E3 2020 cancelada pelo receio do COVID-19

83

Aquilo que já muitos estavam a prever aconteceu mesmo. A Electronic Entertainment Expo (E3) 2020, que deveria realizar-se entre 9 e 11 Junho deste ano em Los Angeles, Califórnia, foi cancelada. A organização avançou com a medida nas últimas horas.

E o culpado é o suspeito do momento, o COVID-19. A pressão para que diversos eventos sejam adiados ou cancelados tem sido enorme, com vários países a decretar proibições de aglomerações de pessoas em espaços abertos ou fechados. Na Califórnia onde a E3 teria lugar, foi decretado o Estado de Emergência desde que o surto de coronavírus se começou a espalhar sem controlo.

Notem que à hora desta notícia, o site oficial ainda não tem nenhuma nota informativa. A decisão foi enviada a todos os expositores e parceiros a nível interno e ainda não foi comunicada publicamente. Contudo, depois de uma confirmação da organização ao site Ars Tecnica, é mesmo certo que a E3 2020 foi cancelada na sua edição deste ano, não apenas adiada, como aconteceu com outros eventos.

A decisão da Entertainment Software Association (ESA) parece ser radical, embora a nota entregue aos associados e parceiros dê a indicação que é possível haver um evento online relacionado com a E3 no próximo Verão. Para todos os efeitos, porém, o tal famoso mega-evento de entretenimento em si, um dos maiores da indústria do entretenimento, incluindo o gaming, não se vai mesmo realizar.

Este é mais um revés na organização da E3, depois de diversas empresas e editoras terem perdido o interesse em estar presentes neste certame. A Sony PlayStation iria faltar pelo segundo ano consecutivo,  e a Electronic Arts iria ter a sua própria convenção, à margem da E3. Esse evento, já agora, o EA Play também deverá ser adiado ou cancelado, uma vez que deveria ocorrer nas mesmas datas. Veremos.

A E3 2020 tem perdido tracção também no interesse do público, com as empresas a preferir criar os seus próprios eventos, logicamente mais “controláveis” em termos de exposição e conteúdo. Por outro lado, a ESA tem sido alvo de algumas críticas, sendo a mais recente um plano (cancelado) de tentativa de controlo da opinião dos média. Com este cancelamento, o futuro da própria E3 é posto em causa. E este hiato não deverá beneficiar em nada a sua popularidade. Mas, obviamente, a saúde pública está primeiro.

Esta notícia segue-se a outras que temos dado de cancelamentos e adiamentos em massa, tanto lá fora, como no nosso próprio país. Como medida de contenção, o Governo de Portugal o adiamento ou cancelamento de eventos e actividades com largas assistências tanto ao ar livre como em espaços fechados, sobretudo no Norte do País.

As organizações de saúde a nível mundial recomendam evitar aglomerações de pessoas e evitar deslocar-se para localizações com infecções confirmadas. Como medidas de prevenção, devem lavar frequentemente as mãos, evitando levá-las à boca, nariz ou olhos e também evitar mesmo o contacto físico com outros.

Em caso de existência dos sintomas básicos relacionados com o COVID-19 (tosse, febre e dificuldades em respirar), devem contactar em Portugal o Serviço Nacional de Saúde via SNS24 no número 808 24 24 24.