Ajudem jogando com Help: The Game

911

A indústria dos videojogos é um negócio de milhões. Porque não pegar numa boa porção dos lucros e ajudar que precisa? Esta é a premissa da colecção Help: The Game. Na verdade, não é um jogo, mas um conjunto de títulos e ao comprá-lo estão a ajudar os que nem jogar podem.

Os estúdios Creative Assembly, Bossa Studios, Curve Digital, Hardlight, Modern Dream, Rovio Sweden AB, Spilt Milk Studios, Sports Interactive, Sumo Digital, Team 17 e o produtor Torn Banner juntaram-se para criar 12 títulos originais num espaço de seis dias, em regime puramente voluntário e sem fins lucrativos.

Estas mentes famosas criaram 10 títulos de diferentes categorias. São eles: 10 Minute Tower, A Verdant Hue, Anthelion, BlockAid, Captain Curve’s Intergalactic Space Adventure, Emily: Displaced, HELP: THE GAME, Malkia, NeverMine, Octamari Rescue, Rise, Savana e Splash Bash. Claro que são todos jogos de pequena dimensão e nenhum possui grande produção, mas não é essa a intenção, como devem calcular.

Os lucros da venda destes jogos vão directamente para a organização War Child que se especializa em dar apoio a mais de 230 milhões de crianças afectadas pelas guerras no Afeganistão, Iraque, Jordânia, Uganda, Congo e República Centro Africana. Segundo a organização, “mais de metade das pessoas afectadas por conflitos são crianças, embora menos de 5% da ajuda humanitária seja dedicada a protegê-los e a educá-los”.

Está nas vossas mãos ajudar uma criança por cada vez que compram este jogo. E não custa muito ajudar. Help: The Game está disponível na plataforma Steam por apenas 14,99€. É uma das raras oportunidades em que podemos usar o nosso vício para espalhar algum bem.