Anunciada sequela de Cyberpunk 2077 e nova trilogia The Witcher

26

A CD Projekt anunciou a sua estratégia nos próximos anos para as suas duas principais franquias. Além de uma sequela para Cyberpunk 2077, também uma nova trilogia The Witcher foram anunciadas.

O vídeo de actualização para investidores é apresentado pelo presidente da CDPR, Adam Kicinski e tem a participação de mais elementos da empresa. O intuito é explicar os planos a médio e longo prazo para a empresa. Ora confiram o que está na forja:

A sequela de Cyberpunk 2077 tem o nome de código Project Orion, que vai tentar explorar “todo o potencial deste universo”. Soa francamente familiar porque foi mais ou menos o mesmo discurso aquando do primeiro jogo. Esperemos sinceramente que corra melhor que o título original.

Quanto a The Witcher, um dos novos títulos em pré-produção tem o nome de código Project Sirius, um novo “conceito inovador” concebido em parceria com o estúdio The Molasses Flood. Este estúdio, já agora, foi recentemente adquirido pelo groupo CD Projekt.

Na mesma série teremos Project Polaris e pretende continuar a história deixada por The Witcher III com três novos RPGs. Notem que estes jogos estão a ser produzidos internamente e o intuito é lançar estes três jogos no espaço de seis anos. Este é o mesmo projecto que já conhecíamos, feito em parceria com a Epic Games.

O último projecto nesta franquia chama-se Project Canis Majoris que está nas mãos de um estúdio externo de ex-elementos da CDPR. Trata-se de um RPG a solo em mundo aberto e é descrito como um “projecto completo”.

Como se isto tudo não bastasse, há ainda um outro projecto misterioso e que já está igualmente no horizonte. Aparentemente, nada tem a ver com estas duas franquias já mencionadas. Chama-se Project Hadar, entrou em produção no ano passado e está a ser produzido internamente.

Depois do sucesso da série The Witcher que realmente fez este estúdio Polaco crescer, Cyberpunk 2077 veio descarrilar toda a confiança de fãs e investidores. Aliás, depois do lançamento do jogo a produtora e editora passou por um mau período, tendo até sido atacada por piratas informáticos. O futuro, no entanto, parece bem alicerçado. Boa sorte, CDPR.