Importantes mudanças no modo carreira de FIFA 20

109

Também há elementos mais dinâmicos para nos testar na carreira

A EA Sports está empenhada em revitalizar o modo de carreira em FIFA 20 com novidades dentro e fora de campo. Algumas da mais importantes novidades prendem-se com o modo Manager, mas há outras alterações profundas.

Convenhamos que o forte da série FIFA Football nunca foi o seu modo “manager”. Embora tenha a componente única de se poder, não só gerir a equipa, mas também entrar em campo para jogar, há muito que os jogadores pediam uma reforma neste modo. Agora, a EA quer dar mais ênfase para este modo, apostando, por exemplo, na interacção com a equipa, os média e os fãs, inclusive com conferências de imprensa em alguns jogos.

Nestas conferências, os treinadores podem escolher linhas de diálogo podendo falar de objectivos ou até criticar ou motivar jogadores. Estas opções influenciam depois a equipa e podem até ajudar ou prejudicar objectivos. Outras opções também influenciam estes pormenores, como negociações de ordenados, tempo de jogo ou convocações.

O próprio treinador tem agora mais opções de personalização, no aspecto e vestuário, assim como uma opção de escolher uma treinadora. E mesmo as notícias são agora personalizadas para dar feedback de exibições e resultados.

Noutros lados, os próprios jogadores foram revistos quanto ao seu potencial, tendo reflexo directo nas suas prestações em campo. Factores como exibições anteriores, experiência de carreira e outros pormenores podem influenciar a utilidade e prestação do jogador. E é preciso sempre ter atenção ao mercado, uma vez que as negociações de contrato são agora bem mais interactivas.

Estas e outras alterações profundas vão chegar ao modo de carreira de FIFA 20, quando se estrear a a 24 de Setembro na PS4, Xbox One, Nintendo Switch e PC.