EA junta Criterion e Codemasters para o próximo Need for Speed

35

Como seria de esperar, a Electronic Arts quer capitalizar a sua nova mais valia. Agora que detém a Codemasters, vai unir a sua experiência com a da Criterion para trabalhar no próximo Need For Speed.

A série NFS, de facto, está a precisar de um rumo mais concreto. Com altos e baixos, nem todos os jogos da franquia foram bem sucedidos, uns por causa de questões técnicas, outros por causa de problemas de conceito. Com a “unificação” das equipas da Codemasters Cheshire e a Criterion baseada em Guildford, ambas no Reino Unido, pode ser que esse rumo seja encontrado.

A experiência da Codie em jogos de corridas de automóveis será realmente preciosa para uma série que tem perdido um pouco do seu ADN de simulação, em troca de uma experiência (algo falível) mais virada para o estilo “arcade”. A Criterion, por outro lado, tem estado a agir como estúdio de suporte para a DICE nas franquias Star Wars Battlefront e Battlefield.

Quanto à franquia Need for Speed, em 2020 soubemos que um novo jogo estaria parado, quando a Ghost Games perdeu o estatuto de produtora e o jogo foi devolvido à Criterion. Desde essa revelação, não mais se ouviu falar de um novo título. A julgar pelo anúncio de hoje, é possível que só agora vá “acelerar” a sério.