CD Projekt RED suspende vendas para Rússia e Bielorrússia

23

À luz dos movimentos políticos, económicos e sociais que visam retaliar a invasão da Ucrânia pela Rússia, várias entidades têm vindo a juntar-se no protesto. A CD Projekt RED também luta à sua maneira.

A CDPR está a travar as vendas dos seus produtos em formato físico e digital em territórios da Rússia e do seu aliado Bielorrússia. Esta suspensão afecta também a sua loja digital GOG.com. A medida será implementada em conjunto com os parceiros do grupo CD Projekt, o que até poderá envolver a distribuição de jogos de terceiros.

As consequência desta decisão não afectam apenas os jogadores Russos e Bielorrussos, já que a CDPR tem nestes dois países cerca de 5.4% das suas vendas totais e 3,7% das vendas via GOG.com. Há claramente repercussões económicas desta decisão.

Esta é apenas uma das várias empresas que decidiram unir-se em protesto pela invasão da Ucrânia. Ainda hoje soubemos que a EA decidiu remover equipas e selecções Russas de FIFA 22 e NHL 22. E também já temos vindo a falar de como outras empresas decidiram restringir ou mesmo banir acessos vindos do país invasor. Esta é outra “guerra”, felizmente menos sangrenta que aquela que vemos na televisão nestes dias.