Análise – Volante Thrustmaster T248 (Actualização Xbox)

271

[Análise Original de 11 de Outubro de 2021] O novo volante Thrustmaster T248 é o novo modelo da Thrustmaster que será lançado durante este mês de Outubro. É compatível com PlayStation 5, PlayStation 4 e PC e inclui no seu interior novas tecnologias para maior precisão e mais durabilidade. Acelerem connosco na nossa análise em vídeo acima!

[Actualização Thrustmaster 248X] 6 meses depois da nossa análise o Thrustmaster T248 continua a acompanhar-nos no dia a dia nos mais variados títulos de corrida. Estamos de volta para vos falar um pouco da nossa experiência, ao mesmo tempo que este modelo é agora lançado para as consolas Xbox, mantendo todas as características que nos fez apaixonar pelo original.

Este volante tem-nos acompanhado em títulos como Assetto Corsa Competizione, DiRT 2, Gran Turismo 7 e F1 2021. A sua compatibilidade e performance são realmente incomparáveis com estes títulos tanto na PlayStation, como no PC e agora nas consolas Xbox. Regra geral, aumentamos sempre o nível de Force Feedback ao máximo para sentir qualquer indício de oversteer ou perda de tracção na traseira dos carros.

O feedback deste volante pode não ser o mais robusto que já vimos mas é essencial para perceber claramente a aderência dos pneus no asfalto. Mesmo a diferença de downforce em altas e baixas velocidades é perceptível, sem comprometer o controlo do carro em curvas mais lentas. Outro ponto a favor é a precisão do volante, conseguindo o ápice da curva e e controlar trajectórias na saída. Não há qualquer momento de incerteza, como acontece noutros volantes, onde se pode perder por completo a imersão por qualquer falha na arquitectura.

Um dos jogos mais gostamos de o usar é em DiRT 2. Não só nos divertimos, como exercitamos os braços. A sensação de derrapagem em terra batida ou até mesmo na nave é genial, permitindo controlo quase total sobre o nosso carro. Infelizmente, não tivemos a oportunidade de experimentar este jogo com a manete de velocidades (vendida separadamente). De qualquer forma, a caixa sequencial através das patilhas do volante foi mais do que válida também para este género de condução.

O modelo original foi redesenhado para corresponder aos padrões de licenciamento das consolas Xbox. As únicas diferenças no volante estão, obviamente, nos botões de estilo Xbox e a programação no seu interior para ser compatível com as consolas da Microsoft. De resto, é o mesmo modelo original, incluindo o sistema Hybrid Drive para um Force Feedback mais versátil, patilhas das mudanças magnéticas e o ecrã no centro para mostrar as informações do jogo, tais como velocidade, RPM e voltas das pista.

Podemos dizer agora que, ao fim deste tempo e com o novo modelo para Xbox, o T248 representa um ponto de partida perfeito para quem quer entrar no mundo das corridas de simuladores. Portanto, se possuem a ambição de se tornarem num piloto de corridas mas ainda não têm um orçamento digno de um contrato com uma equipa profissional, este volante pode ser um excelente investimento inicial, agora disponível para as três principais plataformas de videojogos.