Criterion já tinha tentado fazer um NFS

1257

Segundo o site Gamerzines a Criterion já tinha abordado em 2002, a Electronic Arts para fazer um Need for Speed, revelou Craig Sullivan, designer da Criterion.

Tudo começou em 2002, depois da produção de Burnout 2, tentaram negociar um jogo de carros intitulado de Need for Speed Split Second, no entanto, esta produção não foi para a frente porque parte de equipa da Criterion estava a trabalhar numa sequela do clássico Skate or Die da Commodore 64, um jogo “secreto” que o estúdio tinha concordado desenvolver directamente para a própria EA…

A Criterion convocou uma reunião com a Electronic Arts e disse que não podia desenvolver o Need for Speed e a EA  não achou muita piada e chegou mesmo ameaça-los com um processo que os poderia afastar da área.

A EA ficou com uma má impressão tão grande que chegou a telefonar à Criterion dizendo que não conseguiam trabalhar mais com eles e que era uma companhia vergonhosa. Porque os humanos são falíveis em todos os aspectos.

No fim, tudo acabou por se resolver e foi dada outra oportunidade a Criterion para desenvolver o Burnout 3: Takedown, um dos melhores da série, diga-se de passagem.
Este ano sairá em Novembro o novo Hot Pursuit pelas mãos da Criterion Games.