Demonstração de Anthem será diferente do jogo final

272

A Bioware explica porque não devem avaliar o jogo final com esta demo.

Já estamos habituados a que as demonstrações sejam meras representações técnicas ou pedaços sucintos dos jogos que se avizinham. A demonstração de Anthem desta semana será também assim, com importantes diferenças que os jogadores devem ter em conta.

As diferenças foram assinaladas pelo produtor Mark Darrah da Bioware, através de diversos comentários e respostas na sua conta pessoal de Twitter. Algumas destas diferenças são óbvias, outras chamam a atenção para uma facilitação na progressão com o objectivo de deixar os jogadores experimentar uma boa parte da oferta por tempo limitado.

Para começar, Darrah infere que vamos iniciar a história “a meio” (já no nível 10), sem tutoriais e sem personalização do piloto. Explica que o balanceamento e a economia em jogo serão “super diferentes”, seja lá o que isso quer dizer. O produtor chega mesmo a dizer que a demo será “mais fácil” de jogar que o jogo final. Por isso, não será útil avaliar a jogabilidade apenas baseando-nos nesta demo em exclusivo.

Também só teremos um arco de história disponível, com a ideia que o balanço das missões estará um pouco diferente. Também segundo Darrah, os controlos da versão PC serão um pouco melhorados no jogo final, usando o teclado e rato para voar. Curiosamente, nos comentários destas publicações, outro produtor Michael Gamble junta-se à conversa, dizendo que testaram o jogo no PC usando o comando Sony Dualshock 4, uma alternativa a ter em conta se os controlos não corresponderem como o esperado.

Já sabem que a demonstração fechada (VIP) de Anthem desta semana, arranca na Sexta-feira dia 25 de Janeiro, às 17:00 (hora de Lisboa) na PlayStation 4, Xbox One e PC. Para ter acesso garantido à demo só através da pré-encomenda do jogo, recebendo um acesso VIP aos testes. Cada VIP poderá depois mencionar um amigo para ter igualmente acesso. Esta demo fechará servidores no Domingo dia 27, à mesma hora.

Na próxima semana, mais precisamente no dia 1 de Fevereiro, arranca a demonstração aberta do jogo. Desta feita, todos os interessados terão acesso à mesma, sem quaisquer pré-requisitos. Arrancará no dia 3, também às 17:00 (hora de Lisboa), igualmente na PlayStation 4, Xbox One e PC, terminando no Domingo dia 3, à mesma hora.

Notem que, apesar de em muitos locais ser denominada como “beta”, esta demonstração não visa testar muita coisa no jogo. Esta é uma build antiga, criada de propósito para efeitos demonstrativos (marketing), alegadamente já com imensas correcções e melhorias feitas ao jogo final. Daí a importância das observações e comparações de Mark Darrah.

A pergunta que fica no ar é: porque vamos jogar uma build que não corresponde ao jogo final, sob risco de dar má imagem do conteúdo e dos bugs nesta fase tão crítica? Ou a demo é mesmo boa, ou teremos críticas inevitáveis, que a produção realmente não precisa agora.

Anthem será lançado a 22 de Fevereiro para a PlayStation 4, Xbox One e PC. Jogadores que subscrevam o EA/Origin Access começam a jogar logo no dia 15 de Fevereiro.