Com tantos anos de mercado, os Razer Kraken não parecem perder o ritmo, tendo tantas versões e adaptações ao longos dos anos. Os auscultadores Razer Kraken para Consolas têm duas ideias claras em mente: qualidade e versatilidade, agora nas consolas.

A Razer dispensa apresentações. Mas, nunca é de mais dizer que, ao longo dos anos, consolidou-se como uma das grandes marcas tecnológicas dedicadas ao mundo dos jogos. E tem uma presença especialmente marcante no áudio. Nesse sentido, tivemos, mais uma vez, a possibilidade de testar um novo modelo da sua linha de auscultadores mais famosa. Passámos alguns dias com estes Razer Kraken para consolas e agora estamos prontos para dizer o que encontrámos. Já tivemos contacto com os colossais Razer Tresher mas, para muitos, os auscultadores precisam de cabo para uma melhor experiência na PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch ou qualquer outro dispositivo de gaming. Se pensam assim, então continuem a ler.

O impacto visual é quase tão importante quanto o som. Afinal, é isto que vamos “usar” durante algumas horas a jogar. No que diz respeito ao modelo Kraken, estamos perante um daqueles casos em que a estética e a aparência já fazem ver que temos em mãos um produto de qualidade. É verdade que o design não tem mudado ao longo dos vários modelos. Há algumas variantes nas almofadas e é tudo mas, no geral, a Razer tem mantido o seu design base. E porque haveriam de mudar se simplesmente funciona? São leves, robustos e duradouros. Não é preciso pedir mais nada.

Destacam-se de outros modelos Kraken na sua cor. O clássico verde da marca, dá lugar a uma elegante combinação de preto e azul escuro. E é tudo o que os “olhos comem”. Os acabamentos estão acima da média para auscultadores desta faixa de preço (P.V.P. 79,99€), tendo a rigidez do plástico e a estrutura interior da bandolete em alumínio para maior durabilidade. Sem esquecer, claro, o espesso forro para o conforto.

Este modelo foi projectado especificamente para funcionar nas consolas, como já perceberam. No entanto, desta vez não estão retidos a um só modelo, sendo compatíveis com a Xbox One, PlayStation 4, Nintendo Switch e até com o PC, dispositivos móveis e quase todos os equipamentos com uma entrada de áudio de 3,5 mm. O azul dá a entender que é desenhado para a PS4, mas não se deixem enganar.

A estética é um factor importante que faz estes ou outros auscultadores destacarem-se da concorrência. No entanto, em última análise, a qualidade de som é o elemento que é levado mais em consideração no momento da compra. Nesse sentido, os Razer Kraken para consolas apostam mais na versatilidade citada do que um som tecnologicamente evoluido, como os Razer Nari Ultimate, por exemplo. É algo absolutamente lógico, uma vez que este modelo pertence a uma gama inferior, como o preço indica. De qualquer das formas, o seu som é bastante claro e agradável a todos os tipos de experiências.

Usei os Razer Kraken para Consolas na maior parte do tempo com o novo Star Wars: Squadrons. Apesar de possuir bons agudos, os graves não são os mais espetaculares que já ouvimos dentro da gama Kraken. O melhor elemento deste modelo em questão é a sua versatilidade, de facto. Permitiram ligá-lo a qualquer consola, optando por ligá-los nos comandos PS4 ou Xbox One sem problemas. Também achei o seu preço ideal para quem procura um produto de gama média, que não seja “prejudicial ao bolso”. Também é importante destacar que o conforto é garantido, mas já estamos bem habituados ao conforto desta linha de auscultadores.

Como mencionei anteriormente, a solidez dos materiais é essencial para que o produto dure mais tempo. O melhor é que os materiais não tornam os auscultadores pesados. Acho que têm o peso ideal para saber que estão na nossa cabeça mas sem magoar durante as várias horas de uso. Uma das chaves para esse conforto são as almofadas com gel que permitem ter os ouvidos a uma temperatura adequada. Na verdade, o espaço interno de cada uma das almofadas é tão amplo que, no meu caso em particular, encaixei totalmente as orelhas. Mesmo que esse não seja o vosso caso, as almofadas são macias o suficiente para que não se sintam desconfortáveis em nenhum momento, principalmente para quem usa óculos.

Além dos materiais, a conveniência destes Kraken também reside no seu microfone retráctil. Por defeito, o microfone fica escondido no lado esquerdo e pode ser colocado na posição que preferirem a qualquer momento. Além da boa qualidade de captação do som, o microfone é unidirecional, por isso, não capta nenhum outro som que não saia da boca. No cabo dos próprios auscultadores temos um pequeno e útil controlo remoto, com botões para aumentar e diminuir o volume ou até silenciar o microfone. Curiosamente, este foi um dos nossos principais pontos negativos em toda a série Kraken. Finalmente, Razer!

Veredicto

Não é muito fácil encontrar auscultadores que se adaptem a qualquer situação. No entanto este Razer Kraken para Consolas faz isso muito bem. Tem uma utilização muito simples e o som é nítido e claro. Os graves podem não ser os melhores que já escutámos, mas também não podemos esquecer a sua versatilidade e conforto. Os 79,99€ de preço torna-os acessíveis para muitos bolsos e oferecem um bom equilíbrio entre qualidade e preço. Podem ser um pouco volumosos para uso externo, mas seu microfone retrátil permite esse uso, ainda assim. Dentro desta gama, dificilmente encontrarão um produto de tão boa qualidade que seja compatível com quase tudo, sejam consolas, o vosso computador ou os dispositivos móveis.