Crítica arrasa série Resident Evil na Netflix

90

Nem todas as adaptações de videojogos para TV ou cinema correm bem. Temos visto autênticos desastres em algumas adaptações. Contudo, talvez a série Resident Evil na Netflix receba o “prémio” da pior de todas.

Não gostámos da série Halo e muita gente concordou connosco. Ainda assim, a série ainda recebeu algumas avaliações positivas graças ao seu visual e design próximo dos jogos. Também o filme Monster Hunter podia muito bem nem acontecer mas até foi um bom filme de acção, com bons efeitos visuais. E  ainda hoje estamos à espera de uma boa adaptação de Resident Evil. Nem no cinema, nem na televisão, pelos vistos.

Não há grande optimismo em torno desta franquia porque, mais uma vez, as avaliações desta última série de TV adaptada pela Netflix parecem provar que a produção não entende o que tem em mãos. Neste momento no site de meta-avaliações Rotten Tomatoes, agrupa 35 análises de críticos com uns desapontantes 51% de avaliação. Piores estão as críticas do público, com mais de 1100 análises a dar-lhe apenas 25% de avaliação.

Com estes valores, esta é, para já, a quinta pior série da Netflix do momento neste site, a nível de avaliações da crítica (Tomatometer) e de pontuação da audiência. Pior neste site só, mesmo uma série sobre bem estar feminino, outra de matrimónios forçados, outra de designers de interiores amadores e uma outra estranha série de encontros com pessoas disfarçadas de monstros… ok!

Logo que o primeiro trailer desta série foi mostrado, muitos tornaram-se cépticos quanto à sua abordagem e design geral, entre o futurista e o pós-apocalíptico. Também a falta de nomes sonantes no elenco principal deixou poucas expectativas. De facto, apenas o aclamado Lance Reddick (Horizon: Zero Dawn) no papel de vilão parecia não chegar.

Entre as maiores críticas do público, está a completa descolagem com o lore dos jogos, algo que os filmes também fizeram, até ganharam o seu protagonismo mas tornaram-se irrelevantes para os fãs dos jogos da Capcom. A não ser que uma segunda temporada (se é que vai acontecer) redima esta série, é mais uma página triste para estas histórias de terror.