Cyberpunk 2077 vendeu 13 milhões de unidades

28

Nem só de más notícias se fala do lançamento de Cyberpunk 2077. Perante todos os desaires nas várias versões, entre consola e PC, o jogo é, mesmo assim, um sucesso de vendas. Resta só saber se o será por mais tempo.

Embora este tipo de notícias soe mal nas circunstâncias recentes, a CD Projekt RED pode celebrar 13 milhões de unidades vendidas até 20 de Dezembro. Esta marca foi atingida entre versões digitais e físicas, tanto nas consolas PS4 e Xbox One como no PC. Obviamente, estes dados não devem contemplar pedidos de reembolso.

Considerando que o jogo teve 8 milhões unidade pré-encomendadas, são cinco milhões de unidades vendidas pós-lançamento. O que é francamente um dado curioso dadas as análises, vídeos e opiniões adversas com que foi inundado nos primeiros dias.

Conforme recordarão, a produtora sabia dos problemas do jogo e mesmo assim decidiu avançar com o lançamento, obrigando a um pedidos de desculpas aos fãs e à decisão da remoção do jogo na PlayStation Store, causando quebras no valor das acções da CDPR e a ira dos investidores, alguns a ponderar acções judiciais.

Na nossa análise a Cyberpunk 2077, dissemos que “os seus problemas técnicos impedem-no de brilhar, oferecendo momentos frustrantes de falhas técnicas que não fazem sentido num jogo com esta ambição, dimensão e investimento”. Ainda há esperança para este jogo, resta saber se a produção está à altura de o recuperar.