Testámos a Nintendo 2DS

2817

Estava eu a navegar na timeline, daquela rede social conhecida, quando vejo uma imagem da nova Nintendo 2DS. Modding à 3DS?! Perguntei eu… Parecia demasiado perfeito, seria então uma brincadeira de mau gosto?!
Confesso que apanhou-me completamente de surpresa e a única coisa que me fez acreditar foi o vídeo colocado directamente no canal da Nintendo, bastante profissional e a apresentar a nova portátil da família DS e a primeira que não dobra. 

Para começar devo dizer que a consola e bastante leve e apesar do seu aspecto meio quadrado é bastante ergonómica. A carcaça oferece uma resistência acrescida em relação às anteriores portáteis, mas infelizmente não me deixaram fazer um drop test.

Em termos de tamanho é um pouco mais pequena que a primeira 3DS (2011) os ecrãs tem exactamente o mesmo tamanho, no entanto existem pequenas diferenças nesta versão:
So existe uma coluna de som na consola, mas nada que se note ao jogar. Quando ligado uns headphones passa imediatamente para stereo. O WiFi é agora controlado por software, perdendo assim mais um botão. Por último a grande diferença que a faz mudar de nome é a ausência de 3D estereoscópio. Sinceramente eu pouco jogo em 3D, salvo algumas exceções como o Luigi Mansion. Mesmo não tendo suporte para 3D, a consola está equipada com duas câmaras e que permite capturar vídeo e imagens em 3D, sendo apenas possível depois visualizar num sistema compatível para o efeito.

Nota-se claramente no target da gigante nipónica, pretendem agradar aos mais pequenos com  uma consola mais resistentes as suas peripécias e um preço mais acessível aos pais. Se haverá ainda algum pai preocupado com a saúde do seu filho em relação ao 3D, tem agora a excelente oportunidade de comprar uma 2DS. É importante referir que é compatível com todos os jogos da 3DS e com o vasto catálogo da Nintendo DS que ultrapassa os 2000 jogos.
Estou ainda um pouco curioso para ver a 2DS nas mãos de uma criança e verificar a ergonomia com umas mãos mais pequenas, mas acredito que tenha sido bem verificado pela Nintendo.

Uma solução que menos gostei nesta nova consola, foi o botão sleep. Como agora não é possível fechar a tampa, a Nintendo optou por colocar um botão no canto inferior direito para fazer o sleep, deu-me a entender que foi uma solução de última hora e pergunto-em como será para resolver o puzzle de Zelda onde é preciso fazer sleep? :)

Para resolver alguns mal entendidos que possam existir, esta consola não vem de todo substituir a 3DS e quem tem uma não precisa, de todo, comprar a 2DS. Contudo esta é uma óptima consola para quem gosta dos jogos da portátil e pretende gastar menos. Ao contrário da 3DS XL, já traz carregador e ainda um cartão SD de 4GB ao contrário do normalmente distribuído de 2GB.

Nintendo 2DS estará disponível a partir do dia 12 de Outubro em Branco e Vermelho e ainda Preto e Azul. As cores dos novos Pokémon X e Y que sairão no mesmo dia da consola.