rolos de papel a ter lugar de destaque, como podem ver nos Tweets que apresentamos.

Além disso, como agora existe um mercado aberto de compra e venda para os jogadores, os valores fixados têm subido abruptamente para estes rolos. Há quem já esteja a vender papel higiénico a 25000 caricas (caps) à unidade. Não há nenhuma utilização prática de papel higiénico no jogo, notem. Mesmo assim, os jogadores procuram de forma desenfreada por este produto, uns por piada, outros porque querem ver até onde podem ir.

Como lemos algures, de facto, “a arte espelha muitas vezes a realidade“. Neste caso, para o ridículo. Felizmente, aqui, tudo não passa de uma sátira, como uma espécie de retrato cómico das mentes distorcidas e em pânico. Como não faz qualquer sentido fazer isto no virtual, também não fará no real. E, como nestes dias não podemos fazer muito mais que jogar, talvez surja aqui uma chamada de atenção para algumas atitudes mais acéfalas.