6 dicas para ganhares em Splatoon

2467

Foi na nossa antevisão que ficou prometido o artigo com algumas dicas e sugestões que podem ajudar a melhorar o vosso desempenho em Splatoon. Depois da nossa análise, o prometido é devido e aqui está o artigo. Comecemos com:

1 – To Motion or not to Motion?

Not to Motion. Como disse na análise, por defeito, se quisermos apontar com as nossas armas, teremos de o fazer com o Motion ligado. Assim, sempre que o queremos fazer, temos de mover o Gamepad na direcção que pretendemos. Infelizmente, quando finalmente conseguimos apontar para o nosso adversário já ele nos cravejou com uma série de balas de tinta.

Talvez com as armas de longo alcançe, o Motion faça sentido. Este é um shooter e como tal requer um grau de precisão, praticamente imediato. Se a isso aliarmos a jogabilidade que nos obriga ao constante movimento, seja a saltar ou a mergulhar e rapidamente aparecer nas costas do nosso adversário, controlar a mira com o Motion é um perigoso Handicap. Desta forma, não posso deixar de recomendar que desliguem o Motion e joguem Splatoon de forma tradicional.

2 – Habituem-se a olhar, o quanto baste, para o ecrã táctil do comando

Por norma, os shooters colocam num dos cantos do ecrã o mini-mapa do cenário onde estamos a combater. No entanto, Splatoon decide fugir à norma e aproveitar o ecrã táctil do Gamepad da Wii U. Aqui, podemos controlar toda a acção que está a decorrer no cenário, podemos ver a posição dos membros da nossa equipa e ir em seu socorro com um enorme salto se tocarmos no nome de cada um.

Apesar de inovador, não deixa de ser algo arriscado, na medida em que se estamos a olhar para o Gamepad, não estamos a olhar para o ecrã. Uma espécie de conduzir mas a olhar para o telemóvel, ou seja, um acidente à espera de acontecer.

Esta sugestão cai no senso comum, eu sei. Mas enquanto este problema persistir, ou seja, o de não existir um pequeno mapa no ecrã que reduza as vezes que temos de olhar para baixo, para o Gamepad explorem toda a utilidade que o ecrã táctil vos oferece mas não o façam por muito tempo. Pode custar-vos caro não só para vocês como também para a vossa equipa.

3 – Pintar as paredes do cenário não dá pontos mas pode ajudar-vos a chegar à vitória

Nas Turf Wars o nosso único objectivo é pintar o maior número de cenário. No entanto, o pintar das várias paredes que nele vamos encontrar, não ajuda na percentagem. Não quero com isto dizer que não o devam fazer, muito pelo contrário. O pintar de certas paredes pode permitir-vos alcançar certas partes do cenário, de outra forma inalcançáveis.

Só que em vez de perderem tempo precioso a pintar tudo ao desbarato, analisem bem o cenário e vejam quais as paredes que vos permitem, ou fazer uma emboscada num sítio de passagem frequente de adversários ou quais as que vos permitem alcançar um ponto de vantagem no cenário.

4 – Explorem as várias armas e a versatilidade que as mesmas têm para oferecer

Em Splatoon a variedade, o leque de tipos de armas disponíveis é bastante variado. No entanto, mais variado fica quando nos começamos a aperceber que a mesma arma pode vir a ficar disponível com outro tipo de acessórios ou habilidades especiais.

Por exemplo, no início do jogo podemos ter uma metralhadora de tinta que como habilidade especial nos confere um escudo capaz de nos proteger das balas da equipa adversária. Posteriormente, podemos encontrar a mesma arma, mas com outro tipo de habilidade especial. Há várias combinações para descobrir e vale a pena explorar todas elas. De certeza que uma série delas irão cair melhor no vosso estilo de jogo.

Não se esqueçam também de sempre que evoluírem de ir a inkopolis e ver as armas que vos ficaram disponíveis. Já no modo Single-Player, se explorarem bem os vários cenários, podem também encontrar receitas para novas armas.

5 – Experimentem as várias peças de equipamento e as várias combinações de atributos que elas trazem

Em Splatoon, à medida que vão evoluindo, vão ganhando acesso a várias peças de equipamento com as quais podem vestir o vosso Inkling. Apesar do enorme estilo que conferem à vossa personagem, estas trazem também atributos ou benefícios que podem fazer toda a diferença durante o combate. No início, cada peça oferece vem apenas com um mas, à medida que vamos evoluindo, vamos ganhar acesso a peças com dois ou até três.

Por norma, o primeiro está sempre desbloqueado, quantos aos restantes teremos de participar em Turf Wars ou Splat Zones para saber quais são. Esta aleatoriedade, faz com que demore um pouco até conseguirmos a peças com os atributos que queremos mas mesmo assim não deixa de ser pertinente conhecer os restantes. É desta forma que sabemos o que os adversários estão a levar para o campo de batalha. Em baixo fica uma imagem com uma lista dos vários atritutos que podem desbloquear para as vossas peças de equipamento.

6 – Nas Ranked Battles é o vosso desempenho como equipa que é avaliado

Nas Ranked Battles encontramos as Splat Zones. Contrariamente ao que encontramos nas Turf Wars, aqui o nosso objectivo não é preencher o maior número de cenário mas sim controlar uma pequena secção do cenário.

Mas atenção, aqui compensa jogar em equipa. Para destacar isso mesmo, se ainda não sabem, fiquem a saber que a nossa posição no Ranking sobe e desce de acordo com o nosso desempenho como uma equipa no seu todo e não de acordo com o nosso desempenho individual.

7 – Divirtam-se!!!

Apesar da vertente competitiva de Splatoon, este original shooter tem sobretudo o objectivo de entreter aqueles que o jogam, independentemente da sua idade. Por isso joguem, explorem e experimentem tudo o que ele tem para vos oferecer mas lembrem-se de o fazer em nome da diversão. A partir do momento em que passamos a encarar o que fazemos num jogo como trabalho, se calhar quer dizer que está na altura de fazermos um intervalo ou simplesmente de parar o que estamos a jogar.

E vocês, têm alguma manha, dica ou sugestão que queiram partilhar? Não se esqueçam de deixar o vosso comentário. O jogador que ajudarem hoje pode ser o vosso companheiro de armas amanhã!