EA anuncia que skate. será free-to-play

19

Sim, o seu título foi uma vez mais mudado. De Skate 4, para Skate. e agora skate., o jogo não só recebe um título diminutivo, também o seu modelo de negócio o será.

A Electronic Arts e a produtora Full Circle confirmaram o que já se especulava por aí. Este será um jogo free-to-play com um modelo de “live service”, ou seja, com contínuas actualizações e adições de conteúdo, provavelmente com uma componente paga em microtransacções. De acordo com o director Chris Parry, esta não é bem uma sequela na série, nem um remake ou remaster, mas sim algo “diferente”.

Não é mesmo surpreendente que o jogo acabe por ser gratuito para jogar. Depois da enorme avalanche de críticas de quem o experimentou no início deste mês nos testes públicos no PC, ficou claro que este não era o jogo que todos esperavam. Grafismo pobre, animações toscas, imensos itens postos ao acaso, com apenas 1 ano e meio de produção, esperava-se um pouco mais. Agora, ficamos com a ideia que a intenção não é propriamente enveredar por um reboot da série.

Nos planos, a produção conta lançar skate. algures ainda neste ano, para as consolas PlayStation, Xbox e também para PC, garantindo jogabilidade e progressão entre plataformas (cross-play e cross-progression). Há ainda planos para uma versão do jogo mobile com as mesmas características.