Longe vai o tempo dos teclados simplistas, monocromáticos, sem iluminação ou decoração. A Razer foi uma das principais produtoras de teclados com decoração diferente e iluminação colorida. Contudo, há sempre margem para personalizar ainda mais. E este Razer PBT Keycap Upgrade Set é mais que um kit decorativo.

Regra geral, os primeiros teclados sempre foram de cor creme ou num tom claro. A moda, depois, passou para teclados pretos, muito por culpa da tendência de outros dispositivos e electrodomésticos da mesma cor. Com o advento dos dispositivos para Gaming, apareceram teclados com iluminação, primeiro de um só tom, mas depois de várias cores e efeitos. De há uns anos para cá, também apareceram teclados com plástico colorido, tanto no chassis como nas teclas. E há mesmo alguns com teclas de cores e materiais diferentes, por exemplo nas teclas de gaming, como as teclas de cursor, o WASD e outras. É para quem procura algo assim que a Razer criou este kit. Assim podem personalizar as teclas sem ter de comprar um novo teclado.

Uma das vantagens dos teclados da Razer, sejam de membrana, mecânicos ou ópticos, é a facilidade com que podemos remover teclas para, por exemplo limpar o chassis. Aliás, o design dos seus teclados mais recentes, em plataforma elevada, evita a acumulação de sujidade e pó. Por outro lado, havia aqui um enorme potencial de troca de teclas. Ainda é possível adquirir um conjunto de teclas de metal para os seus teclados, um upgrade algo dispendioso, limitado em teclas específicas e só mesmo para os mais dedicados. Contudo, este novo kit pode substituir teclados completos (com limitações que já falarei) e é concebido num material bem menos dispendioso mas igualmente mais resistente.

Trata-se de PBT (polybutylene terephthalate). Este é um polímero termoplástico de elevada robustez, um tipo de poliéster de grande resistência mecânica. Segundo a Razer é “mais rijo e duradouro” que o plástico ABS ou PVC normalmente usado para estes fins. Embora não me recorde de nenhum caso em que uma tecla tenha “partido” com o uso, é muito vulgar as teclas perderem a sua textura e ficar meio “polidas” ao fim de um tempo. A promessa da Razer é que este kit neste material traz um conjunto de teclas mais sólido e que mantém o seu aspecto e textura por mais tempo, mesmo após uso intensivo. Não posso bem atestar esse uso intensivo porque só daqui a uns anos é que terão essa verdadeira prova. Mas, falo do que pude testar nestes últimos dias.

O que posso dizer é que este novo plástico usado, de facto, parece mais robusto. Aliás, as teclas possuem uma sonoridade diferente, muito por causa da grossura do material usado. Usei estas teclas no nosso recentemente analisado Razer BlackWidow Elite, mas a Razer afirma que é compatível com quase todos os teclados mecânicos e ópticos da marca (e não só). É perfeitamente discutível esta compatibilidade, até porque a altura das teclas é diferente dependendo dos modelos. Se o intuito for trocar todas as teclas pelas novas, de facto este problema não se coloca. Se a intenção apenas trocar algumas teclas, porém, convém que se certificam que têm todas a mesma altura.

Podem escolher uma de três cores, preto, branco, cor-de-rosa ou verde fluorescente. Todas as teclas são translúcidas no seu texto gravado (vejam abaixo um senão neste ponto), perfeitamente compatíveis com o sistema Razer Chroma. No pacote, encontrarão todas as teclas possíveis num teclado, inclusive as teclas de numpad (teclado numérico) de função ou as teclas de maiores dimensões, como os enters, a barra de espaços ou os shifts. Estas teclas, já agora, possuem diferentes tipos de adaptadores e as barras especiais para cada modelo. Também incluído no pacote está uma importante muito útil ferramenta para sacar as ditas teclas. Não precisarão de outra ferramenta para o efeito.

Antes de falar na utilização, tenho de realçar um pormenor muito importante deste kit. Infelizmente, só está disponível em dois tipos de disposição ou layout: Americano ou Britânico. Tal como na mais recente linha de teclados ópticos da Razer, parece que o layout Português não é prioridade para a Razer, o que me impediu de redecorar todo o meu Blackwidow Elite, este em com layout Português. Certas teclas, com as de acentos ou pontuação, não são bem iguais. Embora isto não afecte a operação das teclas em si, o que apresentam na gravação da tecla pode não corresponder a essa função. Ou então a tecla nem sequer existe no layout anglo-saxónico, com é o caso do “Ç”, por exemplo.

Outro pormenor que não gostei muito tem a ver com o material translúcido. Para garantir a leveza das teclas, sem comprometer sua capacidade de passar a iluminação do LED na base, a camada de tinta, no nosso caso verde, não é muito densa e não faz um bom trabalho a conter a luz. Para dar o efeito desejado, que é passar a luz apenas no recorte das letras, símbolos ou números, acaba por ter um “bleed” acentuado, que não acontece nas teclas pretas, por exemplo. Mais uma ou outra camada de tinta ou uma protecção adicional interior seria ideal. Podem ver o que falo na galeria em baixo onde se nota bem como as teclas rosa e verdes sofrem deste problema.

Se estiverem na disposição de ignorar estas questões de luz e de layout incompatível com algumas teclas, o upgrade, ainda assim é francamente notório. Já falei na sonoridade diferente das teclas que, aliado ao feedback do sistema de switches mecânicos, é algo muito bem vindo. Contudo, o principal efeito que obtemos é uma textura de “teclado novo” que dá sempre outro prazer a “teclar”. Poder personalizar teclas importantes, como o WASD, os cursores ou barra de espaços também facilita a operação em jogo, realçando estas teclas muito além de que é possível com as luzes Chroma. Em teoria, pela rigidez notória da tecla, também a performance será melhor. Mas, este pormenor é mais difícil de provar num teclado mecânico já tão eficiente.

Veredicto

Tudo serve para nos dar mais personalização e mais opções cosméticas no mundo do gaming. Se estas teclas em PBT possuem maior durabilidade, então, são só vantagens para os jogadores mais exigentes. O Razer PBT Keycap Upgrade Set está disponível a um preço simpático (€34.99) para esses jogadores, disponível em quatro cores e de fácil instalação. Infelizmente, não é possível personalizar por completo os teclados que não sejam de layout US/UK. Ainda assim, conseguem-se padrões interessantes nas teclas mais relevantes. E já sabem que todos os gamers gostam de ter algo único nas mãos.