Afinal, porque se chama eSports PES 2020 assim?

138

A explicação oficial até faz sentido.

Quando a Konami anunciou a sua edição deste ano de Pro Evolution Soccer, anunciou também uma nova era. Não só a nível de qualidade da simulação, mas no próprio foco da série. E, para isso, chamou o novo jogo de eSports PES 2020.

Claro que ficou logo no ar a dúvida sobre este nome. Uns especularam que seria a tentativa da produtora e editora nipónica de dar menos relevância ao termo “soccer”, uma palavra “americanizada” para o que conhecemos como “Futebol” (ou “Football”). Para outros, a Konami quis simplesmente relançar a marca com uma nova designação. Por cá, pensámos noutra hipótese, que o foco agora fosse mais os eSports. Finalmente, a Konami explica oficialmente os seus motivos para alterar o título. E não estávamos longe, até.

A explicação veio de uma comunicação por parte de Lennart Bobzien, o director de marca da Konami para a Europa. “Queremos colocar um foco maior nos eSports”, explica. “No passado já tivemos competições como a PES League e a eFootball Pro. (…) Pensámos que, por implementar (o eFootball) no nome do produto, estamos a fazer uma afirmação (…) de que os eSports são uma importante componente doravante”. 

Até faz bastante sentido, esta posição. Contudo, ainda não ultrapassámos a ideia que eFootball Pro Evolution Soccer é um título perfeitamente redundante e, convenhamos, algo caricato.

eFootball PES 2020 tem data de estreia para 10 de Setembro. Já podem jogar a demo disponível na PlayStation 4, Xbox One e PC.