Jogos do Ano 2019 para o WASD

109

Este ano de 2019 foi realmente excelente em termos de lançamentos de videojogos. Tivemos de tudo um pouco, entre grandes títulos de acção, aventura, role play e até de estratégia, entre novidades e grandes regressos.  E estas foram as nossas escolhas aqui na ecléctica redacção do WASD.

Por vezes, é difícil escolher jogos que sejam realmente merecedores de serem declarados “os melhores” em algumas categorias. Sobretudo porque vemos cada vez mais apostas em alguns géneros “do costume”, como os de acção e aventura, em detrimento de outros bem menos populares. E quando temos muitos bons jogos numa categoria, o problema nem é bem escolher um… é justificar porque não escolhemos os outros.

A nossa lista foi compilada de acordo com a experiência individual dos redactores do WASD com cada jogo listado, entre os vencedores e menções honrosas. Obviamente, deixámos muitos títulos de fora, talvez porque não os jogássemos ou porque não nos cativaram. E também não podemos falar de todos, obviamente. No final, está um consenso claro: fartámo-nos de jogar neste ano. E estes foram os títulos que mais nos marcaram.

Pensávamos que seria lançado neste ano, mas fomos “trapaceados” pela CD Projekt RED que nos mostrou um jogo quase completo mas acabou por anunciar um lançamento para 2020. Ainda assim, nada, mesmo nada, diminuiu as nossas expectativas sobre Cyberpunk 2077. Este será um grande jogo no próximo ano, não há qualquer dúvida.

Menções Honrosas da Redacção

  • Final Fantasy VII Remake
  • The Last of Us: Part II
  • Resident Evil 3 Remake

Quase vinte anos à espera de uma sequela, com uma campanha de angariação de fundos cheia de adesão, muitos fãs a antever um épico de grandes proporções mas… é caso para dizer que a Ys Net falhou o alvo, quase por completo. Não só Shenmue III desiludiu quase todos, como nem sequer conclui rigorosamente nada na série, deixando no ar uma sequela que ninguém pedia e que agora parece impossível.

Menções Desonrosas da Redacção

  • Anthem
  • RAGE 2
  • Left Alive

Dificilmente poderíamos recomendar um comando de consola (e PC) tão bom ou superior ao Thrustmaster eSwap Pro. Embora o conceito não fosse realmente novo, ter um comando modular para escolher a configuração que melhor se adapta à nossa forma de jogar e ainda podendo configurá-lo via software, tem imenso potencial.

Menções Honrosas da Redacção

  • SEGA Mega Drive Mini
  • Razer Viper Ultimate
  • Thrustmaster F/A-18C HOTAS Grip

Sim, por mais que a concorrência esteja forte, a Valve continua a fornecer a melhor experiência online no Steam para o jogadores do PC, tanto em termos de plataforma de gaming online, como de loja digital. A concorrência, aliás, serviu para fazer “acordar” a equipa de Gabe Newell, renovando-se onde podia (na biblioteca de jogos, por exemplo) e não baixando os braços.

Menções Honrosas da Redacção

  • PlaySation Now
  • Epic Games Store
  • Xbox Game Pass Ultimate

Que outro actor podia receber este prémio? Tudo bem, Norman Reedus até nem é o actor com mais linhas de diálogo em Death Stranding. Ainda assim, a sua performance não se fica apenas pelas suas falas. Emprestou as suas feições (e mesmo o corpo) para tantas cenas… algumas até, diríamos, algo desnecessárias. Foi fácil escolhê-lo como vencedor, deverão concordar connosco.

Menções Honrosas da Redacção

  • Mads Mikkelsen em Death Stranding
  • Cameron Monaghan em Star Wars Jedi: Fallen Order
  • Courtney Hope em Control

Com a sua aventura de acção e terror, o canalizador de jardineiras verdes saiu finalmente da sombra e destacou-se com a terceira entrada da sua série. Parece que a Nintendo encontrou a fórmula perfeita para dar uma identidade ainda mais vincada a Luigi. Isto, sem deixar de parte a jogabilidade e humor característico das personagens deste mundo único. Luigi’s Mansion 3 ainda não saiu das nossas Switch.

Menções Honrosas da Redacção

  • Super Mario Maker 2
  • Just Dance 2020
  • Let’s Sing 2020

É difícil acreditar que este é um jogo independente, uma vez que, olhando para a sua qualidade visual e narrativa, parece dar a entender que é um daqueles títulos milionários. Contudo, o Asobo Studio produziu A Plague Tale: Innocence com um orçamento humilde, sendo o seu primeiro jogo de produção própria desde 2008. Um feito a todos os níveis, que serve de exemplo para os que ambicionam chegar tão alto.

Menções Honrosas da Redacção

  • Katana Zero
  • My Friend Pedro
  • Outer Wilds

É capaz de ser das melhores experiências VR que tivemos este ano, mesmo sendo exclusivo do PlayStation VR. Blood And Truth tira bem partido das capacidades do sistema, ao mesmo tempo que nos conta uma história credível e bem estruturada. Acreditamos mesmo que é dos melhores showcases das capacidades de entretenimento desta tecnologia da realidade virtual.

Menções Honrosas da Redacção

  • Star Wars: Vader Immortal
  • A Fisherman’s Tale
  • Trover Saves the Universe

Não seria um bom jogo da Obsidian se não tivesse uma narrativa rica em eventos e desenlaces, além de imensos diálogos cheios de opções para moldar a história. Sabiam que é possível concluir este jogo de várias formas, escolhendo opções de diálogo que reverberam até ao fim da trama? The Outer Worlds tem das melhores experiências baseadas numa narrativa que poderão experimentar neste género.

