Está feito! A EA concluiu a aquisição da Codemasters

39

Um pouco mais cedo que o previsto, uma vez que o processo estava para ser concluído no próximo mês, a Electronic Arts não perdeu tempo para anuncia a sua nova aquisição. A Codemasters é agora uma produtora EA e até já tem alguns novos projectos no horizonte.

Conforme temos vindo a falar, a EA adiantou-se à Take Two e apresentou uma proposta de aquisição de 1,2 mil milhões de dólares pela Codie. Uma quantia (para nós) impensável e que os accionistas da produtora prontamente aceitaram. Porque não o haviam de fazer?

A partir de agora, as licenças de jogos da Formula 1 e WRC (em 2023), assim como as franquias de sucesso DiRT, DiRT Rally, GRID e Project Cars, passam a estar no portfólio da EA. Contudo, segundo o CEO da EA Andrew Wilson, a Codie fará parte de um “poderio global em entretenimento de corridas”, o que poderá indicar uma possível integração na Codie noutras franquias da EA, como Need For Speed ou Burnout. Seria fantástico.

Por agora, contudo, não é claro o papel da Codemasters na família EA. Ao que tudo indica, a empresa manterá a sua estrutura actual, mas a EA é conhecida por reestruturar equipas e reorientar franquias de acordo com a sua estratégia. E também é sabido que costuma “purgar” equipas inteiras para as enviar para outros projectos e até de fechar alguns estúdios mais ou menos redundantes.

Nos próximos meses, a EA irá fazer uma auditoria à Codie e “estudar a melhor forma de trabalhar em conjunto da forma mais efectiva e eficiente”. Veremos o que dará este “casamento” milionário.