Actualização do Windows 10 pode dar um boost nos jogos

64

Os jogadores do PC já estão bem habituados a espremer “fps” dos seus jogos. E além de inúmeras optimizações possíveis em vários jogos, de vez em quando os próprios sistemas operativos dão uma ajuda. É o caso da Actualização de Maio do Windows 10.

A grande novidade é o HAGS, mais conhecido como Hardware-Accelerated GPU Scheduling, ou na nossa língua traduzido livremente, “Agendamento Acelerado pelo Hardware no GPU”. O que esta nova função permite é passar a gestão da memória gráfica do CPU para o GPU. O que significa que o CPU pode ser libertado de algumas equações e, assim, em teoria, ganhar um boost de permance em aplicações aceleradas graficamente, ou seja, nos jogos.

Contudo, é preciso reunir algumas condições. A mais evidente é actualizar tanto os drivers da placa gráfica, como o próprio Windows 10. Infelizmente, a chamada actualização de Maio de 2020, também conhecida por actualização “2004” não está disponível em todos os territórios ou computadores, uma vez que a Microsoft está a lançar esta nova versão de forma faseada e a corrigir alguns bugs encontrados recentemente.

E mesmo que tenham tudo “em dia”, até é possível que nem todos notem grandes aumentos de fps ou de performance geral. Ainda assim, se reúnem as condições, não perdem nada por experimentar. Dependendo também da capacidade do harware em si, há jogadores que reportam aumentos entre 5 a 10FPS, o que pode fazer a diferença em alguns jogos. Então damos os devidos passos:

Pré-requisitos na vossa placa gráfica Nvidia:

  • Garantam que possuem a última actualização de drivers oficiais Nvidia GeForce. A mais recente à data desta notícia é a versão 451.48, a primeira a incluir suporte para HAGS. Se, por ventura, a vossa gráfica não suportar este driver, também não será compatível com esta nova funcionalidade.

Pré-requisitos na vossa placa gráfica AMD:

  • Garantam que possuem a última actualização de drivers oficiais da AMD. Contudo há uma restrição neste caso. A única versão que suporta HAGS é a Edição 20.5.1 Beta do software Adrenalin 2020, mas esta versão, não só é Beta e, por consequência, possivelmente instável, como só suporta as séries de placas gráficas Radeon RX 5600 e 5700.

Pré-requisitos no vosso Windows 10:

  • Garantam que possuem o Windows 10, versão “2004” (podem escrever “winver” na linha de comandos do Win10 para saber qual a versão que possuem). Caso tenham uma das versões anteriores, a “1903” ou “1909”, devem correr manualmente o Windows Update e esperar que termine de actualizar. Pode ser possível descarregar uma ferramenta de actualização adicional que obrigue a alguns reinícios.

NOTA: Como já avançamos, esta actualização pode não estar disponível no vosso PC. Nesse caso, pode surgir um aviso na página de actualizações a dizer que o vosso PC ainda não está pronto para receber a actualização “2004”. Devem aguardar e é aconselhado não forçar esta actualização, uma vez que podem surgir problemas com hardware mais antigo.

Procedimento para activar o HAGS no Windows 10:

  • Carreguem com o botão direito do rato no ambiente de trabalho e escolham a opção “Opções de Visualização” ou “Display Settings”.
  • Nesta nova página, escolham a entrada “Opções Gráficas” ou “Graphics Settings”. Aqui encontrarão a opção para activar o HAGS. A opção de taxa de refrescamento variável é opcional. Poderá ser necessário reiniciar o PC depois de escolhida a activação.

Nos testes que fizemos, notámos um menor uso de memória a correr alguns jogos, valores obviamente variáveis entre os vários títulos. A nível de fotogramas por segundo (fps), notámos um ligeiro aumento, na ordem dos 5 fps (média) em vários jogos. Obviamente, que mais títulos serão optimizados de modo a tirar proveito do HAGS e estes “boosts” poderão ser mais significativos.