Menções Honrosas da Redacção

  • A Plague Tale: Innocence
  • Control
  • Life is Strange 2

Não só pelo enorme cuidado em criar personagens, sobretudo da protagonista Jesse, mas acima de tudo por todo o design e conceito em volta da “Oldest House” e os seus ambientes diversos, é das experiências mais arrebatadoras que poderão experimentar, sobretudo no PC. A produtora Remedy Games sempre soube puxar pelo grafismo dos seus jogos, mas em Control temos momentos de puro deslumbre visual.

Menções Honrosas da Redacção

  • Star Wars Jedi: Fallen Order
  • Metro: Exodus
  • Call of Duty: Modern Warfare

Apostando em bandas e autores pouco conhecidos (pelo menos, por cá), como os Low Roar, por exemplo, Hideo Kojima acabou por inserir temas musicais absolutamente perfeitos em vários momentos de Death Stranding. O resultado é uma experiência sonora por vezes letárgica, outras tantas vezes de tensão, mas quase sempre de puro Zen, bem ao jeito deste criador.

Menções Honrosas da Redacção

  • Star Wars Jedi: Fallen Order
  • Borderlands 3
  • Days Gone

Incontornável, sem dúvida. Até este jogo, os grande líderes online eram os jogos Battle Royale. Depois deste jogo… continuam a ser esses jogos… mas, pelo menos, temos uma alternativa bem mais convencional. E os modos de jogo clássicos de Call of Duty: Modern Warfare, tanto competitivos, como cooperativos, cativaram-nos por horas. Mesmo sem termos zombies nesta edição, notem.

Menções Honrosas da Redacção

  • Tetris 99
  • Apex Legends
  • Gears 5

Mais um ano, mais um Mortal Kombat no topo das nossas preferências. Ou melhor, mais um título dos NetherRealm Studios a vencer nesta categoria. Porque esta malta percebe mesmo de “pancadaria avulsa” e a cada novo jogo, inventam algo que nos cativa. Efectivamente, este 11º jogo é o resultado de anos acumulados de experiência, aprimorados e refinados, sempre a gritar “GET OVER HERE!“.

Menções Honrosas da Redacção

  • Samurai Shodown
  • Dead or Alive 6
  • Jump Force

Mais uma vez, somos obrigados (no bom sentido) a dar o prémio à Konami, pela sua dedicação e por não baixar os braços perante a concorrência. Mesmo com um adversário tão forte, a defesa de Pro Evolution Soccer 2020 não vacila e, com contra-ataques precisos, já anda a disputar finais internacionais, agora com olho nos eSports. É um daqueles casos de amadurecimento positivo que só queremos que continue.

Menções Honrosas da Redacção

  • Need for Speed: Heat
  • DiRT Rally 2.0
  • FIFA 20

O grande (gigante?) Hideo Kojima volta para onde se sente melhor: a fazer videojogos de aventura que nos “dão a volta ao miolo”. Ainda teremos de esperar para ver se esta é mesmo a sua “masterpiece“. Mas, acreditamos que, sem barreiras, Kojima é capaz disto e… muito mais. Death Stranding não é um jogo perfeito, notem, bem que o dissemos. Mas, é o regresso à melhor forma de uma das lendas desta Indústria.

Menções Honrosas da Redacção

  • Devil May Cry 5
  • The Legend of Zelda: Link’s Awakening
  • Days Gone

Que outro jogo poderíamos escolher para ganhar nesta categoria? Foi o regresso do “filho pródigo”, aquele jogo que nos viciou em vez de estudarmos ou de preparar aquele relatório lá para a empresa. Age of Empires II foi e ainda é, um dos pilares do que consideramos hoje ser a fundação dos jogos de estratégia com construção. E as suas melhorias e adições nesta edição remasterizada só o favoreceram.

Menções Honrosas da Redacção

  • Total War: Three Kingdoms
  • Age of Wonders: Planetfall
  • Planet Zoo

Cativou-nos do início ao fim. The Outer Worlds é incrivelmente vasto, com enorme cuidado na narrativa, nas interacções, na construção de personagens, nos mundos alienígenas criados e em tantos outros pormenores. É mesmo a Obsidian a voltar a fazer o sabe, presenteando-nos com um título francamente refinado. E ainda hoje estamos a jogar só para ver um dos finais alternativos.

Menções Honrosas da Redacção

  • Disco Elysium
  • Sekiro: Shadows Die Twice
  • Pokemon Sword / Shield

Já premiámos o seu multi-jogador, faltava só carimbar a nossa apreciação com este reconhecimento de Call of Duty: Modern Warfare no seu género. Todo o jogo emana uma grande “vibe” nostálgica desta sub-franquia que elevou Call of Duty ao estrelato. A Infinity Ward conseguiu recriar a fórmula original de um grande jogo de acção moderna, um shooter bastante sólido, com muitos elementos de destaque, em especial a sua campanha épica.

Menções Honrosas da Redacção

  • Resident Evil 2
  • Borderlands 3
  • Metro: Exodus

Numa era em que a franquia Star Wars está tão divisora entre os fãs, ter um jogo que recupera todo o ADN original da maior saga do cinema é um feito para a Respawn Entertainment. Depois dos desaires de jogos anteriores, Star Wars Jedi: Fallen Order é capaz de ser um dos melhores jogos de sempre na galáxia muito, muito distante. Para nós, pelo menos, foi mesmo o jogo dos jogos neste ano.

Menções Honrosas da Redacção

  • Resident Evil 2 Remake
  • Call of Duty: Modern Warfare
  • Death Stranding