Battlefield V recebe última actualização em Junho

21

É o fim anunciado de mais um ciclo para a DICE e para a série Battlefield. O seu mais recente título, Battlefield V prepara-se para receber a sua última actualização e, depois, deverá começar a dar o seu lugar ao próximo jogo da franquia.

Segundo a DICE, a actualização de Junho será a derradeira a trazer novas armas, mapas, modos de jogo, cosméticos e/ou desafios para o jogo. É possível que outras actualizações surjam depois, mas apenas de ajustes ou correcções de erros. É o anúncio do fim de 20 meses de suporte contínuo, com bastante adição de conteúdo, mas também inúmeros ajustes na jogabilidade, alguns que os fãs não gostaram particularmente.

O actual capítulo Into the Jungle terminará no dia 29 de Abril e não haverá um novo capítulo que dê continuação à actual campanha do Pacífico na campanha Tides of War. O que é algo estranho que assim seja, uma vez que a produção tinha afirmado que este jogo iria replicar todas as principais batalhas da Segunda Guerra Mundial, inclusive nesse palco oriental com tanto por abordar.

Ainda assim devem esperar algum novo conteúdo. A actualização parece trazer novas armas e um novo balanceamento (outro) na jogabilidade. Confirmado está apenas um mapa, ao que parece localizado na Líbia (imagem em cima). Após esta última actualização, a DICE prevê apenas eventos semanais, como a #FridayNightBattlefield que contém recompensas e ofertas de moeda de jogo, além da possibilidade de adquirir equipamento de episódios anteriores. De resto, nada mais.

Segundo a produtora, esta simplificação de conteúdo deve-se às limitações de trabalho causadas pelas medidas de isolamento social. Essas limitações também poderão adiar o próprio lançamento desta última actualização de Junho.

Mesmo com essas contingências, parece uma despedida pouco inspirada da DICE para este jogo, que ainda é o seu . Pelo menos um último episódio seria de prever, essencialmente concluindo com mais conteúdo a bastante popular campanha do Pacífico.

Quase dois anos depois, Battlefield V não parece ter atingido as expectativas dos jogadores. O regresso às origens da franquia com a Segunda Guerra Mundial foi bem vindo mas as extensas alterações na História e o formato de conteúdo online por capítulos, dividiu a comunidade. E ficou sempre no ar a ideia que a produção nunca soube lidar com a crítica.

Talvez por isso, saia de cena com um mero “fechar de porta”, ao invés de uma grande “explosão”. Na nossa análise, aquando do lançamento, dissemos que este jogo tinha “fortes argumentos para ser o shooter que muitos queriam”. Infelizmente, esse potencial nunca se confirmou, muito por culpa da falta de rumo da produção.