Intel anuncia Core i9 com 18 núcleos

903
Intel introduced the new Intel® Core™ X-series processor family on May 30, 2017. Intel’s most scalable, accessible and powerful desktop platform ever, it includes the new Intel® Core™ i9 processor brand and the Intel® Core™ i9 Extreme Edition processor – the first consumer desktop CPU with 18 cores and 36 threads of power. The company also introduced the Intel® X299, which adds even more I/O and overclocking capabilities. (Credit: Intel Corporation)

Há um novo CPU de topo no mercado. Com os seus imponentes 18 núcleos e 36 threads de processamento, o novo Core i9 é agora o processador de topo da Intel no mercado de consumo. Claro que o preço deste novo processador também é igualmente enorme.

A par do desenvolvimento de GPU’s, os processadores centrais são das peças mais importantes que poderão adquirir num PC. De acordo com a Intel, estes novos processadores da linha Core X são desenhados para gaming de alta performance ou trabalho mais exigente ao nível de processamento, sem esquecer as altas resoluções 4K e outras aplicações.

Com esta gama Core X a Intel introduz também uma nova linha de modelos Core i5 e Core i7, mas é o Core i9 a verdadeira estrela desta arquitectura. Este é o vídeo de apresentação desta família de processadores.

Notem que o Core i9 não se insere numa nova geração, mas sim uma evolução da sexta geração de processadores, chamada de Skylake X, compatível com o chipset X299. Dos modelos anunciados, destacamos o Core i9 Extreme Edition com os tais 18 núcleos e 36 threads, com um mínimo de 3,3Mhz de velocidade de relógio mas com overclock disponível. Tem um preço anunciado insano de 2000 Dólares (cerca de 1790€).

Contudo, a Intel anunciou que haverão versões menos dispendiosas com 16 núcleos e 32 threads (1700 dólares, cerca de 1520€), 14 núcleos e 28 threads (1400 dólares, cerca de 1250€), 12 núcleos e 24 threads (1200 dólares, cerca de 1070€) e 10 núcleos e 20 threads (1000 dólares, cerca de 895€). Estes são preços recomendados, logicamente.

De notar que nesta linha de Core X, há também novos Core i7 com 8, 6 e 4 núcleos e novos Core i5 com quatro núcleos, sendo estes pertencentes, agora sim, à mais recente sétima geração de processadores, Kaby Lake X. Os seus custos serão logicamente inferiores e é bem possível que os actuais modelos já disponíveis de processadores também sofram uma redução no preço.

Este anúncio parece surgir em jeito de resposta à recente revelação da AMD da sua nova linha de processadores Ryzen. Esta rival deverá também anunciar em breve um modelo de 16 núcleos orientado para o gaming. Parece que a velha guerra de CPUs não está, afinal, assim tão resolvida.