Gearbox é processada judicialmente pelo compositor de Duke Nukem 3D

76

O compositor Bobby Prince está a processar judicialmente a Gearbox Software e o seu CEO, Randy Pitchford, por usarem a banda sonora de Duke Nukem 3D sem a sua devida autorização. O compositor exige agora uma indemnização pela infracção.

Bobby Prince (1992) compositor de DOOM, DOOM II, Wolfenstein 3D e Duke Nukem 3D.

Prince compôs a música e todos os efeitos sonoros de Duke Nukem 3D, lançado em 1996. A música foi licenciada pela Apogee, onde o acordo permitia a produtora usar a banda sonora em troca de royalties equivalentes a 1 dólar por cada unidade do jogo vendida. Assim, a Apogee nunca teve os direitos totais da banda sonora.

Quando a Gearbox adquiriu o direitos para o famoso shooter em 2010, a música não estava incluída, alega Prince. Segundo o site PC Gamer, quando o compositor soube da edição Dukem Nukem 3D World Tour para o 20º aniversário do jogo, contactou Randy Pitchford para informar sobre os tais royalties, isto caso desse uso ao seu trabalho. Ao apelo, Pitchford respondeu que “estaria a ser tratado”. Mas, parece que isso nunca aconteceu.

Duke Nukem 3D World Tour foi lançado no dia 11 de Outubro de 2016 e Prince alega não ter recebido quaisquer royalties sobre o uso da sua música. O caso segue para os tribunais