Firaxis ajuda fã no seu último desejo de jogar Marvel’s Midnight Suns

11

Poderá não ser o jogo do ano, mas Marvel’s Midnight Suns tem a sua base de fãs. O jogo foi lançado na passada sexta (a nossa análise está a caminho) mas a Firaxis ajudou um fã especial a jogá-lo um pouco antes.

Conta-nos o site GamesIndustry.biz que Luke Wiltshire tinha um desejo complicado. O jovem de 23 anos do Reino Unido sofria de uma doença terminal que combateu por 9 anos e o tratamento chegou ao limite do que era possível no final do ano passado. Na sua lista de desejos, estava jogar Marvel’s Midnight Suns mas o jogo ainda estaria a um ano do seu lançamento. Mas, nunca digam que a força humana não é heróica.

Segundo nos diz o artigo, Wiltshire era fã da Marvel e de videojogos mas o lançamento previsto para a passada sexta feira deste ano, efectivamente um ano depois, tornava impossível para este fã especial jogá-lo. Sabendo que lhe restava pouco tempo de vida, a instituição Solving Kid’s Cancer iniciou uma campanha de sensibilização para chamar a atenção da produtora. E a Firaxis ouviu.

A produção batalhou para criar uma build única do primeiro acto do jogo para Wiltshire testar, juntamente com uma edição especialíssima do mesmo. O jogo foi-lhe entregue em mãos por um representante da editora, além do jovem receber chamadas de alguns produtores do jogo. Toda esta experiência pode ser também acompanhada no blogue da Solving Kid’s Cancer.

De facto, como diz o CEO esta instituição Gail Jackson, “os heróis surgem de várias formas”. É uma história comovente de humanidade e de “ir mais além” para algo que ultrapassa margens de lucro ou relatórios comerciais. Luke Wiltshire faleceu apenas dias depois de jogar esta build especial, um dos seus últimos desejos. Tinha apenas 23 anos.

Se jogarem Marvel’s Midnight Suns, procurem na Abbey uma mensagem cravada numa árvore que diz: “Luke W Was Here” ou “Luke W Esteve Aqui” (imagem no topo). Agora já conhecem a comovente história por detrás desta mensagem.