Google Stadia – Preços, requisitos e data de lançamento

261

O ambicioso Google Stadia foi revelado no passado mês de Março durante o evento Games Developers Conference e foi o suficiente para deixar-nos entusiasmados com este serviço ambicioso. Venham daí e conheçam os detalhes deste serviço.

Para os mais distraídos, Google Stadia é um serviço de streaming de jogos baseado na cloud, o que permite jogar os títulos em qualquer plataforma, independentemente da sua capacidade de processamento. Um pouco como PlayStation Now faz actualmente.

No entanto, o Stadia promete carregar os jogos do seu catálogo em apenas cinco segundos, sem a necessidade de fazer downloads, actualizações ou instalações. Um pouco como acontece com o Youtube, será apenas carregar no Play e num instante temos o jogo pronto. Este serviço é prometido não só em PC como também SmartTVs, smartphones e tablets, desde que possuam todos o Google Chrome.

Com a primeira transmissão Stadia Connect, dedicada para revelar os primeiros detalhes, o Google revelou o preço da subscrição, os pacotes que estarão disponíveis no lançamento, os requisitos de Internet que serão necessários para jogar nas diversas qualidades e, por fim, os 14 países que terão a sorte de ter este serviço disponível no seu lançamento.

Começando pelos preços e subscrições, a Google tem planos para lançar uma subscrição gratuita que deixará jogar os títulos que já compramos. No entanto, no dia de lançamento só haverá o plano Stadia Pro, que terá um custo de 9,99 dólares por mês e dará acesso aos já confirmados três últimos jogos da série Tomb Raider e também Destiny 2, The Division 2, DOOM e Assassins’s Creed: Oddysey. Ao todo, haverão 30 títulos disponíveis, que terão a possibilidade de serem jogados em 4K a 60 frames por segundo e ainda suporte para HDR e Surround 5.1.

No seu lançamento, estará disponível um pacote especial, a “Founders Edition”, que dará acesso ao comando proprietário da Google, Destiny 2, um Chromecast Ultra (necessário no início para jogar) e três meses de subscrição. Tudo isto por 129,99$ dólares. Os comandos também serão vendidos em separado por 69$ dólares, disponíveis nas cores branco, preto e num verde claro, “wasabi”.

Para atingir a qualidade de streaming que a Google promete, terão de ter uma ligação à Internet de, pelo menos, 35 Mbps. Promete a gigante do online que o mínimo necessário para usufruir do serviço será de apenas 10 Mbps. Nesta largura de banda, dará um acesso próximo a uma resolução 720p, mantendo os 60 fps mas apenas com som estéreo.

Por fim, a revelação que falta: a disponibilidade. Infelizmente, o Google Stadia será lançado durante o mês de Novembro em 14 países mas Portugal e Brasil não são um deles. Os felizardos são: Bélgica, Itália, Finlândia, Holanda, Canadá, Noruega, Dinamarca, Espanha, França Suécia, Alemanha, Reino Unido, Irlanda e Estados Unidos. Nós, teremos de esperar até 2020.