Throwback WASD – Esta semana de Agosto em 2015

20

“Throwback Thursday” é uma popular tendência na Internet que certamente já devem conhecer. É principalmente usada nas redes sociais, onde os utilizadores partilham à Quinta-Feira uma publicação nostálgica de uma diferente era da sua vida. Esta nova rubrica tem o mesmo intuito.

Tendo em conta que já contamos com uma década de artigos, será interessante revisitar alguns dos mais antigos e, assim, conhecermos a evolução de um determinado jogo, relembrar anúncios de  títulos marcantes e, quem sabe, sugerir novos jogos para experimentarem.

Windows 10

Foi nesta semana, em Julho de 2015, que a Microsoft lançou o Windows 10. Tivemos o primeiro contacto com este sistema operativo numa apresentação à imprensa onde espreitámos as novas funcionalidades e conhecemos os planos para o futuro, piscando sempre o olho ao gaming.

Por esta altura, já tínhamos publicado vários artigos sobre o que este Windows significava para o jogos e sobretudo sobre o DirectX 12, que prometia aumentos de mais de 60% de performance, chegando aos 100% em alguns jogos. Esta apresentação permitiu-nos ver o streaming efectuado remotamente de uma Xbox One e conhecer outras funcionalidades como a integração com a conta Xbox Live.

Escusado será dizer que este sistema operativo resultou num enorme sucesso. Só nas suas primeiras 24 horas teve 14 milhões de instalações. Nos dias de hoje, já esperamos ansiosamente pelo Windows 11, que recentemente teve a sua apresentação, mais uma vez, a pensar nos jogos.

ZombiU

ZombiU para a Nintendo Wii U foi um dos jogos no género survival-horror que nos deixou boas memórias. Principalmente devido ao “foco especial na sobrevivência, com uma atmosfera imersiva capaz de cortar a respiração. O Game Pad da Wii U é usado de forma inteligente e demonstra na perfeição o que é possível alcançar com o novo conceito da Wii U”, tal como indicámos na nossa análise.

No entanto, todos nós sabemos que a popularidade da Nintendo Wii U ficou um pouco aquém das expectativas. Por esta altura, a Ubisoft decidiu lançar o seu título para as outras consolas e para o PC, mudando o nome do seu jogo para simplesmente “Zombi”. A promessa era de tirar total proveito do hardware e elevar a fasquia dos jogos de terror. Infelizmente, não foi bem isso que aconteceu.

Quando fizemos a nossa análise, ficou claro que o grafismo estava claramente datado. Não podemos esquecer que o grau de exigência não podia ser o mesmo, principalmente porque estávamos perante um jogo de 2012 com um custo de apenas 20€. Assim, a Ubisoft como que se contradisse na sua própria promessa. Ainda assim, Zombi é um excelente clássico de terror, que ainda está disponível para PS4, PC e Xbox One.

Rocket League

Também por esta altura, Rocket League era o rei do momento e preparava-se para receber novidades. Estava apenas disponível para PC e PlayStation 4 mas em 22 dias atingiu os 5 milhões de downloads. Claro que o facto de ter sido um dos jogos do mês no PlayStation Plus ajudou no seu sucesso. Mas, não foi só por isso. Um ano depois, comemorava os 20 milhões de jogadores o que comprovava que o divertido jogo da Psyonix estava preparado “para as curvas”. Ainda hoje, após estes anos, ainda é um jogo bastante popular.

Na nossa análise, ficou claro que “a diversão que Rocket League proporciona não deixa ninguém indiferente” com a sua “jogabilidade viciante, momentos hilariantes e imenso conteúdo desbloqueável para aqueles que gostam de completar tudo nos seus jogos.” Foi um conceito “muito bem aplicado pela produtora Psyonix, que conseguiu criar um jogo acessível para iniciantes e também com uma forte vertente para os jogadores mais sérios”.

Hoje em dia, Rocket League é free to play e está disponível para PC, PS4, Xbox One e Nintendo Switch. Vai brevemente receber uma versão para dispositivos móveis.

Mafia III

Por fim, nesta semana recebíamos as primeiras novidades de Mafia III, a sequela da aclamada série Mafia, com uma nova abordagem de enredo e uma aposta no mundo aberto. O novo protagonista era Licoln Clay, um órfão criado nas ruas, tornando-se um fora-da-Lei que, ao regressar da Guerra do Vietname, se vê a braços com a Mafia a trair os seus amigos. Para distribuir vingança, o protagonista contava com a ajuda da sua nova “família” composta por Vito, Burke e Cassandra.

Quando finalmente foi lançado, alguns problemas atormentaram os seus primeiros passos e impediram-no de brilhar. “Bugs, glitches, problemas de mecânicas e inteligência artificial, obscurecem um pouco a fantástica história de Lincoln Clay com a sua missão de se vingar em New Bordeaux.” No entanto estávamos perante um “bom jogo sandbox, com condução, tiroteios e exploração com fartura”, como podem ler na nossa análise

Mafia III foi lançado no dia 7 de Outubro de 2016 e está ainda disponível para PlayStation 4, PC e Xbox One, agora numa reedição com todos os extras chamada de Mafia III: Definitive Edition ou num pacote com os três jogos remasterizados em Mafia: Trilogy.

Chegamos assim ao fim de mais um artigo nostálgico. Não percam a próxima Quinta-feira, quando regressarmos com mais uma data para recordar.