CD Projekt RED suspende vendas de Cyberpunk 2077 na PS Store

125

Ainda a “novela” Cyberpunk 2077. Por causa dos enormes problemas técnicos do jogo nas consolas, problemas esses “ignorados” pela produção, a CD Projekt RED deu a opção de pedir reembolsos nas lojas aos jogadores insatisfeitos. Nem isso correu bem. 

Acontece que, como também já tínhamos avançado, a Sony estaria a recusar reembolsos aos jogadores, pedindo que aguardassem pelas actualizações que deveriam corrigir os problemas. Subitamente, a CDPR removeu a sugestão de pedir reembolso na PlayStation Store, preferindo que a contactassem directamente com um email directo.

Notem que não foi reportada nenhuma questão pela mesma solicitação de reembolso no lado da Xbox Store, com a empresa a garantir reembolsos para quem o pede na versão digital da Xbox One. Contudo, hoje a produtora deu um passo adicional, removendo o jogo por completo da PlayStation Store numa medida temporária.

Segundo o comunicado acima, porém, há agora um formulário especial na própria PlayStation para solicitar o reembolso. A produção reitera que vão continuar a trabalhar no jogo para “melhorar a experiência” e estão a “trabalhar afincadamente para trazer [o jogo] de volta à PlayStation Store o mais rápido possível”.

Não duvidamos do empenho da CDPR para resolver este enorme rodopio em que a própria produtora e editora se colocou. A remoção do jogo da loja evita que mais pessoas o comprem entretanto e que se juntem ao lote de insatisfeitos, ao mesmo tempo que não tentam activar os canais normais de reembolso na própria loja PlayStation.

Entretanto, até à data, ainda não foi lançada nenhuma actualização de título para resolver os problemas mais graves do jogo, tanto na PlayStation 4, como na Xbox One. Já passaram oito dias desde o lançamento e as reclamações (e memes) em volta deste jogo não parecem abrandar.