Importantes mudanças nas subscrições do Xbox Game Pass

gamepassoldlogo

A mudança era tão inevitável que apenas estranhámos ter demorado tanto tempo. O Xbox Game Pass vai mudar o seu esquema de subscrições. Além de aumentos de preços, também as regalias mudarão consoante a opção.

Desde há muito tempo que este é, pelo menos para nós, o melhor serviço para quem deseja uma subscrição mensal ou anual com vários jogos disponíveis. Como sabem o Xbox Game Pass divide-se em quatro modalidades, duas exclusivas de consolas, uma exclusiva de PC e ainda uma que abrange as duas plataformas. Só temos pena que o serviço seja exclusivo da plataforma Xbox/Windows mas nunca se sabe o que o futuro reservará. Infelizmente, apesar de bastante popular, sempre colocámos em causa a viabilidade deste modelo de subscrições, em especial pelos custos relacionados com a sua subscrição versus tanto que oferece aos jogadores. Pois bem, chegou a hora de mudanças, tomem nota (a vermelho as alterações):

Consolas

  • Xbox Game Pass Core – Preço: 6,99€ /mês (igual) ou 69,99€ /Ano (era 59,99€) – Lista limitada de jogos para jogar e acesso aos modos online Xbox (Live Gold).
  • Xbox Game Pass for Consoles (para Consolas)Deixa de estar disponível para aquisição directa mas os actuais subscritores mantém o valor de renovação mensal ao mesmo preço até futura indicação. Nada muda neste serviço, que dá acesso à lista completa de jogos da biblioteca mas não têm acesso aos modos online Xbox (Live Gold), Xbox Cloud Gaming ou PC Game Pass.
  • Xbox Game Pass Standard (novo) – Actualmente indisponível (chegará em Setembro), dará acesso à lista completa de jogos da biblioteca e acesso aos modos online Xbox (Live Gold) mas deixa de incluir lançamentos mundiais.

PC

  • PC Game Pass – Preço: 11,99€ /mês (era 9,99€) – Acesso à lista completa de jogos da biblioteca para PC apenas.

Consolas e PC

  • Xbox Game Pass Ultimate – Preço: 17,99€ /mês (era 14,99€) – Acesso à lista completa de jogos da biblioteca de jogos para PC e consolas, dá acesso aos modos online Xbox (Live Gold), lançamentos mundiais, jogos EA Play e Cloud Gaming.

Há também alterações na forma como os jogadores podem acumular subscrições. A partir de Setembro, só será possível acumular até 13 meses de subscrições usando cartões pré-pagos. Actualmente, o máximo é 36 meses e quem tem este acúmulo mantê-lo-á até esgotá-lo. Ainda é possível adquirir 14 dias de trial destes serviços por 1€, limitado a uma única utilização por conta.

Tudo leva a crer que estes ajustes de preços e acesso aos jogos serve para preparar o lançamento de Call of Duty: Black Ops 6, um título que já foi confirmado como disponível “day one” no serviço (com algumas restrições). A Microsoft quererá obter mais uma margem de lucro possível nas subscrições, antevendo que muitos simplesmente optarão pela subscrição em vez de comprar o jogo.

O que é inevitável, é constatar que a Xbox quebra aqui a sua longa promessa de há anos, de que todos os subscritores do Xbox Game Pass clássico terão acesso aos jogos de produção interna no dia de lançamento. O aumento de preços era de esperar e até é positivo que agora todas as subscrições incluirão acesso aos modod multi-jogador online. Mas, estes ajustes parecem um “empurrar” da comunidade para a subscrição mais cara, Ultimate.

Comentários

Comentários